Confira tudo o que rolou na semana de Champions League

Champions League semana

Tivemos mais uma grande semana de Champions League, com 16 partidas nesta 3ª rodada da fase de grupos, disputada entre a terça-feira e quarta-feira. A maioria das partidas foram bastante acirradas, com apenas um ou outro time se destacando, e aplicando goleadas, como aconteceu com Real Madrid, Barcelona, Arsenal, Bayern e PSG.

Vamos conferir agora, o que rolou em todos os jogos do maio interclubes do planeta.

Grupo A - Arsenal 6x0 Ludogorets (Alexis 12’, Walcott 42’, Oxlade-Chamberlain 46’ e Özil 56’, 83’ e 87’); Paris Saint-Germain 3x0 Basel (Di María 40’, Lucas 62’ e Cavani 90+2’) 





Pelo Grupo A, o Arsenal recebeu o Ludogorets em Londres, enquanto o Paris Saint-Germain enfrentou o Basel, em Paris. Se os franceses até sofreram um pouquinho para golear os suíços por 3 a 0, os Gunners não tiveram piedade, e passaram o trator sobre o Ludogorets, com um 6 a 0. sendo três gols só de Ozil. Foi o primeiro hat-trick da carreira do mago alemão. Sanchez, Walcott e Chamberlain fizeram os demais tentos.


Grupo B - Napoli 2x3 Besiktas (Mertens 30’ e Gabbiadini 69’; Adriano 12’ e Aboubakar 38’ e 86’); Dínamo Kiev 0x2 Benfica (Salvio 9' e Cervi 55')

No grupo B, o Napoli recebeu o Besiktas no San Paolo, e foi surpreendido, sendo derrotado por 3 a 2. Os turcos abriram o placar, com um gol do brasileiro Adriano, após cruzamento de Quaresma. Os italianos empataram com meia hora de jogo, com Mertens mandando a bola para o fundo das redes, após receber assistência de Callejon.

A alegria, entretanto, durou pouco. Aboubakar aproveitou uma bola atrasada de maneira errada pela defesa para Reina, e recolocou os visitantes na frente, ainda na etapa inicial. No segundo tempo, o Napoli perdeu um pênalti com Insigne, mas chegou ao gol de empate em outra penalidade, agora com Gabbiadini cobrando. No finalzinho do jogo, Aboubakar voltou a marcar, para dar o triunfo ao time de Istambul. Com esta vitória, o Besiktas soma agora 5 pontos, um a menos que o Napoli, que segue na liderança desta chave B.

Já o Benfica foi até à Ucrânia, e venceu o Dínamo Kiev por 2 a 0, com gols argentinos de Salvio e Cervi. As águias somam 4 pontos, e estão em terceiro na chave.


Grupo C - Barcelona 4x0 Manchester City (Messi 17', 61', 69' e Neymar 90'); Celtic 0x2 Borussia Mönchengladbach (Stindl 57’ e Hahn 77’)



Barcelona e Manchester City fizeram um jogo de Xadrez no Camp Nou. A partida mais aguardada da Champions até aqui teve os dois treinadores, Luis Enrique e Pep Guardiola, mexendo muito em suas equipes. E no final, as mexidas do atual treinador do Barça surtiram mais efeito, até porquê hoje, é ele quem conta com Messi.

O argentino marcou um hat-trick, facilitando muito o caminho dos blaugranas. A partida começou equilibrada, com o City marcando pressão a saída de bola do barça, e tendo as melhores ocasiões para marcar seu gol. Mas bastou os donos da casa equilibrarem a partida para que Messi aparecesse, para abrir o placar ainda no primeiro tempo, após receber passe de Iniesta.

Na segunda etapa, o City teve o goleiro Claudio Bravo expulso, e ficou com 10 homens em campo. Logo na sequência, Messi marcou mais dois gols. O Barça ainda teve Mathieu expulso, e viu Neymar perder um pênalti sofrido por Messi. Entretanto, o brasileiro se redimiu, marcando um golaço após tabela com o gênio argentino no final do jogo, para fechar o placar.




Na Escócia, o Celtic não foi páreo para o Borussia Mönchengladbach, e perdeu por 2 a 0.



Grupo D - Bayern 4x1 PSV (Müller 13’, Kimmich 21’, Lewandowski 59’ e Robben 84’; Narsigh 41’); Rostov 0x1 Atlético (Carrasco 62’) 



No Grupo D, o Atlético de Madrid somou o seu terceiro 1 a 0 na competição, ao vencer o Rostov, fora de casa por 1 a 0, com gol de Carrasco. Já o Bayern fez 4 a 1 sobre o PSV na Allianz Arena, com gols de Müller, Kirmich, Lewandowski e Robben (Narsigh descontou para os holandeses). Assim, os Colchoneros seguem na liderança da chave, com nove pontos. O Bayern aparece em segundo, e tem seis pontos. PSV e Rostov têm um ponto cada.




