Últimas notícias

Últimas notícias

Grandes Times

Rivalidades

História

Champions League semana

Tivemos mais uma grande semana de Champions League, com 16 partidas nesta 3ª rodada da fase de grupos, disputada entre a terça-feira e quarta-feira. A maioria das partidas foram bastante acirradas, com apenas um ou outro time se destacando, e aplicando goleadas, como aconteceu com Real Madrid, Barcelona, Arsenal, Bayern e PSG.

Vamos conferir agora, o que rolou em todos os jogos do maio interclubes do planeta.

Grupo A - Arsenal 6x0 Ludogorets (Alexis 12’, Walcott 42’, Oxlade-Chamberlain 46’ e Özil 56’, 83’ e 87’); Paris Saint-Germain 3x0 Basel (Di María 40’, Lucas 62’ e Cavani 90+2’) 





Pelo Grupo A, o Arsenal recebeu o Ludogorets em Londres, enquanto o Paris Saint-Germain enfrentou o Basel, em Paris. Se os franceses até sofreram um pouquinho para golear os suíços por 3 a 0, os Gunners não tiveram piedade, e passaram o trator sobre o Ludogorets, com um 6 a 0. sendo três gols só de Ozil. Foi o primeiro hat-trick da carreira do mago alemão. Sanchez, Walcott e Chamberlain fizeram os demais tentos.


Grupo B - Napoli 2x3 Besiktas (Mertens 30’ e Gabbiadini 69’; Adriano 12’ e Aboubakar 38’ e 86’); Dínamo Kiev 0x2 Benfica (Salvio 9' e Cervi 55')

No grupo B, o Napoli recebeu o Besiktas no San Paolo, e foi surpreendido, sendo derrotado por 3 a 2. Os turcos abriram o placar, com um gol do brasileiro Adriano, após cruzamento de Quaresma. Os italianos empataram com meia hora de jogo, com Mertens mandando a bola para o fundo das redes, após receber assistência de Callejon.

A alegria, entretanto, durou pouco. Aboubakar aproveitou uma bola atrasada de maneira errada pela defesa para Reina, e recolocou os visitantes na frente, ainda na etapa inicial. No segundo tempo, o Napoli perdeu um pênalti com Insigne, mas chegou ao gol de empate em outra penalidade, agora com Gabbiadini cobrando. No finalzinho do jogo, Aboubakar voltou a marcar, para dar o triunfo ao time de Istambul. Com esta vitória, o Besiktas soma agora 5 pontos, um a menos que o Napoli, que segue na liderança desta chave B.

Já o Benfica foi até à Ucrânia, e venceu o Dínamo Kiev por 2 a 0, com gols argentinos de Salvio e Cervi. As águias somam 4 pontos, e estão em terceiro na chave.


Grupo C - Barcelona 4x0 Manchester City (Messi 17', 61', 69' e Neymar 90'); Celtic 0x2 Borussia Mönchengladbach (Stindl 57’ e Hahn 77’)



Barcelona e Manchester City fizeram um jogo de Xadrez no Camp Nou. A partida mais aguardada da Champions até aqui teve os dois treinadores, Luis Enrique e Pep Guardiola, mexendo muito em suas equipes. E no final, as mexidas do atual treinador do Barça surtiram mais efeito, até porquê hoje, é ele quem conta com Messi.

O argentino marcou um hat-trick, facilitando muito o caminho dos blaugranas. A partida começou equilibrada, com o City marcando pressão a saída de bola do barça, e tendo as melhores ocasiões para marcar seu gol. Mas bastou os donos da casa equilibrarem a partida para que Messi aparecesse, para abrir o placar ainda no primeiro tempo, após receber passe de Iniesta.

Na segunda etapa, o City teve o goleiro Claudio Bravo expulso, e ficou com 10 homens em campo. Logo na sequência, Messi marcou mais dois gols. O Barça ainda teve Mathieu expulso, e viu Neymar perder um pênalti sofrido por Messi. Entretanto, o brasileiro se redimiu, marcando um golaço após tabela com o gênio argentino no final do jogo, para fechar o placar.




Na Escócia, o Celtic não foi páreo para o Borussia Mönchengladbach, e perdeu por 2 a 0.



Grupo D - Bayern 4x1 PSV (Müller 13’, Kimmich 21’, Lewandowski 59’ e Robben 84’; Narsigh 41’); Rostov 0x1 Atlético (Carrasco 62’) 



No Grupo D, o Atlético de Madrid somou o seu terceiro 1 a 0 na competição, ao vencer o Rostov, fora de casa por 1 a 0, com gol de Carrasco. Já o Bayern fez 4 a 1 sobre o PSV na Allianz Arena, com gols de Müller, Kirmich, Lewandowski e Robben (Narsigh descontou para os holandeses). Assim, os Colchoneros seguem na liderança da chave, com nove pontos. O Bayern aparece em segundo, e tem seis pontos. PSV e Rostov têm um ponto cada.




