Depois de 21 anos, Ajax voltará a disputar uma final européia




Após 21 anos, o Ajax voltará a disputar uma final européia. O clube de Amsterdã já havia derrotado o Lyon por 4 a 1 no jogo de ida das semifinais, e na volta, até perdeu por 3 a 1, mas mesmo assim está na decisão, devido ao placar agregado.

Tanto Lyon, quanto o Ajax, se caracterizaram durante a temporada inteira como equipes muito fortes, velozes e verticais no ataque, mas que cedem muitas concessões defensivas. Na Holanda, o Ajax soube aproveitar isto para abrir vantagem. Na França, o Lyon tentou a mesma coisa. Os comandados de Génésio começaram a partida marcando na frente, e forçando erros do Ajax. Contudo, a equipe holandesa não sentiu a pressão e também buscou o gol, abrindo o placar com Dolberg, que atacou bem o espaço após um  ótimo passe em profundidade de Younes, e deu um toquinho por cima do goleiro Lopes.

Quando a eliminatória parecia perdida para o Lyon, Lacazette foi ao resgate. Primeiro, ele sofreu um pênalti cometido por De Ligt de maneira ingênua, e o converteu. Depois, nos acréscimos do primeiro tempo, fez o gol da virada, deixando a eliminatória mais do que viva. Na segunda etapa, Ghezzal chegou a fazer o terceiro tento do Lyon, que parecia a todo momento tão perto de fazer o quarto gol, como de sofrer o segundo. O Ajax, nunca deixou de buscar o gol, mantendo a eliminatória em aberto. No finalzinho da partida, por exemplo, o zagueiro colombiano Davinson Sanchez puxou um contragolpe para o Ajax, que Traoré desperdiçou. Com isto, o Lyon teve a chance de um contragolpe. Isto mesmo, jogando fora de casa, precisando defender, o Ajax sofreu um contragolpe em inferioridade numérica. Quiseram os deuses do Olimpo que Cornet também viesse a desperdiçar esta chance de ouro, e o Ajax assegurasse assim o seu retorno triunfal a uma semifinal européia.

Agora, o Ajax aguardará a grande final, onde irá enfrentar o Manchester United, dia 24 de maio. Um time jovem, cheio de adolescentes, mas que já fez história.



Imagem: Lyon
Tecnologia do Blogger.