Grupo E -  Bayer Leverkusen 0x0 Tottenham; CSKA Moscou 1x1 Monaco (L. Traoré 32’; Bernardo Silva 87’) 


O grupo E prometia ser o mais equilibrado desta Champions League, e está cumprindo com as expectativas. Na Rússia, CSKA e Monaco empataram em 1 a 1. Lacina Traoré abriu o placar para o time moscovita, enquanto os monegascos empataram com Bernardo Silva. Na Alemanha, Bayer Leverkusen e Tottenham empataram sem gols.

O Monaco é o líder do grupo com 5 pontos, enquanto o Tottenham tem 4, o Bayer 3, e o CSKA apenas 2 pontos. Chave bastante embolada, e onde é difícil prever alguma coisa.



Grupo F - Real Madrid 5x1 Legia Varsóvia (Bale 16’, Marcelo 20’, Asensio 37’, Lucas Vásquez 68’ e Morata 84’; Radovic 22’); Sporting 1x2 Borussia Dortmund (Bruno César 67'; Aubameyang 9' e Weigl 43')


Líderes seguem invictos






Pelo grupo F, o Real Madrid goleou o Legia Varsóvia por 5 a 1. Os merengues conseguiram abrir o placar com Bale, e viram Marcelo dobrar a vantagem. O Legia até diminuiu com Radovic cobrando pênalti, mas Asensio, Lucas Vázquez e Morata marcaram, para fechar a goleada. Boa vitória de um Real que entrou em campo para testar (Zidane colocou Danilo no lugar de Carvajal, James na vaga de Modric, Asensio também começou no time titular, e o esquema foi o 4-1-4-1, com Kroos na frente da zaga).


No outro jogo da chave, o Borussia Dortmund venceu fora de casa por 2 a 1 o Sporting, em partida bem movimentada, e cheia de chances de gols. Os aurinegros marcaram com Aubameyang e Weigl. Bruno César descontou para os portugueses. Agora, Real Madrid e Borussia Dortmund lideram o grupo com sete pontos. O Sporting tem três e o Legia ainda não soma nenhum.




Grupo G - Leicester 1x0 Copenhage (Mahrez 40’); Club Brugge 1x2 Porto (Vossen 12'; Layun 68' e André Silva 93')


Com três jogos e 100% de aproveitamento, o Leicester venceu o Copenhague por 1 a 0, com um golaço de Mahrez. O argelino balançou as redes com um toque calcanhar, aproveitando uma bela ajeitada de cabeça do seu compatriota Islimani.

Já o Porto, de virada, bateu o Brugge por 2 a 1 na Bélgica, contando com um golaço de Layun, e um tento de André Silva cobrando penalidade. Os foxes lideram esta chave G com nove pontos, enquanto Copenhague e Porto têm quatro. O Brugge ainda não somou pontos.




Grupo H - Dinamo Zagreb 0x1 Sevilla (Nasri 37’); Lyon 0x1 Juventus (Cuadrado 76’)




Pelo Grupo H, a Juventus venceu o Lyon por 1x0. A Veccia Signora dominou os franceses,jogou as linhas de marcação adversárias para trás e teve sempre a iniciativa, mesmo jogando em Lyon. O cenário foi este, durante todo o primeiro terço de jogo. Contudo, o Lionnais cresceu na segunda parte do primeiro tempo, exigindo muito da defesa bianconera. O jogo reativo da equipe da casa foi encontrando espaços, e  Buffon até pegou pênalti de Lacazette, ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, a Juventus até ficou com um homem a menos, após a expulsão de Lemina. Quando o Lyon foi para a frente, Buffon fechou o gol, e não deixou sua meta ser vazada. Aos poucos e com as alterações de Allegri, a Juve foi se reencontrando na partida, e começou a encaixar alguns ataques.

No finalzinho do jogo, Cuadrado marcou para a Juventus, em uma escapada rápida. Bastou que Buffon e a boa estrutura defensiva italiana segurassem nos minutos finais, para a equipe garantir a vitória.

No outro jogo do grupo, o Sevilla venceu o Dínamo Zagreb por 1 a 0 na Croácia, com um gol do francês Samir Nasri, após um cruzamento à meia altura de Mariano. Assim, Juventus e Sevilla dividem a ponta com sete pontos, enquanto o Lyon soma três e o Dínamo ainda aparece zerado.


No final das contas, esta foi a seleção da 3° rodada no Fantasy da Champions League:



Lionel Messi, foi eleito o craque.

A UEFA Champions League terá agora, uma pausa de 15 dias, retornando nos dias 1º e 2 de novembro.


Imagem em destaque: montagem própria com fotos postadas no Twitter.
Tecnologia do Blogger.