Grupo E -  Bayer Leverkusen 0x0 Tottenham; CSKA Moscou 1x1 Monaco (L. Traoré 32’; Bernardo Silva 87’) 


O grupo E prometia ser o mais equilibrado desta Champions League, e está cumprindo com as expectativas. Na Rússia, CSKA e Monaco empataram em 1 a 1. Lacina Traoré abriu o placar para o time moscovita, enquanto os monegascos empataram com Bernardo Silva. Na Alemanha, Bayer Leverkusen e Tottenham empataram sem gols.

O Monaco é o líder do grupo com 5 pontos, enquanto o Tottenham tem 4, o Bayer 3, e o CSKA apenas 2 pontos. Chave bastante embolada, e onde é difícil prever alguma coisa.



Grupo F - Real Madrid 5x1 Legia Varsóvia (Bale 16’, Marcelo 20’, Asensio 37’, Lucas Vásquez 68’ e Morata 84’; Radovic 22’); Sporting 1x2 Borussia Dortmund (Bruno César 67'; Aubameyang 9' e Weigl 43')


Líderes seguem invictos






Pelo grupo F, o Real Madrid goleou o Legia Varsóvia por 5 a 1. Os merengues conseguiram abrir o placar com Bale, e viram Marcelo dobrar a vantagem. O Legia até diminuiu com Radovic cobrando pênalti, mas Asensio, Lucas Vázquez e Morata marcaram, para fechar a goleada. Boa vitória de um Real que entrou em campo para testar (Zidane colocou Danilo no lugar de Carvajal, James na vaga de Modric, Asensio também começou no time titular, e o esquema foi o 4-1-4-1, com Kroos na frente da zaga).


No outro jogo da chave, o Borussia Dortmund venceu fora de casa por 2 a 1 o Sporting, em partida bem movimentada, e cheia de chances de gols. Os aurinegros marcaram com Aubameyang e Weigl. Bruno César descontou para os portugueses. Agora, Real Madrid e Borussia Dortmund lideram o grupo com sete pontos. O Sporting tem três e o Legia ainda não soma nenhum.




Grupo G - Leicester 1x0 Copenhage (Mahrez 40’); Club Brugge 1x2 Porto (Vossen 12'; Layun 68' e André Silva 93')


Com três jogos e 100% de aproveitamento, o Leicester venceu o Copenhague por 1 a 0, com um golaço de Mahrez. O argelino balançou as redes com um toque calcanhar, aproveitando uma bela ajeitada de cabeça do seu compatriota Islimani.

Já o Porto, de virada, bateu o Brugge por 2 a 1 na Bélgica, contando com um golaço de Layun, e um tento de André Silva cobrando penalidade. Os foxes lideram esta chave G com nove pontos, enquanto Copenhague e Porto têm quatro. O Brugge ainda não somou pontos.




Grupo H - Dinamo Zagreb 0x1 Sevilla (Nasri 37’); Lyon 0x1 Juventus (Cuadrado 76’)



Resultado de imagem para Buffon

Pelo Grupo H, a Juventus venceu o Lyon por 1x0. A Veccia Signora dominou os franceses,jogou as linhas de marcação adversárias para trás e teve sempre a iniciativa, mesmo jogando em Lyon. O cenário foi este, durante todo o primeiro terço de jogo. Contudo, o Lionnais cresceu na segunda parte do primeiro tempo, exigindo muito da defesa bianconera. O jogo reativo da equipe da casa foi encontrando espaços, e  Buffon até pegou pênalti de Lacazette, ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, a Juventus até ficou com um homem a menos, após a expulsão de Lemina. Quando o Lyon foi para a frente, Buffon fechou o gol, e não deixou sua meta ser vazada. Aos poucos e com as alterações de Allegri, a Juve foi se reencontrando na partida, e começou a encaixar alguns ataques.

No finalzinho do jogo, Cuadrado marcou para a Juventus, em uma escapada rápida. Bastou que Buffon e a boa estrutura defensiva italiana segurassem nos minutos finais, para a equipe garantir a vitória.

No outro jogo do grupo, o Sevilla venceu o Dínamo Zagreb por 1 a 0 na Croácia, com um gol do francês Samir Nasri, após um cruzamento à meia altura de Mariano. Assim, Juventus e Sevilla dividem a ponta com sete pontos, enquanto o Lyon soma três e o Dínamo ainda aparece zerado.


No final das contas, esta foi a seleção da 3° rodada no Fantasy da Champions League:



Lionel Messi, foi eleito o craque.

A UEFA Champions League terá agora, uma pausa de 15 dias, retornando nos dias 1º e 2 de novembro.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top