Levando Liga Europa a sério, United é finalista




Disputar a Liga Europa poderia ser um peso para um gigante outrora. Mas não para o Manchester United. Os Red Devils, comandados por José Mourinho, valorizaram a competição desde a fase de grupos, e com o melhor elenco, estão na grande decisão da competição. A confirmação da vaga veio nesta quinta-feira, com um empate em 1 a 1 com o Celta, em Old Trafford, onde o time até sofreu mais do que o esperado.

Depois do gol de Marouane Fellaini, marcado de cabeça aos 17 minutos de jogo, a eliminatória poderia até ser dada como morta. Durante mais de 135 minutos, os Red Devil controlaram bem a equipe celeste, que dependia demais dosespaços gerados e dos roubos em zonas adiantadas. Contudo, a presença de Pogba e do próprio Fellaini ajudou muito na saída de jogo mancuniana, dificultando demais as coisas para o rival.

Contudo, Eduardo Berizzo realizou tantas alterações em sua equipe, que conseguiu dominar um time montado por José Mourinho, que só se defendia e jogava em casa. "Toto" abriu bem Mallo e Johny, seus dois laterais, colocou Sisto e Aspas por dentro, como interiores, e posteriormente ainda botou Jozabed , Baueveu e Bongonda em campo, encurralando o United de uma maneira espantosa. Faltando cinco minutos para o final do jogo, a pressão deu resultado, com Facundo Roncaglia empatou a partida, fazendo com que outro gol do Celta o classifasse para a decisão, por ter marcado mais gols fora de casa. Os ânimos se acirraram, Roncaglia e Eric Bailly foram expulsos após uma briga generalizada. Nos acréscimos, John Guidetti teve a chance de marcar para o Celta, mas não conseguiu dominar a bola, dentro da pequena área.

O apito final foi um alívio para o Manchester United, que agora aguardará a grande final contra o Ajax. Já o Celta, lamentou muito, uma derrota que pelas circunstâncias, foi dolorida.


Imagem: Manchester United

Tecnologia do Blogger.