“Como técnico, estamos sozinhos” – Guardiola com relação a saída de Mourinho

0

Um dia após a demissão de José Mourinho do Manchester United, o treinador do Manchester City, Pep Guardiola, se manifestou sobre ocaso que acontece em meio a temporada da Champions League.

Guardiola é hoje um dos grandes “rivais” de Mourinho na Europa, inclusive por estar comandando o clube de mesmo nome e um dos principais concorrentes do país, ao lado do Liverpool.

A manifestação a favor do português após a sua dispensa foi a seguinte:

“- Estou do lado dele. Como técnicos, estamos sozinhos. Eles nos chamam para tentar vencer, e quando você não vence, eu sei o que acontece. Quando estetipo de coisa acontece, obviamente fico na posição dos técnicos demitidos e sei exatamente o que eles podem sentir. Sempre estou ali, pois estamos sozinhos.Toda a pressão está nos nossos ombros.”

Guardiola ainda cita que Mourinho conta com muita experiência e que com certeza voltará ao topo de algum time europeu em breve.Ele termina citando que aguarda ansioso enfrentar algum time comandado pelo português na próxima temporada.

Jürgen Klopp do Liverpool

Outro que se manifestou nesta quarta-feira, dia 19 de dezembro de 2018, foi o treinador do Liverpool, Jürgen Klopp, que nesta semana venceu o Manchester pelo campeonato europeu e foi “a gota d’água” na decisão dos líderes do clube na demissão do treinador. Em sua entrevista ele citou que consegue imaginar como foi difícil para Mourinho encarar este momento em sua carreira,mas menciona que é algo natural na vida dos treinadores.

Klopp cita que é desta maneira que funciona a profissão de treinador, onde é composta de altos e baixos, assim como a carreira dos jogadores. Sempre que o clube achar que há outro treinador melhor capacitado ou que o atual não está desenvolvendo o seu papel como o esperado, é natural buscar uma alternativa.

Não é nem preciso olhar como foram os últimos jogos, se a comissão achar alguém melhor, a troca é certa.

Klopp ainda ressalta que a quebra de contrato em meio a temporada como foi o caso, pode custar caro para o clube, mas é exatamente estes valores que salvam a vida financeira dos treinadores em situações onde eles acabam deixando de ser úteis em meio a uma temporada, ficando meses sem salário até que ela possa acabar e haja uma troca em algum outro time.

Elogios a José Mourinho

Ambos os treinadores também fizeram elogios à José Mourinho,onde citam que a demissão do Manchester não apaga os feitos na carreira, tanto no clube inglês, como em outras atuações. É certo que ele irá comandar outro clube em pouco tempo, pois há um mercado muito grande para suas experiências.

Como ele é um treinador de alto nível, sua ida para outro clube depende exclusivamente dele querer voltar a trabalhar ou não, portanto não tem como ter tanta pena com relação à profissão. Como pessoa é um momento complicado, mas em questão de dias (se ele quiser) é possível fechar outro contrato.

O Manchester United terá agora um treinador substituto, mas outra contratação interina está prevista apenas após o fim da temporada 2018/2019.

Leave A Reply

Your email address will not be published.