Guia da Champions League 2017-2018: Olimpiacos

Guia da Champions League 2017-2018: Olimpiacos



Depois de uma temporada passada conturbada, onde teve quatro treinadores, mas mesmo assim, conquistou o título da Superliga grega, o Olimpiacos aposta no treinador albanês Besnik Hasi, para voltar a ter estabilidade. A campanha nos playoffs da Champions, foi boa, mas a chave D será complicada, mesmo para buscar o terceiro lugar e a vaga no mata-mata da Liga Europa. Barcelona e Juventus são favoritos para avançar às oitavas-de-final, com o Sporting sendo o terceiro contender do grupo.

O time-base do Olympiacos deverá ter: Kapino; Elabdellaoui (Diogo Figueiras), Retsos, Vukovic, Koutris (Milic); Odjidja-Ofoe (Gillet), Romao; Carcela, Fortounis (Marko Marin), Marko Marin (Sebá); El Fardou Ben (Emenike).

Hasi é adepto do 4-2-3-1 desde quando comandava o Anderlecht. O Olimpiacos passa a maior parte dos jogos da Superliga grega atacando em posicional, e terá de se adaptar à compactação e as transições para tentar encarar bem a Champions. Para isto, a qualidade de passe e leitura de Odjidja-Ofoe, Fortounis e André Martins, para ativar a velocidade dos conhecidos Marko Marin e Carcela pelos extremos, será fundamental. No ataque, El Fardou Ben e Emenike, quando jogarem, vão ter de dar profundidade. A grande força do time, no entanto, deve ser mesmo o estádio Georgios Karaiskakis Stadium, que vira um constante alçapão.
Tecnologia do Blogger.