Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Mundial Sub-20 2016: Coréia do Norte é bicampeã

Mundial Sub-20 2016: Coréia do Norte é bicampeã


A oitava edição do Campeonato Mundial de Futebol Feminino Sub- 20, foi realizada entre o dia 13 de novembro e o dia 3 de Dezembro, na Papua-Nova Guiné. E assim como havia acontecido no Mundial Sub-17, disputado recentemente na Jordânia, a Coréia do Norte ficou com o título, com uma campanha ainda mais avassaladora, e que começa a estabelecer um certo domínio na modalidade.


O desempenho do futebol Europeu


A competição contou com a participação de quatro seleções do Futebol europeu. A Suécia, foi a única a ser eliminada na primeira fase, após terminar o grupo A na terceira colocação. As suecas golearam a seleção da Papua Nova-Guiné por 6 a 0, mas acabaram derrotadas por 2 a 0 pela Coréia do Norte, e empataram em 1 a 1 com o Brasil, perdendo a vaga no saldo de gols para as Sul-americanas. Com goleada sobre o Canadá por 5 a 0, vitória por 1 a 0 sobre o Japão, e derrota para a Nigéria, a Espanha avançou no segundo lugar do grupo B,e só caiu nas quartas de final diante da Coréia Do Norte, perdendo por 3 a 2. Dá para tirar um saldo relativamente positivo da campanha espanhola, especialmente pela evolução mostrada.

Já a Alemanha e a França fizeram o clássico continental nas quartas de final. Se as francesas passaram da primeira fase com dois empates e uma vitória, as alemãs haviam vencido seus três jogos, somando 9 pontos e 9 gols marcados no total. Contudo, a seleção gaulesa acabou vencendo o confronto por 1 a 0, e foi a única representante do Velho continente entre as quatro melhores.

Nesta mesma etapa de quartas de final, a seleção brasileira foi eliminada após perder por 3 a 1 para o Japão, e os EUA, de virada, trouxeram uma dura derrota por 2 a 1 ao México.


As semifinais


Nas semifinais, a Coreia do Norte derrotou os Estados Unidos por 2 a 1, com o segundo gol marcado na prorrogação por R. Hyang. Já no outro jogo, a França se defendeu bem na maior parte do tempo e aproveitou o cansaço do Japão, para com dois gols de na prorrogação, derrotar as asiáticas, e pela primeira vez na história decidir um Mundial Sub-20 feminino.


A grande decisão


A grande final foi disputada no Sábado 3 de novembro, no National Football Stadium, em Port Moresby. Logo aos 17 minutos de jogo, Geyoro abriu o placar para as francesas, colocando fogo na partida. Mas, a seleção norte coreana chegou ao empate antes do intervalo, com W. Jong Sim balançando as redes. Na segunda etapa, as asiáticas melhoraram na partida, e com gols de K. Phyong-hwa e J. So-yon cobrando pênalti, alcançara a virada,consolidando mais um título mundial de base.

O terceiro lugar deste Mundial Sub-20 ficou com o Japão, que derrotou os EUA por 1 a 0 na preliminar. As artilheiras do torneio foram a brasileira Gabi Nunes, a japonesa Mami Ueno e a sueca Stina Blackstenius, todas com 5 gols.

O próximo campeonato mundial sub 20 de futebol feminino voltará a ser realizado em 2018, agora na França, sede também da Copa do Mundo de 2019. Neste mesmo 2018, teremos Mundial Sub-17 no Uruguai.

Mais incisiva, Roma derrotou a Lazio no Derby della Capitale

Mais incisiva, Roma derrotou a Lazio no Derby della Capitale


O Domingo foi de Derby della Capitale na Itália. A partida,válida pela 15ª rodada do Campeonato Italiano, teve a Roma derrotando a Lazio, com gols de Strootman e Nainggolan, e seguindo a caça à líder Juventus, atual pentacampeã da competição.

