Bola parada decidiu um El Clásico intenso e disputado

Imagem: La Liga Santander


E terminou empatado o El Clásico no Camp Nou. O 1 a 1 pareceu justo, mas deixou os Culés com um sabor amargo, já que o Real Madrid só empatou no finalzinho, com Sergio Ramos. O Barça não esteve bem no primeiro tempo, com o conjunto em si funcionando mal, e dependendo da qualidade do MSN para levar perigo.

O coletivo do Real, em sentido contrário, funcionou muito bem. Kovacic e e Modric cortaram bem a marcação, tirando muito do raio de ação de Messi na armação. Sem espaços para criar, o argentino era obrigado a recuar muito e apostar na individualidade. Quando escapava, o Real era perigoso, e apesar do placar fechado, terminou o primeiro tempo melhor.

Na segunda etapa, os rumos da partida, só mudaram a partir dos oito minutos, quando Luis Suárez colocou o Barcelona na frente do marcador. O uruguaio balançou as redes após arrematar a bola de cabeça, desviando uma cobrança de falta de Neymar. O gol foi sentido pelo Real, que passou a pressionar mais.

Zidane mandou ao campo Casemiro, Marco Asensio e Mariano Díaz, na tentativa de chegar ao 33º jogo invicto. E conseguiu. Faltando poucos minutos para o final da partida, Sergio Ramos, o herói de tantas horas, empatou de cabeça, para manter o Real com 6 pontos de vantagem sobre o Barcelona, com 14 rodadas já disputadas nesta edição de La Liga.

Tecnologia do Blogger.