No Molinón, Simeone fez a diferença mais uma vez para o Atlético

No Molinón, Simeone fez a diferença mais uma vez para o Atlético


O Atlético de Madrid foi ao El Molinón neste Sábado, encarar o Sporting Gijón, em um jogo cercado de expectativas. O Gijón vinha em um crescimento muito bom nas últimas rodadas, e o Atlético precisava do triunfo para seguir tranquilo na zona da Champions.  A goleada colchonera por 4 a 1, não mostra exatamente o que foi o jogo, mas destaca mais uma vez a importância de Simone para a sua equipe.

O Atlético mais uma vez entrou em campo no 4-4-2. Com uma linha de quatro atrás, Gabi e Koke por dentro no meio, Correa pela beirada direita, e Carrasco e Griezmann se revezando entre a extrema-esquerda e a posição de "segundo atacante", já que Torres era um homem mais fixo na frente. Mesmo assim, quem teve o domínio do jogo na primeira etapa, foi o Gijón. Marcando pressão, na frente, o time mandante controlou a posse, e trabalhou bem a bola dominando os lados. Contudo, emperrava nas compactadas linhas de marcação do Atlético, e geralmente só levava alguma vantagem quando forçava alguma jogada em Traoré, que atuava como a referência do ataque. O domínio era tanto, que o Atlético não conseguia encaixar nem o contragolpe. Mas mesmo assim, o placar da primeira etapa terminou fechado.

Veio o segundo tempo, e com ele uma chuva de gols. Logo aos 49 minutos, Carrasco abriu o placar para o Atlético. Na sequência, Alvarez empatou. O Gijón seguia no controle das ações, até Simeone aparecer, e alterar este paradigma. Ele sacou um de seus extremos, para colocar Partey em campo,  e recuperar o meio. Também mandou ao campo Gameiro no lugar de Torres, e colocou Saúl no jogo.

O objetivo era retomar o controle do jogo, e derrubar o muro defensivo do time do técnico Rubi, formado por Meré e Amorebieta. Faltando dez minutos para o fim do jogo, Griezmann deu uma sensacional assistência que Gameiro não desaproveitou. Dois erros defensivos nos posteriores quatro minutos, deram a chance para Gameiro marcar mais dois gols, consolidar o seu har-trick, e assegurar uma grande vitória para o Atlético.

Com o triunfo em Gijón, a equipe de Simeone soma sua terceira vitória de forma consecutiva na liga, e agora se prepara para o jogo da Champions, contra o Bayer Leverkusen na Alemanha. Por sua parte, o Sporting segue na luta contra o rebaixamento, animado pelas boas atuações recentes.
Tecnologia do Blogger.