Os rebaixados da temporada europeia

rebaixados


A temporada européia 2016-2017 está encerrada. Ela deixou decepções e surpresas, campeões e rebaixados. Equipes tradicionais, como Osasuna e Sunderland baixaram de divisão, e terão que começar de baixo, a partir da temporada 2017-2018.


La Liga: Osasuna, Granada e Sporting Gijón irão jogar a Liga 123



Em um determinado momento da temporada, já era difícil imaginar que Osasuna, Granada e Sporting Gijón não seriam os rebaixados em La Liga. Tirando o último, em alguns momentos no El Molinón, os demais nada mostraram em argumentos, durante toda a temporada para se manter na elite, e caíram com merecimento.


Premier League: Sunderland, Middlesbrough e Hull City estão fora da elite


O Sunderland passou várias temporadas brincando com fogo, e agora, acabou rebaixado. A equipe, que há algumas temporadas luta contra a queda, contou com uma primeira metade de temporada espetacular de Jermain Defoe, que inclusive lhe rendeu um retorno à seleção inglesa. Contudo, na segunda metade da temporada, ele não mais conseguiu carregar nas costas uma equipe mentalmente batida, e que agora terá de lidar com o inferno da Championship.


O Boro de Karanka, pecou pelo excesso de empates e o futebol pobre, com um jogo nada apoiado, sem consistência atrás, e especialmente compactação no meio. O resultado disto foi uma queda brusca na reta final da temporada, e o retorno para a Championship, uma temporada depois do acesso, num negativo bate e volta.

Já a emporada do Hull City pode ser dividida entre antes e e pois de Marco Silva. Os Tigers até estrearam na Premier League vencendo o então atual campeão Leicester, mas na sequência viveram uma primeira metade de temporada para esquecer, e davam sinais claros de que seriam rebaixados. Contudo, após a chegada do técnico lusitano, melhoraram claramente seu desempenho, fizeram dois bons duelos contra o Manchester United nas semifinais da Copa da Liga inglesa, e tiveram uma recuperação absurda na EPL. Mas, não o suficiente para na reta final, lhes livrar da queda, um ano após retornar a elite.


Serie A: Pescara, Palermo e Empoli vão para a Serie B


Mais uma vez, o Palermo está rebaixado. O controverso presidente Maurizio Zamparini e os demais dirigentes promoveram nove trocas de treinador em um clima caótico, que como não poderia ser diferente, resultou em desastre. O time nunca teve padrão, e nem os gols do artilheiro Nestorovski, ou o talento de Bruno Henrique e Diamanti salvaram os rosas. Já o Pescara, apostou demais em veteranos, como Campagnaro, Stendardo, Bovo, Coda, Pepe, Aquilani, Muntari e Gilardino, foi muito irregular, ou mesmo regular de maneira negativa, e terminou na lanterna, após lutar bravamente na temporada passada. 

Já o Empoli foi rebaixado após a espetacular reação do Crotone. Faltando nove rodadas para o fim do Campeonato, o time da Calábria tinha oito pontos a menos que o Empoli. Mesmo assim, os comandados de Davide Nicola protagonizaram uma reação espetacular, só perdendo para a Juventus, em toda a reta final.

Bundesliga: Darmstadt e Ingolstadt  foram os rebaixados



Darmstadt e Ingolstadt fizeram uma primeira metade de temporada péssima. O segundo, conseguiu reagir e lutar por um lugar no playoff de acesso com Wolfsburg e Hamburgo, mas por conta da força do elenco mesmo, acabou perdendo. Já o o D98, após muitas perdas no começo da temporada, soube desde o começo que a queda era questão de tempo.


Ligue 1: Bastia, Nancy e Lorient foram tombados


Bastia, Nancy e Lorient foram rebaixados na Ligue 1. Os dois primeiros eram realmente muito fracos, e sempre deram mostras de que iriam cair. O Lorient, ainda chegou a jogar o playoff com o Troyes, mas acabou sendo infeliz, e também caiu.


Imagem: Premier League 
Tecnologia do Blogger.