Reservas do Real massacraram o Leganés antes do dérbi



O técnico Zinedine Zidane optou por escalar um time alternativo, fora de casa, contra o Leganés. Uma decisão arriscada, mas que deu certo. O Real encontrou um Leganés totalmente anticompetitivo, foi superior, conseguiu o domínio nas transições, encontrou linhas de passe, superou a pressão mal feita pelo adversário, e foi naturalmente encontrando seus gols.

Marco Asensio foi um verdadeiro pesadelo para a defesa do Leganés, se tornando uma arma muito forte no contragolpe. Nem mesmo os dois gols marcados pelo Lega no final do primeiro tempo impediram o triunfo merengue por 4 a 2, importante, em uma semana de dérbi madrilenho.
Tecnologia do Blogger.