Real foi absoluto para virar contra o Bayern

Real foi absoluto para virar contra o Bayern


Real Madrid e Bayern de Munique fizeram nesta quarta-feira a aguardada partida de ida das quartas de final da UEFA Champions League. Jogando na Allianz Arena, o Bayern tinha a obrigação de construir o resultado, e após um primeiro tempo onde foi levemente superior, acabou amassado pelo Real na segunda etapa, levou 2 a 1, e agora vai ao Santiago Bernabéu precisando vencer, marcando pelo menos dois gols.

O Bayern começou o jogo com a posse de bola, mas sofria quando o Real adiantava as suas linhas de marcação. O time merengue se defendia em duas linhas de quatro, com Bale voltando à direita e Toni Kroos fechando pela esquerda. Assim, procurava roubar a bola em zonas adiantadas, e acabava gerando perigo ao gol defendido por Neuer, que precisou fazer ao menos uma grande defesa no começo da partida, em uma cabeçada de Benzema. As melhores jogadas do Bayern surgiam pela direita, onde Robben levava geralmente a melhor sobre Marcelo, mesmo quando Kroos baixava para ajudar ele. Ribery também flutuava bastante por dentro, e aquando os dois estão afiados, o perigo ronda o gol adversário, mesmo que a ausência do lesionado Lewandowski tenha pesado, com Müller desconfortável no centro do ataque. Assim surgiu um escanteio, que cobrado por Thiago encontrou a cabeça de Vidal. O chileno cabeceou forte, sem possibilidades de defesa para Navas, abrindo o placar.

Ainda na primeira etapa, o Bayern teve um pênalti a seu favor marcado erroneamente, mas desperdiçado por Vidal. Mesmo assim, foi para o intervalo com a vantagem de 1 a 0, que parecia rasa. No segundo tempo, o Bayern deu um verdadeiro show de como defender de maneira errada sua própria área, em uma atuação caótica da linha de defesa, em especial dos zagueiros. E com isto, o Real chegou ao empate. Primeiro, Carvajal cruzou pela direita, e Cristiano Ronaldo marcou, pondo fim ao seu jejum de gols na Champions.

Na sequência, Modric assistiu Bale com um cruzamento, e o galês arrematou  de cabeça, exigindo mais uma ótima defesa de Neuer. O lance capital do jogo foi a expulsão de Javi Martínez que só parou Cristiano Ronaldo com falta em dois lances seguidos. Com 10 homens em campo, o Bayern foi engolido por um real que mais uma vez fez da Allianz Arena sua casa, e chegou até a virada. Cristiano Ronaldo, novamente  bem posicionado na área adversária, como no primeiro gol, fez o segundo tento merengue, dando números finais ao jogo e assegurando a importante vantagem para a partida de volta.



Imagem: Real Madrid
Tecnologia do Blogger.