Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

O medo de perder do United superou a vontade de ganhar do Liverpool


Tivemos nesta segunda-feira, em Anfield, o aguardado clássico entre Liverpool x Manchester United, válido pela oitava rodada da Premier League 2016-2017. Considerado o maior clássico da Inglaterra, o jogo foi bastante truncado, especialmente no primeiro tempo. O Manchester United entrou em campo claramente se preocupando primeiramente em não perder, e fez bem a sua parte neste sentido.

O grande problema dos Red Devils foi não ter apresentado nem mesmo alguma saída para o contragolpe, deixando difícil para a equipe ter qualquer possibilidade de voltar para casa com os três pontos. As jogadas quase sempre saíam espichadas. Pogba e Ibrahimovic jogaram mais adiantados, e quase toda a bola retomada era lançada para que um deles disputasse pelo alto.

Se com a bola o jogo do United era direto, sem ela, o time não avançava as suas linhas. Mais  recuado, dava a bola para o rival. Mas, o primeiro tempo do Liverpool foi nervoso. Os Reds não gostam de enfrentar um adversário que não quer a bola e joga recuado. Enfrentar alguém com a iniciativa, para imprimir a sua marcação na saída de bola e as transições rápidas é o ideal para Klopp e seus comandados.

No segundo tempo, o Liverpool melhorou. Com a bola passou a ter mais as ações, especialmente após a entrada de Lallana. Empurrou o United ainda mais para o seu campo, ampliou o volume, e obrigou a defesa adversária, em especial De Gea, a intervir. Contudo, a atuação inspirada dos defensores Red Devils, impediu o placar de ser aberto.

Liverpool e Manchester United voltam a empatar em 0x0, dez anos depois do último placar fechado entre os dois. E o fazem justamente em uma rodada onde Manchester City e Tottenham tropeçaram. Os Reds podiam ser co-líderes, ao lado dos Citizens e do Arsenal, caso tivessem vencido. Marcam passo, assim como Mourinho e seus comandados, que mostraram mais uma vez consistência defensiva, característica importante para um time vencedor. Mas, é preciso mais do que isto, especialmente em uma Liga como a Premier League.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top