Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Mundial Sub-17: Resumo Final



A Coréia do Norte bateu o Japão nas penalidades, na grande final do Mundial Sub-17 feminino 2016, e tornou-se a primeira bicampeã da história da competição. As norte-coreanas não chegaram a encantar durante a competição, mas mostraram ter um bom time. Já as seleções européias tiveram um desempenho apenas regular.

Após uma primeira fase de bons jogos, duas das principais candidatas ao título acabaram eliminadas logo de cara. As seleções de Brasil e EUA deram adeus ao torneio de maneira precoce, enquanto a Venezuela acabou sendo a grande surpresa do torneio.

Nas quartas de final, a vinotinto eliminou o México, outra seleção que fez uma boa fase de grupos. Coréia do Norte, Japão e Espanha, melhor seleção da Europa no torneio, também se meteram entre as quatro, com as asiáticas se sobressaindo, e alcançando a final.

A grande decisão foi bastante apertada, com o Japão tendo mais a bola e buscando mais o gol, enquanto a  Coréia do Norte se segurava bem, e era perigosa na hora dos contragolpes. Após o empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, a decisão foi para as penalidades, que acabarm sendo cruéis com as japonesas.

Deyna Castellanos of Venezuela, Fuka Nagano of Japan and Sung Hyang Sim of Korea DPR pose with their Adidas Player of the Tournament Trophies

A meio-campista japonesa Rio Kanekatsu foi a única jogadora a errar, desperdiçando a 4ª cobrança nipônica. Kim Pom-Ui teve a incumbência de executar a cobrança final, que de o bicampeonato às norte-coreanas, que já haviam vencido o torneio pela primeira vez em 2008.
Vale destacar ainda, que na disputa do terceiro lugar, a Espanha goleou a Venezuela por 4 a 0.

Após a partida foram anunciados e entregues os prêmios individuais. A Bola de Ouro, dada à Melhor jogadora do torneio, foi para a japonesa Fuka Nagano, enquanto a Luva de Ouro, prêmio dado à Melhor Goleira, foi para a espanhola Noella Ramos. A Chuteira de Ouro, prêmio dado à Artilheira do Campeonato, foi dado à outra espanhola, a atacante Lorena Navarro.

O Mundial Sub-17 de futebol feminino será realizado novamente em dois anos. Em 2018, o Uruguai receberá a competição.


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top