[Especial] Cristiano Ronaldo, 32 anos: A trajetória de um dos maiores jogadores de futebol da História



Especial Cristiano Ronaldo: A trajetória de um dos maiores jogadores de futebol da História



Da  lha da Madeira ao Real Madrid. Um dos maiores jogadores da história do Futebol Mundial, Cristiano Ronaldo completa hoje 32 anos. O craque capaz de nos mostrar duas versões bem distintas: do fantasista virtuoso, das arrancadas no começo da carreira, até o matador implacável dos dias atuais, o gênio das desmarcações, da criação de espaços e dos arremates, que nos agracia com muito talento e recordes nos dias atuais.


O quarto filho de Dinis e Dolores Aveiro, irmão mais novo de Elma, Hugo e Kátia, Cristiano Ronaldo é do tipo de jogador que desde cedo sempre foi apontado como promessa de craque, e correspondeu ou superou as expectativas. O gajo começou a jogar futebol aos oito anos, ainda nas categorias de base do Clube Futebol Andorinha de Santo Antônio, mas já em 1995, foi para o Clube Desportivo Nacional, sendo que só dois anos depois já estava no Sporting, um dos maiores clubes de Portugal. De lá em diante, a sua carreira começaria uma ascensão, que parece não ter limites.



Depois de uma ascensão meteórica pelas categorias sub-16, sub-17, sub-18 e equipe B do Sporting, Cristiano Ronaldo chegou rápido ao time principal. Estreou pela equipe principal no dia 13 de Agosto de 2002, em jogo contra a Internazionale. A partida terminou empatada, e era válida pela terceira pré-eliminatória da Champions League (Ronaldo entrou aos 58 minutos de Jogo). Estreou como titular dos Leões no dia 7 de Outubro do mesmo ano, marcando dois gols em uma goleada de 3x0 do Sporting sobre o  Moreirense.

Especial Cristiano Ronaldo: A trajetória de um dos maiores jogadores de futebol da História

Antes disto, quando tinha apenas 15 anos, Cristiano Ronaldo foi diagnosticado com um problema no coração, podendo atacante ser forçado a desistir de jogar futebol. Felizmente, ele foi submetido a uma cauterização na área afetada do coração, podendo seguir com a carreira sem riscos.

Antes mesmo de completar 18 anos de idade, Cristiano já era uma das promessas mais cobiçadas do futebol europeu. Primeiro, foi o Arsenal, quem tentou lhe tirar do Sporting. Contudo, foi o Manchester United quem, no meio do ano de 2003, conseguiu a sua contratação. Após um amistoso de pré-temporada, em que o Sporting derrotou o United por 3x1, na inauguração do então novo Estádio Alvalade, casa do Sporting construída para a Euro 2004, o desempenho de Ronaldo impressionou Sir Alex Ferguson. O escocês o buscou como substituto de David Beckham (que havia ido para o Real Madrid), por 15 milhões de euros.


CR (7)
Cristiano Ronaldo sendo apresentado no Manchester United, ao lado de Kleberson e Ferguson.


No Manchester United, Cristiano queria usar a camisa 28, a mesma que usava no Sporting. Ferguson, no entanto, lhe deu a 7, que havia pertencido a George Best, Bryan Robson, Éric Cantona e David Beckham. Estava criado, mais um mito da história dos Red Devils. CR estreou no dia 16 de agosto de 2003, entrando aos 61 minutos, no lugar de Nicky Butt, em uma goleada do United por 4x0 sobre o Bolton.


CR (6)
Cristiano Ronaldo com a Taça da Champions League, ganha com o Manchester United


Só na temporada 2006-2007, a sua primeira de protagonismo, após brilhar na Copa do Mundo da Alemanha, Cristiano Ronaldo, em 53 jogos, marcou 23 gols e deu 19 assistências. Ao todo, Ronaldo ganhou vários títulos no Manchester United. A primeira Taça foi a da Copa da Inglaterra na temporada 2003–2004. Depois disto, viria a Copa da Liga 2005–2006, a Premier League 2006–2007, a Supercopa da Inglaterra 2007, a Premier League 2007-2008, a Champions League 2007-2008 (marcando um gol na final contra o Chelsea), o Mundial de Clubes 2008, a Premier League 2008–2009 e a Copa da Liga 2008-09. Fora, uma enxurrada de premiações individuais. Em 2007, Ronaldo foi eleito o melhor jogador e o melhor jogador jovem da Premier League. Em 2008, levou o prêmio de melhor jogador do Mundo da FIFA, a Chuteira de Ouro e a Bola de Ouro da revista France Football, com apenas 23 anos.




