Guia da Eurocopa feminina 2017: grupo B





Dando sequência ao guia da Euro 2017, é hora de falar do grupo B, que terá a reedição da final olímpica do Rio-2016, reunindo Alemanha e Suécia. Por outro lado, Itália e Rússia, tentam surpreender.


Alemanha


O país que domina o futebol, tenta seguir dominando a Eurocopa feminina. Após 22 anos e seis títulos consecutivos, a Alemanha vai à Holanda comandada por Steffi Jones, que substituiu Silvia Neid, após a conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio-2016. 

Mesmo sem as aposentadas Melanie Behringer, Annike Krahn e Saskia Bartusiak, e as lesionadas Alex Popp e Simone Laudehr, a Alemanha segue com um elenco impressionante, e pode manter a hegemonia na competição.


Imagem: FIFA.com



Mandy Islacker, Leonie Maier, Almuth Schult e Isabel Kerschowski são apenas alguns dos grandes nomes da lista Alemã para esta Euro. A meia Lena Goessling retorna depois de uma longa parada por lesão, e assegura a experiência de um elenco que ainda conta com Anja Mittag, que já conquistou três euros em sua carreira.

A referência técnica, contudo, deverá mesmo ser a meio-campista do Lyon Dzsenifer Marozán. Com uma capacidade enorme para circular em campo e se associar, ela assumiu a liderança técnica da Frauen Mannschaft, algo que também lhe rendeu o posto de capitã.

As convocadas:

Goleiras: Almuth Schult (Wolfsburg), Laura Benkarth (Freiburg), Lisa Weiß (SGS Essen).

Defensoras: Josephine Henning (Olympique Lyonnais), Kathrin Hendrich (1.FFC Frankfurt), Leonie Maier (Bayern), Babett Peter (Wolfsburg), Kristin Damann (Bayern), Carolin Simon (Freiburg), Anna Blässe (Wolfsburg), Isabel Kerschowski (Wolfsburg).

Meias: Lena Goeßling (VfL Wolfsburg), Dzsenifer Marozsán (Olympique Lyonnais), Sara Däbritz (Bayern), Sara Doorsoun (SGS Essen), Linda Dallmann (SGS Essen), Lina Magull (Freiburg), Tabea Kemme (1. FFC Turbine Potsdam).

Atacantes: Mandy Islacker (1.FFC Frankfurt), Anja Mittag (Rosengård), Lena Petermann (Freiburg), Svenja Huth (1. FFC Turbine Potsdam), Hasret Kayikçi (Freiburg).


Suécia


Derrotada pela Alemanha na grande final do Rio-2016, a Suécia terá a chance da revanche. Este será o último torneio com a técnica Pia Sundhage, que não contará com as lesionadas Sofia Jakobsson e Emilia Appelqvist. Outras medalhistas olímpicas estão na convocação, como Hedvig Lindahl, Nilla Fischer, Lisa Dahlqvist, Schelin e Caroline Seger.


Campeã da Euro em 1984, a Suécia também tenta reconquistar o título, pondo fim ao domínio alemão. Recentemente, a treinadora Pia Sundhage falou sobre suas expectativas para a Suécia na Euro. "A Alemanha vai ter que perder em algum momento. Estamos bem preparadas e já tenho pensado sobre como podemos vencê-las."


As convocadas:


Goleiras: Almuth Schult (VfL Wolfsburg), Laura Benkarth (SC Freiburg), Lisa Weiß (SGS Essen).

Defensoras: Josephine Henning (Olympique Lyonnais), Kathrin Hendrich (1.FFC Frankfurt), Leonie Maier (FC Bayern Munich), Babett Peter (VfL Wolfsburg), Kristin Demann (FC Bayern Munich), Carolin Simon (SC Freiburg), Anna Blässe (VfL Wolfsburg), Isabel Kerschowski (VfL Wolfsburg).

Meiocampistas: Lena Goeßling (VfL Wolfsburg), Dzsenifer Marozsán (Olympique Lyonnais), Sara Däbritz (FC Bayern Munich), Sara Doorsoun (SGS Essen), Linda Dallmann (SGS Essen), Lina Magull (SC Freiburg), Tabea Kemme (1. FFC Turbine Potsdam).

