Sem opções de volantes PSG perde após 44 jogos sem derrotas

0

O Paris Saint Germain, casa de nada menos do que os atacantes Neymar e Mbappé, sofreu um tropeço inadmissível nesta última quarta-feira, dia 09 de janeiro de 2018, que jamais será esquecido.

Isso porque tudo estava se encaminhando para ser uma temporada perfeita no Campeonato Francês e também por colocar um fim a uma marca que estava sendo feita desde 2014, onde se completaria a 45ª partida sem derrota em campeonatos nacionais (França e Liga Francesa) para o time francês.

O PSG mesmo com todo o favoritismo, pois seu adversário era nada menos do que o último colocado da tabela, acabou sendo derrotado por um placar de 2×1 para o Guingamp.

Motivo da derrota

É claro que uma hora ou outra uma derrota entra no currículo do time, mas nesta situação o PSG acabou perdendo por uma deficiência de volantes em seu elenco principal. Segundo os próprios da comissão técnica é a hora de contratar novos jogadores ou as derrotas será uma constante.

Perder para o lanterna do campeonato foi a gota d’água para suprir esta necessidade no meio do campo. Segundo a diretoria do clube, é preciso elevar o nível do elenco, não somente de jogadores específicos, afinal no ataque estão alguns dos melhores do mundo, mas sem alguém para fazer a bola chegar até eles não adianta nada.

O treinador do PSG , Thomas Tuchel, disse que já havia cobrado a diretoria do clube sobre novas contratações, pois já havia identificado problemas no elenco. Segundo ele não é preciso perder para saber que é preciso contratar.

Tuchel ainda disse que sem os volantes/meias, o PSG não irá ganhar nada em janeiro, fevereiro, março, abril ou qualquer outro mês, pois é impossível competir com outros elencos mais completos.

O PSG precisa de um meio campo melhor

O técnico alemão está em busca de um volante defensivo há dias. Nesta quarta o treinador iniciou a partida com uma improvisação de Marquinhos. O brasileiro estava de folga, entrou em campo para cobrir este espaço que não é a especialidade dele e foi substituído no intervalo.

Após o fim da partida Marquinhos concedeu uma entrevista onde disse que sempre procurou focar nos seus companheiros, afinal é com eles que irá seguir até o fim da temporada. Segundo ele o treinador falou sobre a necessidade e é preciso confiar no ponto de vista, mas que as contratações devem ficar a critério dele próprio em conjunto com o presidente e com os dirigentes do PSG.

Trazendo grandes jogadores para o clube a concorrência será maior e a performance de toda a equipe irá aumentar, afinal para sair do banco irá depender de um esforço ainda maior, e todos acabam ganhando. O clube por ter um elenco melhor preparado e o jogador por desempenhar cada vez melhor o seu papel em campo.

Quanto mais jogadores o treinador tiver à disposição, mais opções táticas poderão ser formadas.

Saídas e propostas do PSG

O clube acabou perdendo Rabiot pois ele decidiu não renovar o contrato com o PSG e acabou sendo afastado. As opções que o clube conta hoje para a vaga é Verratti, apesar de jogar um pouco mais avançado e também Lassana Diarra, mas o jogador  está com seus 33 anos e prestes a encerrar a carreira por apresentar diversos problemas no joelho.

Jornais europeus informaram que o PSG já teria feito uma proposta ao brasileiro Allan, que atua no Napoli. Quem também está no alvo do PSG é o jogador Frenkie De Jong e Donny van de Beek, do Ajax. Mas nada ainda foi divulgado oficialmente pelo Paris Saint Germain.

Próximo jogo do PSG

A próxima partida do clube francês acontece na casa do Amiens no próximo sábado, partida que será disputada também pelo Campeonato Francês. Já no dia 23 de janeiro, o PSG irá enfrentar o Strasbourg, mas pela Copa da França.

O clube espera resolver a situação nesta janela de transferências do inverno europeu.

Leave A Reply

Your email address will not be published.