Guia da Champions League 2017-2018: Barcelona




O verão europeu foi agitado na Catalunha. O Barcelona, depois da troca no comando técnico, com Ernesto Valverde assumindo o lugar de Luís Enrique, viu a venda de Neymar para o PSG, que derramou um mar de incertezas e frustrações no clube. Afinal, a perda de um dos principais jogadores, é sempre algo a se lamentar, e ainda mais quando este é um dos maiores talentos surgidos no futebol neste século XXI, tendo sido contratado junto ao Santos, justamente, para reforçar a imagem de referência e dominância blaugrana. 

Os primeiros reforços, não empolgaram. Deloufeu, Nelson Semedo e Paulinho em nada animaram um torcedor, que também não sabia se Valverde iria retomar o jogo de posição dos tempos de Guardiola, ou seguir com o jogo direto de Luís Enrique, que priorizava as jogadas forçadas no MSN, que agora não tem mais Neymar. Valverde, de começo, não irá voltar ao modelo de Pep, mas ao menos parece tentar algo mais elaborado, do que vinha sendo praticado no Camp Nou nas últimas temporadas, até pela necessidade.

Ele deverá atuar ou em um 4-2-3-1, ou no 4-3-3, dependendo muito do posicionamento de Messi. Na primeira opção Messi será o meia-central, com dois atacantes abertos e Suárez na frente. No 4-3-3, que é o mais provável, Messi pode ser "falso" 9", ou um falso extremo, jogando igualmente com Suárez e Ousmane Dembélé no setor ofensivo. Com Messi como "Falso 9", Suárez vira ponta-esquerda, e Dembelé ponta-direita. Paulinho deve lutar por um lugar na equipe com Rakitic, já que Busquets segue firme na frente da zaga. O sistema escolhido deve muito ter a ver com a quantidade de vezes em que Iniesta estará disponível, já que Coutinho não foi contratado, e o mago é a única alternativa, ao lado de Denis Suárez, para a zona interior esquerda do campo. De resto, Ter Stegen, segue no gol, Vidal e o recém contratado Semedo, disputam um lugar na lateral-direita, Piqué, Masherano e Umtiti, são as opções para a zaga, e Digne e Jordi Alba, para a lateral-esquerda.


Barcelona - Football tactics and formations

O Barcelona vai ir se construindo no decorrer da temporada, e há expectativas de que possa sim crescer na relação com a época passada. A equipe está na Chave D da Champions, ao lado de Juventus, Olimpiacos e Sporting. É favorito para avançar ao lado da Juventus, mas será necessário atenção, para evitar surpresas.



Imagem: Barcelona

Tecnologia do Blogger.