Guia da Champions League 2017-2018: Roma

Guia da Champions League 2017-2018: Roma



Depois da eliminação nos playoffs da edição passada, quando caiu diante do Porto, a Roma não pegou uma chave tranquila em seu retorno à Champions, já que terá de encarar Atlético de Madrid e Chelsea, além da longa viagem ao Azerbaijão para encarar o Qarabag nesta chave C. Visando melhorias, a diretoria, após a contratação com diretor Monchi, abriu mão da competitividade de Luciano Spaletti no comando técnico, para apostar na novidade Eusebio di Francesco.

No mercado, a Roma manteve jogadores como Fazio, acabou perdendo o goleiro Wojciech Szczęsny para a Juventus, e fez algumas apostas, sendo a principal delas a aquisição do atacante Patrick Schick, que vem de uma ótima temporada na Sampdoria, e por pouco não acertou com a Juventus. Além dele, ainda chegaram o mexicano Héctor Moreno (ex-PSV), os meias Lorenzo Pellegrini (Sassuolo)  e Maxime Gonalons (Lyon), os extremos Cengiz Ünder (İstanbul Başakşehir) e Grégoire Defrel (Sassuolo), e o experiente lateral Aleksandar Kolarov.


AS Roma - Football tactics and formations



Eusebio di Francesco começou a sua carreira como técnico em 2008, e se destacou nas últimas temporadas no Sassuolo, clube que deixou para assumir a Roma. Ele gosta muito do jogo pelos lados e do trabalho entre as linhas do adversário, com atacantes também ativados, buscando assim a manutenção da posse e a boa circulação de bola. Suas equipes geralmente atuam no 4-3-3, e não deve ser diferente na Roma, com algumas variantes. Se di Francesco conseguir convencer o bom elenco romanista a atuar dentro de seu modelo de jogo, o trabalho e a temporada, tem tudo para serem muito bons.



Imagem: orainfo.net
Tecnologia do Blogger.