Lokomotiv bateu um CSKA enfraquecido no dérbi moscovita





As ligas europeias nos grandes centros, só recomeçam em agosto, mas no país da próxima Copa do Mundo, a bola já está está rolando. O Campeonato russo começou ainda em meados de julho, por conta da pausa de inverno, que terá entre o final do ano atual e o começo do próximo. Após o Spartak Moscou conquistar a Supercopa russa, já tivemos também dois dos mais importantes dérbis do país. Primeiro, Dínamo e Spartak abriram a segunda rodada da competição com um bom jogo, mas a grande atração, foi mesmo o CSKA recebendo Lokomotiv, em outro duelo moscovita.

O Campeonato russo 2017-2018 tem a presença de 16 clubes: Zenit, Krasnodar, Rostov, Akhmat, Tosno, Anzhi, Arsenal, Spartak Moscou, CSKA Moscou , Dynamo Moscou, Lokomotiv Moscou, Rubin Kazan, Ufa, Amkar, Ural e SKA-Khabarovsk.


Os times dirigidos por Yuri Semin e Viktor Goncharenko fizeram um bom jogo, bastante disputado. Sem Ignashevich, o CSKA foi superado pelo Lokomotiv, que mais uma vez expôs os problemas defensivos da linha de três defensiva do CSKA. Aricenes, homem de frente do Lokomotiv, fez um ótimo trabalho na área, para as chegadas dos extremos Farfán e Miranchuk. Os irmãos Berezutski, e Vasin, novidade no sistema defensivo do CSKA, não conseguiram parar as investidas dos adversários, desprotegidos sem a mesma consistência de outras temporadas. 

O peruano Farfán abriu o placar, logo aos 23 minutos de jogo, para o Lokomotiv. Vitinho enpatou vinte minutos depois, recebendo assistência de Dzagoev. Contudo, faltou força defensiva ao CSKA no segundo tempo, especialmente com Vitinho, Olanare e Chalov participando pouco do movimento defensivo. Ari acabou marcando o segundo gol do Lokomotiv, com mas na sequência, fazendo o 3 3 a 1, e fechando a conta.  

O CSKA, sem dinheiro, vai perdendo forças. Perde peças para grandes ligas de outros e, repõe com jogadores inferiores, e vai perdendo nível técnico, além de não ter mais a mesma consistência como equipe das recentes temporadas. Em contrapartida, Spartak, Zenit e Lokomotiv vão ganhando musculatura, e devem lutar pela taça, na temporada anterior à Copa do Mundo, aquela em que o futebol russo, mais deve ser visado.



Imagem: CSKA Moscou
Tecnologia do Blogger.