Guia da Champions League 2017-2018: Liverpool




O Liverpool está de volta à Champions League, agora sob às ordens de Jurgen Klopp. O técnico alemão vem dando um novo patamar ao gigante, que se coloca cada vez mais como um time top. Os jogadores voltaram a querer jogar no Liverpool, e quem está no clube, não quer sair, muito graças ao alemão.

Neste Verão europeu, por exemplo, o Liverpool quis muito a contratação de Naby Keita. E conseguiu, mesmo que o jogador só vá se apresentar em julho de 2018. Buscou Salah, e contratou o Egípcio, ganhando mais um winger de velocidade no elenco, com características semelhantes às de Mané, capaz de formar um tridente ofensivo letal para os adversários. Assim agora, Coutinho terá a opção de atuar mais pelo meio, e poderá tornar a equipe ainda mais dominante em campo. Acima de tudo, o Liverpool é hoje um time cada vez mais completo nas diversas fases do jogo, e colhe frutos por isto.


Once titular del Liverpool 2017/18

Vice-campeão da Champions League em 2013 com o Borussia Dortmund, Klopp conhece a Champions League, o que ajudará na competitividade do Liverpool. Há, contudo, de se fazer ajustes. A grande força dos Reds é a marcação sufocante na saída de bola de e sobre o rival, a partir do campo de defesa. Os roubos em zonas adiantas, facilitam a transição ofensiva, e assim, a equipe tem a melhor condição de ativar a velocidade de Mané e Salah atacando espaços, que Firmino sabe abrir. Os apoios de laterais e interiores também são fundamentais para aproveitar estes espaços, mas se há um ponto onde o Liverpool há de melhorar para ser ainda mais competitivo, é nas concessões da defesa.

A linha de defesa do Liverpool concede muita profundidade e espaços, sobretudo entre laterais e zagueiros. A contratação de Robertson veio na tentativa de ser uma alternativa às dificuldades defensivas de Alberto Moreno, já que Matip e Lovren não são lá muito seguros defendendo a sua área. A saída de Lucas Leiva foi a perda de uma ótima opção em uma temporada que será longa, e também não ajuda na retomada da segurança na retaguarda. Na lateral-direita, Trent Alexander-Arnold tem surpreendido positivamente, e deverá disputar posição com Nathaniel Clyne e Joe Gomez.

Tirando isto, do meio para frente, Klopp conta com diversas opções de qualidade, e com perfis diferentes, como Emre Can, Lallana, Milner, Henderson, Wijnaldum, Coutinho e Grujic,  Sturridge, Origi, Solanke, Woodburn, Ox Chamberlain, Mané, Firmino e Salah. Os Reds são os favoritos da chave E da Champions League, ao lado do Sevilla, mas devem ficar atentos ao Maribor, e especialmente aos russos do Spartak de Moscou, caso não queiram ficar de fora das oitavas-de-final, como na temporada 2014/15.



Imagem: Liverpool
Tecnologia do Blogger.