United sofreu, mas eliminou o Rostov





O Manchester United fez o básico, e se classificou para as quartas de final da Europa League 2016/17, após uma vitória por 1 a 0 sobre o Rostov, com um gol de Juan Mata. Como havia empatado a ida, disputada na Rússia em 1 a 1, os Red Devils avançam para o antepenúltimo estágio da competição.

Desde os primeiros minutos de jogo, o United colocou suas linhas altas, e começou a buscar abrir o placar o mais rápido possível, controlando totalmente a posse de bola. O volume de chances criadas, no entanto, não era grande. O 5-2-2-1 armado por José Mourinho facilitava a circulação de bola e as triangulações, mas por vezes deixava Ibrahimovic meio que isolado na frente, e com a necessidade de recuar demais.

Já ao Rostov, da dupla de treinadores Kurban Berdyev e Ivan Daniliants atuou no seu tradicional 5-3-2, marcando atrás com as suas linhas bem baixas, e apostando nas transições rápidas. Muito recuado, no entanto, o esquadrão russo sofria com a pressão pós perda do United, que não permitia ao adversário acionar os atacantes Sardar Azmoun e Dmitry Poloz. Contudo, quandonão conseguia infiltrações rápidas, os Red Devils não tinham espaços para armar, o que amarrou a partida durante a sua maior parte.

No segundo tempo, precisando fazer ao menos um gol, o Rostov se projetou mais ofensivamente, dando espaço para as transições rápidasdo time comandado por José Mourinho. Em uma delas, Ibrahimovic serviu, de calcanhar, Juan Mata, autor do único gol do jogo. No final da partida, o goleiro argentino Sergio Romero foi até o ângulo defender uma bela cobrança de falta do equatoriano Christian Noboa, para evitar a prorrogação, e classificar a sua equipe.





Imagem: Manchester United
Tecnologia do Blogger.