México e Portugal empataram em duelo equilibrado

México e Portugal Copá das Confederações 2017



As seleções de México e Portugal estrearam na Copa dos Confederações  empatando em 2 a 2. O jogo foi relativamente equilibrado, com o México tendo a superioridade territorial, mas Portugal sendo mais contundente.

O México entrou em campo em um 4-3-3, com H. Herrera como mediocentro, Jonathan dos Santos e Guardado interiores, Vela e Chicharito de extremos, e Jimenez centroavante. O time mexicano controlava a posse e dominava o território, contra um time português que foi mandado à campo por Fernando Santos em um 4-4-2 reativo, que buscava tirar a profundidade do México no terço final de campo e ativar Cristiano Ronaldo e Nani atacando espaço.

A tática deu certo, e o gol lusitano parecia questão de tempo, saindo na metade do primeiro tempo. CR7 foi ativado no corredor esquerdo, prendeu a bola e soube esperar o momento de servir Quaresma, que no mano a mano contra Ochoa marcou. O México não sentiu o gol e seguiu em seu plano, alcançando a igualdade no final da primeira etapa. Layun cruzou pela esquerda, Vela arrumou na área para Chicharito cabecear no contrapé de Rui Patrício, sem chances de defesa.

Na segunda etapa, Portugal adiantou mais as suas linhas de marcação, tirando o domínio de território do México. O jogo, em determinado momento, virou uma verdadeira troca de golpes, que favorecia Portugal. No final do jogo, o time português, mais contundente em suas ocasiões criadas, conseguiu se recolocar na frente do marcador, com um gol do lateral Cedric, que pisou na área para arrematar um cruzamento baixo de Gelson Fernandes. 

Contudo, ainda houve tempo para o defensor Moreno ir até a área portuguesa, e de cabeça, após cobrança de escanteio, deixou tudo igual, dando maior senso de justiça à um jogo onde nenhuma das duas equipes foi claramente superior dentro de sua proposta, à todo momento.



Imagem: Federação Portuguesa de Futebol
Tecnologia do Blogger.