Do seu jeito, Rostov encarou o United




O Manchester United foi até Rostov, encarar o time da casa e o forte inverno russo, na rodada de ida das Oitavas de final da Europa League 2016/17. O técnico José Mourinho optou por um 5-3-2, fugindo da estratégia base atual da equipe. O sistema, tinha a clara intenção de espelhar o 5-3-2 do clube russo, e também adaptar o jogo ao castigado gramado, inapropriado para a prática do futebol. Vale lembrar, que em casa, o Rostov já derrotou o Bayern e o Ajax nesta temporada, e arrancou empates contra Anderlecht e PSV.

Era difícil para as duas equipes conseguirem praticar alguma estratégia de jogo. O Manchester United não conseguia propor, e o Rostov não conseguia ser reativo. A principal arma era as ligações diretas, já que o ataque posicional, com circuito de passes, era praticamente impossível de ser praticado, dado o estado do relvado.

Na estratágia de jogar com a ligação direta, o Manchester United entrou com 4 homens de frente que sabem ser referências nas jogadas aéreas. Um deles, o contestado Felaini, foi fundamental para abrir o placar para o time inglês. Foi ele quem recebeu pelo alto e matou a bola no chão, servindo Ibrahimovic pela direita. O sueco chegou na linha de fundo e cruzou baixo para trás, encontrando o extremo armênio Mikhitaryan, que mandou a bola para o fundo das redes.

Com a vantagem no marcador, o Manchester United se acomodou mais com suas linhas atrás. O Rostov, no entanto, saiu mais para o jogo na segunda etapa, adiantando suas linhas de marcação e acionando muito os seus homens de lado, que buscavam infiltrações pelo meio e lançamentos longos para a área. E foi em um lançamento do seu lateral direito Timofei Kalachev, que o clube russo chegou ao empate, em gol marcado por Bukharov. Alargando o campo do seu jeito, o Rostov soube ser superior, mas não conseguiu a vitória, tendo mesmo de se contentar com a igualdade em 1 a 1.

O resultado, de forma alguma foi bom para os russos, que quando se soltaram na segunda etapa criaram mais ocasiões e jogavam em casa. Na próxima quinta-feira, o Rostov vai até o Old Trafford, visitar o United, precisando marcar ao menos um gol, para não por fim ao seu período de aventura européia na temporada.


Imagem: FC Rostov
Tecnologia do Blogger.