A etapa inicial foi muito disputada. Os dois times estavam bem fechados pelo  meio, e apostando nas jogadas pelos lados. A Lazio começou melhor, e teve duas boas chances para abrir o placar com Immobile, ambas com cruzamentos rasantes na direção da área, hora de Keita, hora de Felipe Anderson.

A melhor chance da Roma foi aos 27 minutos de jogo, quando Bruno Peres invadiu a área pela direita, e acabou sofrendo falta. De começo, o árbitro Luca Banti marcou pênalti, mas com a ajuda do auxiliar, voltou atrás, marcando apenas falta, que não resultou em perigo à meta do goleiro Marchetti.

No segundo tempo, as duas equipes voltaram mais ousadas, marcando mais a frente. E foi assim, que Strootman aproveitou um grave erro de Wallace. O brasileiro foi tentar sair jogando de letra, e acabou desarmado. Cara a cara com Marchetti, o holandês colocou a bola no fundo das redes, para abrir o placar. A Lazio sentiu o gol, e na sequência, viu Nainggolan, em um chute baixo, de fora da área, ampliar para os romanistas.

O segundo gol decretou de vez o destino do confronto. Além do jogo, os laziales perdem de vez contato com a ponta, e a disputa pela taça deverá ficar mesmo é entre Juventus, Roma e Milan.

Real Madrid x Borussia Dortmund (7/12/2016) - Champions League 2016-2017 - Data, Horário, Prognóstico e TV

Real Madrid x Borussia Dortmund  (7/12/2016) - Champions League 2016-2017 - Prognóstico, Horário e TV


Real Madrid x Borussia Dortmund  (7/12/2016) - Champions League 2016-2017 - Prognóstico, Horário e TV


Em um dos novos clássicos que vão se formando, Real Madrid e Borussia Dortmund se enfrentam nesta Quarta-feira, dia 7 de dezembro, no Santiago Bernabéu, em Madri. A partida começa às 17h45 (horário de Brasília).

Este será o 8º jogo de Liga dos Campeões entre Borussia Dortmund e Real Madrid, apenas nesta década. As equipes se enfrentaram quatro vezes na edição 2012-2013, duas pela fase de grupos, e duas nas semifinais. Pelos grupos, tivemos vitória do BVB na Alemanha, e empate na Espanha. Nas semis, o Borussia goleou o Real por 4x1, em jogo com Póker histórico de Lewandowski. Na volta, a vitória por 2x0 do Real foi insuficiente para a equipe seguir em frente.

Na Champions League 2013-2014, as duas equipes se encontrarão novamente, agora pelas quartas de final. No Santiago Bernabéu, o Real Madrid venceu o Borussia por 2x0. No Signal, o triunfo aurinegro por 2x0, se mostrou insuficiente para tirar o Real do caminho de La Decima.

Na segunda rodada desta Champions League 2016-2017, Real Madrid e Borussia Dortmund empataram em 2 a 2 na Alemanha, e agora definem a primeira colocação da chave na Espanha, já estando ambos classificados para as oitavas. Os dois times vem de bons resultados por suas respectivas ligas nacionais. Enquanto o Borussia Dortmund goleou o Mönchengladbach na Bundesliga, o Real arrancou um saboroso 1 a 1 contra o Barcelona no El Clásico.

A rodada ainda apresenta mais dois confrontos entre alemães e espanhóis. Na Alemanha, o Atlético de Madrid encara o Bayern de Munique, pelo grupo D, enquanto na Espanha, o Borussia Mönchengladbach rvisita o Barcelona. Estes dois jogos acontecem na Terça-feira, dia 6 de dezembro, a partir das 17h45 (horário de Brasília).


Evento: Real Madrid x Borussia Dortmund
Data: 07/12/2016
Horário: 17h45
TV: Ei Maxx e Band
Local: Santiago Bernabéu, Madri

Lazio x Roma: A História do Derby della Capitale


A História do Derby della Capitale: Lazio x Roma




Há algumas rivalidades que vão além do futebol. Este é o caso do ódio existente entre Lazio e Roma. A cada vez que as duas equipes se enfrentam, o Estádio Olímpico treme, e os olhos da Itália se voltam para o dérbi da capital.

