Com golaço, Podolski teve a despedida perfeita da seleção alemã

Podolski teve a despedida perfeita da seleção alemã


A Alemanha venceu a Inglaterra por 1 a 0 nesta quarta-feira, em amistoso disputado na cidade de Dortmund. A partida, acima de tudo, marcou a despedida de Lukas Podolski com a camisa da Mannschaft, e ela se deu da melhor maneira. O atacante atuou como capitão e marcou um golaço de fora da área, para fechar com chave de ouro uma linda trajetória.



O jogo foi relativamente morno, mas teve uma Inglaterra melhor no decorrer dos 90 minutos, especialmente no primeiro tempo. Com vários desfalques, a Alemanha sofria e via Marc-André ter Stegen fazer milagres para segurar o placar fechado, até o talento de Podolski aparecer pela última vez na seleção. O camisa 10 marcou o seu gol aos 69 minutos de jogo, após receber passe de Schürrle, se livrar da marcação e acertar de fora da área um chute no ângulo, vencendo o goleiro Joe Hart, e definindo a vitória por 1 a 0 sobre os ingleses.

Antes de a bola rolar, o camisa 10 foi homenageado pela DFB (Federação Alemã) e, ao ser substituído por Rudy na etapa final, foi aplaudido de pé de por todos os torcedores que estavam no lotado estádio em Dortmund.

O gol marcado contra a Inglaterra foi o 49° gol de Podolski, em seu 130° jogo vestindo a camisa da Mannschaft, com a qual foi campeão do mundo em 2014. Poldi é o terceiro maior artilheiro da história do selecionado germânico. À frente dele, aparecem apenas Miroslav Klose (71 gols) e Gerd Müller (69 gols).

Despedida de Podolski da Seleção alemã foi emocionante - Die Mannschaft

Ao todo, 40 destes gols foram marcados entre 2004 e 2010, período, em que é possível dizer que Podolski foi o principal, ou pelo menos o mais regular jogador da seleção alemã. Na Copa do Mundo de 2006, ele foi eleito o melhor jogador jovem do torneio, e ajudou posteriormente a Alemanha a chegar na final da Euro de 2008, como protagonista. Ainda jogou mais duas Copas do Mundo, e foi convocado durante muito tempo, sobretudo por conta de sua liderança.

Será estranho nos próximos anos ver uma Alemanha sem Podolski, Lahm, Klose e Schweinsteiger. Mas, vários jovens surgem a cada temporada no futebol campeão do mundo, e vão manter este grande nível da Mannschaft por muito tempo ainda.




Fotos: Twitter da Die Mannschaft (Federação alemã de Futebol)
Tecnologia do Blogger.