Copa do Mundo 2026 terá nova distribuição de vagas



Foto: globoesporte.com


A FIFA revelou nesta quinta-feira, como é que pretende fazer a divisão de vagas para a Copa do Mundo a partir de 2026, quando o torneio passará a ser disputado por 48 seleções. Todos os continentes saíram ganhando, mas África e Ásia, dois dos que contam com mais federações, foram muito beneficiados.

A Uefa passou de 13 vagas na Copa para 16, e segue sendo a federação com mais representação em Mundiais. África e Ásia, que classificavam, respectivamente cinco e quatro seleções diretamente para a Copa, ganharam quatro vagas, enquanto a CONCACAF e a CONMEBOL terão seis vagas cada, e a Oceania uma vaga.

O país-sede continuará classificado diretamente para a Copa do Mundo, e as outras duas vagas sairão de um torneio de repescagem mundial, que contará com seis seleções. Cada continente terá uma vaga neste torneio de repescagem, com exceção da UEFA. O continente do país-sede, perderá uma vaga direta para a Copa, mas ganhará uma vaga na repescagem.

Confira como ficaram as vagas para a Copa do Mundo 2026:

África: 9 vagas
Ásia: 8 vagas
Europa: 16 vagas
Concacaf: 6 vagas
América do Sul: 6 vagas
Oceania: uma vaga


Tecnologia do Blogger.