A Roma é o clube mais popular nas regiões centrais e nobres da cidade, enquanto os apoiadores da lazio estão localizado nos arredores da região.



A Lazio, foi fundada no ano 1900 por membros do exército italiano, enquanto a Roma tem sua origem em membros do Partido Nacional Fascista, e foi criada em 1927 através da fusão de três equipes, com intuito de criar uma associação de futebol capaz de ser a mais forte do Continente Europeu. Ela levava consiga a Loba, uma referência a formação do Império Romano e o orgulho da cidade e da Itália. Ironia do destino, a Lazio por pouco não entrou nesta fusão. Membros do mesmo partido, torcedores Biancocelestes, preferiram manter a Lazio como uma agremiação separada, e mal sabiam que estavam criando um pedaço da História das rivalidades no Mundo do Futebol.



A Lazio definiu o azul grego como sua cor, e a águia imperial de Júpiter como o seu símbolo, enquanto a Roma escolheu o vermelho e o amarelo do Império Romano como cores, e a loba, símbolo da cidade fundada pelos irmãos Rômulo e Remo como o animal guardião. Uma Loba, segundo reza a lenda, teria amamentado Rômulo e Remo quando pequenos, e os salvou da morte.Vale lembrar, que o ditador fascista Benito Mussolini era torcedor fanático da Lazio. No seu governo, os dois clubes da Capital viveram alguns de seus melhores momentos na História, e a torcida, especialmente da Lazio, se propagou muito, em função do alto apoio de parte da população ao ditador. A Roma, contudo, foi se associando com o tempo à esquerda, enquanto a Lazio se manteve fiel à direita. Logo, o Dérbi tomou uma conotação política, tema onde a rivalidade impera tanto quanto ou mais que o futebol.


O primeiro jogo entre Roma e Lazio aconteceu no dia 8 de dezembro de 1929, e teve vitória da Loba por 1 a 0. Ao marcar o gol da vitória romanista, Volk se converteu no autor do primeiro gol da História do Derby della Capitale. A primeira vitória da Lazio no Dérbi aconteceria no dia 23 de outubro de 1932, enquanto o primeiro dérbi no Estádio Olímpico, aconteceu no dia  29 de novembro de 1953, e terminou empatado em 1 a 1: gols de Carlo Galli, para a Roma, e Pasquale Vivolo, para a Lazio.



A Roma já conquistou 3 escudettos (1942, 1983 e 2001), enquanto a Lazio tem dois títulos Italianos (1974 e 2000). O grande momento da História do Dérbi foi a final da Copa Itália 2013-2014. No dia 26 de maio de 2013, a Lazio derrotou por 1 a 0 a Roma no Stadio Olimpico, com gol de Lulić, e conquistou o primeiro título disputado em final entre os dois clubes.








Os dérbis mais marcantes aconteceram em 1998, quando os biancocelesti eliminaram os arqui-inimigos nas quartas de final com vitórias por 2 a 1 e 4 a 1 – na maior goleada do time na história do dérbi. Depois disso, a equipe estrelada por Pavel Nedved, Alessandro Nesta, Alen Boksic e Vladimir Jugovic deixou pelo caminho Juventus e Milan para levantar o título.


Neste meio tempo, alguns personagens entraram para a História do Dérbi. O mais recente e inesquecível, é sem dúvida, Francesco Totti. Com 32 dérbis disputados, é o recordista de participações e de vitórias, com 10, ao lado de Guido Massetti. Já o recordista de gols é outro ídolo Romanista: Dino da Costa, com 11 gols. Um outro grande nome na história do confronto é Vincenzo Montella, único jogador a marcar quatro vezes no dérbi romano, em um 5 a 1 da Roma sobre a Lazio na temporada 2001-02. Os jogadores que mais atuaram pela Lazio foram Giuseppe Wilson, com 22 jogos e Silvio Piola  com 19 aparições.




