Cardiff é Real



O Real Madrid está na final da UEFA Champions League 2016/17. E nunca antes, um campeão de Liga dos Campeões havia chegado em tão boas condições de renovar o seu título europeu, mostrando a força de seu elenco, atualmente, o melhor do planeta. A classificação sobre o Atlético foi iniciada com a vitória por 3 a 0 na semana passada no Santiago Bernabéu, e consumada nesta quarta-feira, mesmo com a derrota por 2 a 1 para o rival.  Saul e Griezmann, cobrando pênalti, fizeram os gols colchoneros, enquanto Isco descontou para o Real. 


O Atlético de Madrid começou o jogo pressionando muito a saída de bola do Real, e abrindo bem os seus dois laterais, para gerar superioridade pelos lados e jogadas pela linha de fundo, buscando falhas na defesa posicional do Real Madrid. Com o abafa, o time colchonero abriu o placar com Saul, após uma cobrança de escanteio de Koke, e na sequência, fez o segundo tento, com Griezmann arrematando um pênalti sofrido por Torres.

Contudo, o ímpeto colchonero cessou, sobretudo após o Real Madrid passar a circular melhor a posse da bola. O Atlético acabou se fechando com duas linhas de quatro atrás, e deixando até mesmo Torres e Griezmann em seu campo, em o jogo como havia sido no Bernabéu. Isco foi fundamental neste sentido, girando o campo todo, batendo linhas de pressão do Atlético, e diminuindo o placar após um rebote de Oblak, em jogadaça de Benzema. O gol matou psicologicamente o Atlético. O time de Simeone até tentou uma nova pressão no começo do segundo tempo, mas parou em Navas, com Gameiro em uma situação clara. O Real soube controlar bem o restante da partida, e só aguardou para comemorar a classificação.


Agora, o Real Madrid aguardará a grande final da Liga dos Campeões 2016-2017, onde enfrentará a Juventus, no dia 3 de Junho. Esta reedição da final da temporada 1997/98, promete!
Tecnologia do Blogger.