Grandes Time: o Stuttgart de 2005-2007

Grandes Time: o Stuttgart de 2005-2007


O grupo de campeões da Bundesliga é pequeno. Pertencer à ele, é uma honraria para poucos. Especialmente após os anos 70, poucos clubes conseguiram destronar o Bayern de Munique. Nos últimos 10 anos, o Gigante da Baviera só não se sagrou campeão alemão em 2007, 2009, 2011 e 2012. Se nas últimas duas ocasiões o Borussia Dortmund ficou com a taça, e em 2009 ela foi para o Wolfsburg, em 2007 o Stuttgart surpreendeu o planeta bola, e encerrou uma seca de 15 anos sem conquistar o título nacional.

Para ficar com a taça, o Stuttgart montou um timaço. O gol era defendido pelo goleiro Timo Hildebrand, na época um dos melhores arqueiros da Alemanha. Na defesa, o técnico Armin Veh escalas o mexicano Osorio pela lateral-direita, com Fernando Meira e o jovem Tasci brigando por um lugar na zaga ao lado de Delpierre. Na lateral-esquerda, havia outro rodizio. Enquanti Magnin era um lateral-base, Boka era um grande apoiador, e cada um atuava mas circunstâncias necessárias. No meio, o veterano Pardo era a experiência, enquanto o garoto Khedira era a vitalidade e a intensidade. O excelente Hitzlsperger fechava o trio do meio, já que o brasileiro Antônio da Silva jogava mais solto, como armador, e o germano-brasileiro Cacau e Mario Góméz fechavam o ataque.

Com um time jovem, desacreditado, o Stuttgart começou a sua campanha na Bundesliga 2006-2007 com uma derrota em casa por 0x3 para o Nuremberg, e na sequência, chegou a estar na zona de rebaixamento, depois de outra derrota em casa contra o Borussia Dortmund na terceira rodada. 
Para o resto da temporada, a equipe conseguiu se estabilizar, e cresceu de maneira absurda na reta final, ganhando os últimos oito jogos da temporada, enquanto os concorrentes Schalke 04, Werder Bremen e Bayern tiveram uma certa queda de rendimento. O quinto título alemão do Stuttgart veio após uma vitória em casa por 2x1 sobre o Energie Cottbus, na última rodada desta Bundesliga. Por pouco, o clube não conquistou o doblete, já que na sequência, perdeu a final da Copa da Alemanha para o Nuremberg por 3x2. Pouco depois, o técnico Armin Veh foi eleito o treinador alemão do Ano, enquanto o atacante Mario Gomez foi nomeado Jogador de Futebol alemão do Ano de 2007.

A temporada 2007-2008, contudo, apontou uma queda, após a saída de figuras importantes. Com o tempo, o clube foi perdendo peso até o rebaixamento na temporada 2015-2016.
Tecnologia do Blogger.