O único jogador que marcou gols pelas duas equipes no dérbi é o sueco Arne Selmosson. Ele fez dois gols pela Lazio e três para a Roma, nos anos de 1950.



Retrospecto entre as Equipes:



Roma: 65 vitórias, 225 gols
Lazio: 50 vitórias, 179 gols
Empates: 63
Total de jogos: 179
Total de gols: 403

Bola parada decidiu um El Clásico intenso e disputado



E terminou empatado o El Clásico no Camp Nou. O 1 a 1 pareceu justo, mas deixou os Culés com um sabor amargo, já que o Real Madrid só empatou no finalzinho, com Sergio Ramos. O Barça não esteve bem no primeiro tempo, com o conjunto em si funcionando mal, e dependendo da qualidade do MSN para levar perigo.

O coletivo do Real, em sentido contrário, funcionou muito bem. Kovacic e e Modric cortaram bem a marcação, tirando muito do raio de ação de Messi na armação. Sem espaços para criar, o argentino era obrigado a recuar muito e apostar na individualidade. Quando escapava, o Real era perigoso, e apesar do placar fechado, terminou o primeiro tempo melhor.

Na segunda etapa, os rumos da partida, só mudaram a partir dos oito minutos, quando Luis Suárez colocou o Barcelona na frente do marcador. O uruguaio balançou as redes após arrematar a bola de cabeça, desviando uma cobrança de falta de Neymar. O gol foi sentido pelo Real, que passou a pressionar mais.

Zidane mandou ao campo Casemiro, Marco Asensio e Mariano Díaz, na tentativa de chegar ao 33º jogo invicto. E conseguiu. Faltando poucos minutos para o final da partida, Sergio Ramos, o herói de tantas horas, empatou de cabeça, para manter o Real com 6 pontos de vantagem sobre o Barcelona, com 14 rodadas já disputadas nesta edição de La Liga.

Chelsea foi fulminante, e não perdoou o City


Pep Guardiola chegou ao Manchester City com a missão de afirmar o seu estilo no clube, e com isto formar um time competitivo. Mas, o começo na Premier League, não tem sido fácil. Depois de levar um nó tático de Pochettino contra o Tottenham, Pep acabou se enrolando no Chelsea de Antonio Conte. Exemplar nas transições rápidas, e fulminantes nas transições rápidas, os Blues derrotaram os Citizens por 3 a 1 em pleno Etihad, se isolando na liderança da Premier League.

Nos primeiros minutos, as duas equipes marcaram com pressão alta. Guardiola espelhou o tradicional 3-4-3 de Conte, mas seu City, jogando em casa, tomava as iniciativas, e parecia sempre mais perto de abrir o placar. A equipe marcava homem a homem dentro da zona, sem sobras na defesa, dando espaços perigosos para um Chelsea que tinha velocidade com Hazard e muita briga com Diego Costa. O hispano brasileiro procurava sempre ganhar espaços, e ajudava na marcação da saída de bola Citizen, que não fluia como o desejado por Pep.

Dentro da intensidade e disputa do jogo, o City terminou melhor, e abriu o placar. Após um cruzamento de Navas para a área pela direita, Cahill desviou e traiu Courtois, mandando a bola para o próprio gol. No inicio do segundo tempo, foi visto um domínio avassalador dos Citizens, que desperdiçaram diversas oportunidades para ampliar. Kevin de Bruyne, inclusive, perdeu um gol com a goleira aberta, dentro da pequena área.

Se o City perdoou quando teve as suas chances, o Chelsea fez diferente. Com Diego Costa, aos 60 minutos, ele ficou no mano a mano com Otamendi, e levou a melhor, para deixar tudo igual. O City até respondeu bem, mas deu o contra-ataque para o adversário. E foi aí, que Diego Costa encontrou espaço para acionar Willian, que com a contribuição de Bravo, virou o jogo.

