Grandes Times: o Milan de 2003-2007

Grandes Times: o Milan dos anos 2000


Segundo maior campeão da história da Copa/Liga dos Campeões, o Milan montou vários grandes times no decorrer de sua história. A grande equipe dos anos de 1960 iniciou um brilho, que teve sequência com o grande time de Arrigo Sacchi e dos holandeses, entre o final dos anos 80 e o começo dos anos 90, quando Capello também levou o Rossonerro a brilhar. Já no começo dos anos 2000, o Diávolo apresentou ao mundo um novo timaço, agora treinado por Ancelotti, e capaz de honrar o peso da camisa com muito louvor.

Este grande time do Milan dos anos 2000 conquistou dois títulos de Champions em cinco anos,  além de ter feito uma final incrivelmente inesquecível contra o Liverpool. A base formada por Dida, Cafu, Nesta, Maldini, Pirlo, Gattuso, Seedorf, Inzaghi e Kaká – contou também com nomes como Crespo, Andriy Shevchenko e Stam. Na Itália, esbarrou no grande time da Juventus e no Calciocaos, mas mesmo assim teve um nível de conquistas fantástico.

Em 2003, a Europa viu a primeira final de Champions entre italianos da história. Nos pênaltis, o Milan bateu a Juventus, para se tornar hexacampeão europeu.  Dois anos mais tarde, o Milan acabou perdendo em Istambul uma final de Champions nas penalidades, após estar vencendo por 3 a 0 no tempo normal e ceder o empate para o Liverpool.

Contudo, em 2007, o Milan deu o troco nos Reds, vencendo por 2 a 1 a final da Champions realizada em Atenas, e se sagrando hexacampeão da Europa. No final do ano, o time ainda venceu o Boca Juniors na decisão do Mundial de clubes, logo após bater o Sevilla na Supercopa da UEFA,  como havia feito com o Porto em 2003.

Aos poucos, o Milan foi se enfraquecendo, e perdendo um pouco da força, que hoje tenta reencontrar.
Tecnologia do Blogger.