Dia louco na Champions: 14 gols em apenas dois jogos

Imagem: bleacherreport.com

Manchester City e Monaco protagonizaram um jogo típico de Premier League,  em uma noite mágica de Champions League. Com o seu ritmo alucinante, os Citizens mais uma vez trocaram ataques com um rival,  e se deram bem. Em nada o time tem lembrado as equipes de Guardiola, já que não domina os adversários com posse,  mas apenas se sobressai pela qualidade técnica, algo que ficou claro com a vitória por 5 a 3 nesta Terça-feira.  Após um início já intenso, com o City tendo a iniciativa, o placar foi aberto pelos mandantes ao redor dos 20 minutos de jogo, com um gol de Raheem Sterling. Na sequência o Monaco viveu seu melhor momento no jogo,  e alcançou a virad, com gols de Radamel Falcao García e Kylian Mbappé, ainda na primeira etapa. Veio o segundo tempo, e seguiu o ritmo louco. Logo de cara,  Falcao perdeu um pênalti defendido por Caballero, e o goleiro croata Danijel Subasic falhou em um arremate de Aguero após um contragolpe,  cedendo o empate. Na sequência, Falcao marcou um golaço por cobertura, e recolocou os monegascos na frente do placar.  A partir daí, o City foi para o abafa,  e marcou três vezes com Aguero,  Stones e Sané, fazendo alto uso das jogadas de escanteio, e virando o jogo para 5 a 3, adquirindo uma importante vantagem para o jogo da volta,  que acontece no Louis II, em março.


Em Leverkusen, o Atlético de Madrid venceu o Bayer por 4 a 2, e leva uma importante vantagem para o jogo de volta, em Madrid. Saúl, Griezmann, Gameiro e Torres fizeram os tentos colchoneros. Bellarabi e Savic, contra, marcaram para os aspirinas.
Tecnologia do Blogger.