15 Craques que não precisaram da Bola de Ouro para virarem lendas


fonte da imagem: www.eurosport.co.uk



15 Craques que não precisaram da Bola de Ouro para virarem lendas


O Futebol é um esporte Coletivo. Um título é o resultado do trabalho de toda a equipes, mas existem os prêmios individuais, cercados de muita badalação. Destes, o mais cobiçado é a Bola de Ouro, ou Ballon d’Or se preferir.
Desde 2010, a Bola de Ouro passou a ser dada em parceria com o prêmio de jogador do ano da FIFA, e geralmente, atacantes recebem a honraria. Sim em 2016 as premiações se separaram, mas pouca coisa mudou.  Apenas Fabio Cannavaro ganhou o prêmio atuando como defensor nos anos 2000.
Cristiano Ronaldo e Lionel Messi vem, desde 2007 dominando o prêmio, o que tira a oportunidade de outros jogadores o receberem. O mesmo processo já aconteceu com Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Zidane ...
Nós listamos abaixo, 12 Jogadores que entraram para a História do Futebol nos anos 2000, mas não receberam a Bola de Ouro. Bobagem, nem precisavam ...

Thierry Henry




O melhor atacante do Mundo quando defendia o Arsenal, Thierry Henry é recordista de Gols tanto nos Gunners quanto na seleção Francesa. Também liderava Rankings de assistência, e certamente foi um dos maiores jogadores de todos os tempos.
Nas suas melhores temporadas, perdeu o prêmio para Pavel Nedved em 2003, Shevchenko em 2004 e Ronaldinho Gaúcho em 2005. Mas talvez, o ano em que realmente não houve contestações de que ele foi quem jogou mais foi em 2006: levou o Arsenal à final da Champions League, e a França à Final da Copa do Mundo. Mesmo assim, viu o prêmio nas mãos de Cannavaro, que havia vencido a Copa do Mundo com a Itália, batendo Justamente a França de Henry na Final. 
Henry se aposentou no final de 2014, após brilhar recentemente com a camisa do New York Red Bulls na MLS.


Ryan Giggs

Possivelmente o maior jogador da História do País de Galês, Ryano Giggs brilhou muito com a camisa do Manchester United, onde ajudou Cristiano Ronaldo em 2008 a conquistar a Bola de Ouro. Neste mesmo ano, venceu a Champions League, algo que já havia acontecido em 1999, quando o Manchester United fez um ano espetacular. 
Talvez, se não tivesse tão pouca companhia na seleção de Galês, tivesse vencido a Bola de Ouro um dia.

Didier Drogba

Um centroavante letal. Mudou a História do Chelsea e da seleção de Costa do Marfim. Venceu três vezes a Premier League com o Chelsea, e foi o grande nome da conquista da Champions League em 2012. Levou a Costa do Marfim a três Copas do Mundo, sendo que os elefantes nunca haviam jogado uma Copa antes dele.
Foi por muito tempo o melhor jogador africano da Europa, e não fosse a concorrência com Henry e Ronaldinho primeiro, e depois com Messi e Cristiano Ronaldo, poderia ter vencido a Bola de Ouro.

Xavi



O Tiki-Taka do Barcelona e da Espanha deu o tom do futebol entre 2008 e 2012, e Xavi foi quem ditou o ritmo das duas equipes, sempre ultrapassando os 100 passes por jogo.
A sua posição de coadjuvante acabou se tornando algo obrigatório, ao dividir o campo com Lionel Messi no Barcelona. Ele nunca se importou, e sempre deixou claro que seu objetivo na realidade era ajudar os companheiros e a sua equipe, com toda a sua categoria para ditar o ritmo de uma equipe que tinha.  Hoje, com mais de 33 nos de idade, ainda mostra lampejos de sua técnica no futebol do Catar. 

Paolo Maldini


Nenhum defensor nos últimos 20 anos teve a classe de Maldini. Capaz de jogar tanto como zagueiro, como lateral, ele venceu sete vezes a Série A TIM e cinco vezes a UEFA Champions League.
Seu auge foi justamente na época em que Zidane e Ronaldo também viviam o ápice das suas carreiras, o que lhe prejudicou na tentativa de ser o melhor do Mundo.
Se aposentou com 40 anos, em 2009.