Durante todos os anos em que passou no Manchester United, Ronaldo foi assediado por diversos clubes, até que em junho de 2009, o Real Madrid chegou a um acordo com o Manchester United pela sua contratação, pela quantia de 94 milhões de euros, contratação oficialmente mais cara da história até os dias de hoje. Ronaldo deixaria então os Red Devils, onde em seis temporadas, conquistou 9 títulos, marcou 118 gols e deu 61 assistências, em 292 partidas.


Cris (2)
Cristiano Ronaldo sendo apresentado no Real Madrid


Se Ronaldo já havia feito história com o Manchester United, construiria uma tão ou mais linda na Capital espanhola. No dia 6 de julho de 2009, o craque foi apresentado para uma massa de 80,000 pessoas no Santiago Bernabéu. Sua estréia com a camisa do Real aconteceu no dia 29 de agosto de 2009, contra o Deportivo la Coruña. Se tornou o primeiro estreante a marcar quatro gols nos quatro primeiros jogos da Liga Espanhola, e terminou a primeira temporada com a camisa merengue marcando 33 gols em 35 partidas. Contudo, não conquistou títulos, e o Real acabou eliminado pelo Lyon nas Oitavas de Final da UEFA Champions League, e pelo Alcorcon na Copa do Rei. Tudo começaria a mudar na temporada 2010-2011, quando Raúl foi para o Schalke 04, e Ronaldo começou a usar a 7.



Também nesta temporada, José Mourinho assumiu o comando do Real, Dí Maria e Ozil, dois jogadores que passariam a ser seus escudeiros em campo, chegaram ao Bernabéu. Logo na primeira temporada do Special One em Madrid, o Real conquistou a Copa do Rei. Com o coletivo afiado, Ronaldo começou a melhorar os seus números individuais, ganhando os seus primeiros grandes prêmios individuais como madridista: a Chuteira de Ouro e o Pichichi.


Cris (1)


Em 2012, Cristiano Ronaldo conquistaria o Campeonato Espanhol e a Supercopa da Espanha com o Real Madrid, mas o melhor ainda estava por vir. Em 2013, o Gajo voltou a conquistar a Bola de Ouro, algo que repetiria em 2014, um ano ainda mais especial. Ronaldo foi Campeão da UEFA Champions League 2013-2014 com o Real Madrid, que venceu a sonhada "La Decima". De quebra, individualmente, CR7 quebrou o recorde de gols em uma só edição, ao marcar impressionantes 17 tentos na competição. O 2014, foi de fracasso na Copa do Mundo com Portugal, mas no Madrid, ainda contou com a conquista da Copa do Rei, da Supercopa da UEFA e do Mundial de clubes da FIFA. Além disto, no segundo semestre, Ronaldo ainda bateu, assim como Messi, o recorde de gols de Raúl, então maior artilheiro da história da Liga dos Campeões. 


Especial Cristiano Ronaldo: A trajetória de um dos maiores jogadores de futebol da História
Cristiano Ronaldo com a Bola de Ouro


O 2015 não foi tão brilhante, e a Bola de Ouro não veio, assim como os títulos coletivos. Mas, os recordes seguiram, sendo quebrados ou ampliados. No dia 30 de setembro, Cristiano marcou o 500º gol da sua carreira como jogador profissional, se tornando o maior artilheiro da história do Real Madrid, com 323 gols.


Ronal (2)

Na Seleção Portuguesa, Cristiano Ronaldo é o capitão e o maior artilheiro. Desde que ele passou a vestir a camisa do Selecionado lusitano de futebol, nunca o mesmo deixou de participar de uma Eurocopa ou de uma Copa do Mundo, algo que era raro antes.








Em 2016, Cristiano Ronaldo viveu um ano de sonho. Conquistou a UEFA Champions League, a Supercopa da UEFA e o Mundial de clubes com o Real Madrid, sob o comando de Zinedine Zidane, e ainda foi campeão da Eurocopa com Portugal. Também foi o grande vencedor da Bola de Ouro, e levou o prêmio The Best, de melhor jogador do Mundo da FIFA.

S

Conquistas: 

- Premier League: 🏆🏆🏆 - Champions League: 🏆🏆 🏆 - La Liga: 🏆 - Bola de Ouro: 🏆🏆🏆 🏆
- Chuteira de Ouro: 🏆🏆🏆 🏆
- Mais de 500 gols como profissional
- Mais de 800 jogos como profissional
- Maior artilheiro da História da UEFA Champions League
- Maior artilheiro da História da Seleção Portuguesa
- Oito vezes finalista da Bola de Ouro
- Já fez gols em todos os minutos de jogo, do 1 ao 90.  
- Único jogador na História a ganhar Liga, Champions League, Supercopa, Copa, Bola de Ouro, Chuteira de Ouro e Mundial com dois clubes diferentes (Real Madrid e Manchester United)


Tecnologia do Blogger.