Guia da Champions League 2017-2018: RB Leipzig

RB Leipzig mostra que pode se manter na parte de cima da Bundesliga



Para um time que vinha do pote 4, o RB Lepzig pode se gabar de ter dado sorte no sorteio dos grupos da Champions League 2017-2018, caindo ao lado de Monaco, Besiktas e Porto. Uma chave com três companheiros de qualidade, mas que dá condições aos touros, de lutar por um lugar no mata-mata.

O técnico Ralph Hasenhüttl chegou ao clube no meio do ano de 2016, com a missão de liderar um projeto cheio de jovens, que surpreendeu em sua primeira temporada na Bundesliga, ficando com o vice-campeonato. Desta vez, será necessário dosar melhor as energias, afinal o Leipzig não conta com um elenco tão grande assim para jogar três competições de maneira simultânea, embora, neste sentido, a juventude possa ajudar.





O RB Leipzig atuava em toda a temporada passada, basicamente em um 4-2-2-2 o 4-4-2. Seu jogo se baseia numa pressão muito forte sobre o rival desde a saída de jogo, buscando o roubo em zonas adiantadas para trabalhar no ataque. Os homens de meio e ataque são muito velozes, o que torna a equipe letal nas transições. Naby Keita é um interior com ótima capacidade de drible, e já está vendido ao Liverpool, onde se apresentará em julho de 2018.

Outras peças de destaque do elenco do RB Leipzig, são o extremo Emil Forsberg, e o atacante Timo Werner, homem-gol da equipe.



Imagem: Eurosport
Tecnologia do Blogger.