Atacantes: Mandy Islacker (1.FFC Frankfurt), Anja Mittag (FC Rosengård), Lena Petermann (SC Freiburg), Svenja Huth (1. FFC Turbine Potsdam), Hasret Kayikçi (SC Freiburg).


Itália


A Itália sempre esteve entre as oito melhores seleções da Eurocopa Feminina desde a edição de 1984, mas agora, terá de eliminar Alemanha ou Suécia para isto. O time italiano sofreu 24 gols em seus últimos sete jogos amistosos, o que preocupa.


O grande nome desta geração italiana que tenta ressurgir no cenário internacional é a centroavante Daniela Sabatino. Com ótima movimentação, ela vem de um vice-campeonato italiano Brescia, e é bem acompanhada pela atacante Melania Gabbiadini, e pela meia Martina Rosucci.



As convocadas:


Goleiras: Laura Giuliani (SC Freiburg), Chiara Marchitelli (Brescia), Katja Schroffenegger (Unterland Damen).

Defensoras:  Elisa Bartoli (Fiorentina), Sara Gama (Brescia), Federica Di Criscio (AGSM Verona), Elena Linari (Fiorentina), Cecilia Salvai (Brescia), Linda Tucceri Cimini (S. Zaccaria).

Meiocampistas: Barbara Bonansea (Brescia), Marta Carissimi (Fiorentina), Valentina Cernoia (Brescia), Laura Fusetti (Como 2000), Aurora Galli (AGSM Verona), Manuela Giugliano (AGSM Verona), Alia Guagni (Fiorentina), Sandy Iannella (Cuneo), Martina Rosucci (Brescia), Daniela Stracchi (Mozzanica).

Atacantes: Melania Gabbiadini (Verona), Cristiana Girelli (Brescia), Ilaria Mauro (Fiorentina), Daniela Sabatino (Brescia).



Rússia



Eliminada na fase de grupos da Euro em 1997, 2001, 2009 e 2013, a Rússia tenta enfim avançar de fase.

A esperança, é o retorno de Elena Danilova, que tem lutado contra ad lesões. Ela tem mostrado boa capacidade para atuar nas zonas de ataque, tendo marcado um hat-trick no mês passado, em um amistoso que terminou com uma vitória por 5 a 2 contra a Sérvia. Deverá contar com a companhia de Nadia Karpova, atacante bastante veloz, e que também possui ótimo faro de gol.

A treinadora Elena Fomina falou sobre as expectativas russas: "A Suécia e a Alemanha foram as finalistas dos Jogos Olímpicos e são dos melhores times no mundo, mas se você não quer jogar contra eles, nunca irá evoluir".


As convocadas:


Goleiras: Alena Belyaeva (Chertanovo), Tatiana Shcherbak (Kubanochka Krasnodar), Elizabeth Shcherbakova (Rossiyanka)

Defensoras: Anna Belomyttseva (VDV Riazan), Darya Makarenko (VDV Riazan), Elena Medved (VDV Riazan), Tatiana Sheykina (VDV Riazan), Elvira Ziyastinova (CSKA Moscú), Anna Kozhnikova (CSKA Moscú), Ekaterina Morozova (Chertanovo),Natalia Solodkaya (Kubanochka Krasnodar)

Meiocampistas: Marina Kiskonen (Chertanovo), Margarita Chernomyrdin (Chertanovo), Elena Morozova (Kubanochka Krasnodar), Catherine Pantyukhina (Star 2005 Perm), Anastasia Pozdeyeva (Star 2005 Perm), Nadezhda Smirnova (CSKA Moscow), Ekaterina Sochneva (CSKA Moscú), Anna Cholovyaga (CSKA Moscú), Marina Fedorova (VDV Riazan)


Atacantes: Nasib Hasanov (Kubanochka Krasnodar), Elena Danilova (VDV Riazan), Nadezhda Karpova (Chertanovo).



Os jogos do grupo:


17/07 – Itália x Rússia (13h) em Roterdã

17/07 – Alemanha x Suécia (15h45) em Breda

21/07 – Suécia x Rússia (13h) em Deventer

21/07 – Alemanha x Itália (15h45) em Roterdã

25/07 – Rússia x Alemanha (15h45) em Utrecht

25/07 – Suécia x Itália (15h45) em Doetinchem



Imagem principal: UEFA
Tecnologia do Blogger.