Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Pique se aposenta da seleção espanhola

Não vem de hoje, as polêmicas envolvendo o zagueiro Gerard Piqué e o movimento separatista da Catalunha. Neste Domingo, o defensor anunciou que deixará de defender a Fúria depois da Copa do Mundo de 2018, onde irá encerrar um ciclo para lá de vencedor. O fato em si, não surpreende, mas amaneira como a perseguição da imprensa madrilenha contra o atleta prejudica a seleção do país, é espantosa.
A última polêmica aconteceu durante o jogo da Espanha contra a Albânia, neste domingo. Piqué cortou as mangas de sua camisa, que teria alguns detalhes nas cores da bandeira espanhola. Não demorou para que alguns jornalistas especulassem, que o recorte teria sido feito por Piqué se negar a usar a vestimenta com os supostos detalhes. O zagueiro provou após o jogo que a sua camisa não tinha os detalhes, e as mangas apenas estavam lhe atrapalhando, por isto as recortou.

Contudo, Piqué perdeu a paciência. "A Copa do Mundo da Rússia vai ser a minha última competição pela Espanha. Isto de hoje foi a última gota d'água. Esta decisão é pensada, não estou agindo de cabeça quente. Pensei bastante, mas tudo isto é cansativo, e eu estou farto. Gosto muito do projeto de Lopetegui que está em andamento, e por isso vou continuar até o mundial, mas depois deixarei a seleção", declarou  o jogador de 29 anos, que foi campeão da Copa do Mundo 2010 e da Euro 2012 com a Fúria.

Neste mesmo jogo contra a Albânia, Sergio Ramos sofreu uma lesão no joelho, e ficará parado por um mês. Suas lesões começam a preocupar. A Espanha já havia perdido Laporte, que defenderá a França, e agora ficará sem Piqué, daqui há menos de dois anos. Javi Martínez é outro que poderia ser uma boa opção para a zaga espanhola, mas também se lesiona muito, enquanto Bartra carece de maturidade.

Piqué poderia ter evitado algumas situações, mas nada apaga o fato de que ele tem sido vítima de uma perseguição e tudo o que faz, e até o que ele não faz, é apontado como ato antipatriótico. Por conta de uma bobagem, a Espanha ficará sem um dos melhores zagueiros do mundo. Um novo fracasso no Mundial da Rússia poderá gerar uma pressão enorme sobre o selecionado, que precisaria dos seus melhores atletas para encarar o ciclo que vai até o Mundial do Ctara, em 2022.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top