Zlatan Ibrahimovic



Zlatan Ibrahimovic é um dos maiores atacantes do Mundo de todos os tempos. Sua técnica, especialmente no arremate, é única, e ele foi campeão Nacional em todos os anos entre 2003 e 2016, com exceção de 2012.
A queda de rendimento em jogos de Champions League, especialmente no mata-mata, é o que lhe tirou a condição de brigar pela Bola de Ouro.

Andres Iniesta


Outro jogador de técnica impecável, foi fundamental no auge do Barcelona de Guardiola e da Seleção Espanhola. Em 2010, ficou na segunda colocação da Bola de Ouro e em 2012, foi o terceiro colocado. Ainda brilha no Barcelona.

Steven Gerrard


Hoje com 36 anos, Steven Gerrard foi possivelmente o melhor jogador inglês no Século XXI até aqui. Não há como esquecer de sua performance  na final da Champions League de  2005, nem de suas cobranças perfeitas de Bola parada.

Gianluigi Buffon


Goleiros em geral, não vencem a Bola de Ouro, mas bem que Buffon, que custou £ 32.6 milhões à Juventus quando chegou do Parma em 2001, merecia.

Buffon venceu nove vezes o Campeonato Italiano, e ainda foi Campeão da Copa do Mundo de 2006, sendo uma muralha naquele torneio.
Juan Roman Riquelme

Uma lenda viva do Boca Juniors, levou o Clube xeneieze à três Conquistas de Libertadores, e na Europa, conduziu o Villareal a semi-final da Liga dos Campeões 2005-2006. Também em 2006, vinha jogando muito na Copa do Mundo com a seleção argentina, até a albiceleste cair, nas quartas de final, para a dona da casa Alemanha, nas penalidades.
Não chegou a se firmar no Barcelona por conta de atritos pessoais, mas foi fundamental na formação de nomes como Messi e Iniesta, que já falaram muitas vezes sobre como admiravam o estilo de jogo de Riquelme.

Raul


O que falar de Raúl? Foi por anos o maior artilheiro da História do Real Madrid com 323 gols e por muito tempo foi o maior artilheiro da História da Liga dos Campeões com 71 gols, até ser ultrapassado por Messi e Cristiano Ronaldo recentemente.
Raúl venceu três vezes a Liga dos Campeões, e esteve com a seleção Espanhola nas Copas de 2002 e 2006. Em 2011, ainda levou o Schalke 04 às semifinais da Champions. 

Francesco Totti


Outra lenda viva, que ainda brilha, mesmo aos 40 anos. Levou a Roma a sua última Conquista de Campeonato Italiano, na temporada 2000/01, e parece decidido a repetir o feito. Também fazia parte do time Campeão Mundial da Itália em 2006, mas machucado, não chegou a se destacar tanto o quanto poderia naquela Copa do Mundo.


Alessandro Del Piero




Outro que participou do título Mundial de 2006 da Itália. Brilhou muito também com a Juventus, e poderia tranquilamente ter vencido a Bola de Ouro um dia, por conta de sua Habilidade.


Andrea Pirlo
Já falamos de Buffon, Totti, Del Piero, e o que falar de Pirlo? Sua técnica perfeita e suas cobranças de escanteio levaram a Itália ao título da Copa de 2006 e ao vice da Euro de 2012, o Milan a dois títulos da Liga dos Campeões, e recentemente a Juventus ao tetrampeonato Italiano consecutivo. 

Poderia ter vencido a Bola de Ouro, especialmente em 2006, quando foi Campeão da Copa do Mundo, ou em 2007, quando venceu a Champions.
Javier Zanetti

Outra lenda, que se aposentou em 2014. Ninguém jogou mais do que ele na lateral-direita recentemente, e isto que ainda desempenhava várias funções em camo (foi lateral-esquerdo, meia, volante ...).
Venceu o Campeonato Italiano cinco vezes consecutivas com a Internazionale, e foi o Capitão da conquista da inesquecível Tríplice Coroa de 2010, quando a Inter faturou a Champions League, A Série A TIM e a Copa Itália.

Um PS: Não falei de nomes como Aguero, Bale e Neymar, por conta de acreditar que eles ainda podem vencer o prêmio um dia. E ainda poderia ter falado da muralha Petr Cech ou de Batistuta, um dos maiores centroavantes dos últimos anos, que deu o azar de bater de frente com outro grande nome da posição: Ronaldo. Mas era uma máquina de fazer gols...
Tecnologia do Blogger.