O City acusou o gol, e o Chelsea aproveitou. Em outro contra-ataque, Hazard aproveitou para ampliar,novamente contando com Bravo pouco ativo, e facilitando o trabalho dos atacantes adversários. O nervosismo tomou conta dos Citizens a partir daí. Aguero deu uma entrada dura em David Luiz, e foi expulso, assim como Fernandinho, em um tumulto que se armou na sequência.

Os Blues conseguem uma vitória fundamental na luta pelo título, sendo a oitava consecutiva na Premier League. O time não vem sendo brilhante, mas é eficiente, e letal nas chances que cria. No caminho contrário, o Manchester City peca pela baixa eficiência, e vai perdendo pontos que podem fazer falta na reta final.

Guia de Jogos - Programação de TV




Domingo (04/12)

09h00 - Campeonato Espanhol: Betis x Celta - WATCHESPN (Internet)
09h30 - Campeonato Italiano: Milan x Crotone - FOX SPORTS
11h15 - Campeonato Inglês: Bournemouth x Liverpool - ESPN BRASIL
11h30 - Campeonato Holandês: Feyenoord x Sparta Rotterdam - WATCHESPN (Internet)
12h00 - Campeonato Francês: Rennes x St. Etienne - SPORTV
12h00 - Campeonato Italiano: Lazio x Roma - ESPN
12h30 - Campeonato Alemão: Darmstadt 98 x Hamburgo - ESPN+
13h15 - Campeonato Espanhol: Athletic Bilbao x Eibar - FOX SPORTS
13h30 - Campeonato Holandês: Ajax x Groningen - WATCHESPN (Internet)
14h00 - Campeonato Francês: Olimpique Marseille x Nancy - SPORTV
14h00 - Campeonato Inglês: Everton x Manchester United - ESPN BRASIL
15h15 - Campeonato Espanhol: Sporting Gijón x Osasuna - WATCHESPN (Internet)
15h30 - Campeonato Espanhol: Alavés x Las Palmas - FOX PLAY (Internet)
17h45 - Campeonato Francês: Nice x Toulouse - SPORTV2
17h45 - Campeonato Espanhol: Valencia x Málaga - FOX SPORTS
17h45 - Campeonato Italiano: Fiorentina x Palermo - FOX SPORTS2

Barcelona x Real Madrid, (El Clássico, 03/12/2016) - Prognóstico, Horário e TV


Premier League 2016/17: Resultados e classificação

Premier League 2016/17: Resultados e classificação


Premier League

Tabela Premier league oferecida por Futebol.com

Placares Premier league oferecidos por Futebol.com

Barcelona x Real Madrid, (El Clássico, 03/12/2016) - Prognóstico, Horário, TV e Data

Barcelona x Real Madrid, (El Clássico, 03/12/2016) - Prognóstico, Horário e TV


Barcelona x Real Madrid, (El Clássico, 03/12/2016) - Prognóstico, Horário, TV e Data



E teremos neste final de ano mais um superclássico entre Barcelona e Real Madrid. Os dois gigantes espanhóis medem forças pela segunda vez no ano, em duelo válido pela 14ª rodada do Campeonato Espanhol 2016/17. A partida acontecerá no Camp Nou, casa do Barcelona, no sábado, 3 de dezembro, às 13h15 (horário de Brasília).

Mais uma vez teremos frente a frente Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, os dois maiores jogadores de futebol do século XXI. O jogo acontecerá mais uma vez na tarde espanhola, pois segundo o presidente da liga, Javier Tebas, este horário foi um sucesso, e tem gerado muito mais receitas.

Os canais ESPN transmitirão este  duelo do 1° turno ao vivo para todo o Brasil. O clássico do returno acontecerá em abril de 2017, no Santiago Bernabéu, e terá transmissão ao vivo do FOX Sports.


Evento: Barcelona x Real Madrid
Data: 03/12/2016
Horário: 13h15
TV: ESPN Brasil
Local: Camp Nou, Barcelona

Os gols mais bonitos da história do El Clásico




Faltando pouco para o El Clásico entre Barcelona e Real Madrid, nada melhor do que relembrar os 10 gols mais bonitos da história do confronto.


Top