Últimas notícias

Últimas notícias

Grandes Times

Rivalidades

História



A Liga dos Campeões é hoje o maior torneio interclubes do mundo, e o seu artilheiro é quase sempre um grande candidato à Bola de Ouro, prêmio dado para o melhor jogador de futebol do mundo, ao final de cada ano. Não a toa, os dois maiores vencedores da honraria individual máxima do futebol mundial, também são os dois jogadores que mais vezes já foram artilheiros da Champions.

Lionel Messi foi artilheiro da Liga dos Campeões nas temporadas 2008/09, 2009/10, 2010/11, 2011/12, e 2014/15, enquanto Cristiano Ronaldo foi o goleador do maior torneio da Europa nas temporadas 2007/08, 2012/13, 2013/14, 2014/15 e 2015/16. A lenda alemã Gerd Müller liderou a tabela de artilheiros da maior competição do futebole europeu quatro vezes, o faznedo nas temporadas 1972/73, 1973/74, 1974/75 e 1976/77.

Como curiosidade, na temporada 1987/88, seis atletas dividiram a artilharia da competição com quatro gols, sendo eles o português Rui Águas, o francês Jean-Marc Ferreri, o escocês Ally McCoist, o espanhol Míchel, o romeno Gheorghe Hagi e o argelino Rabah Madjer.


Confira abaixo todos os artilheiros da história da Liga dos Campeões:


1955/56: Milos Milutinovic, (Partizan Belgado) – 8 gols

1956/57: Denis Viollet, (Manchester United) – 9 gols

1957/58: Alfredo Di Stéfano (Real Madrid) – 10 gols

1958/59: Just Fontaine, (Stade Reims) – 10 gols

1959/60: Ferenc Puskás (Real Madrid) – 12 gols

1960/61: José Águas (Benfica) – 11 gols

1961/62: Heinz Strehl (Nuremberg) – 8 gols

1962/63: Heinz Altafini (Milan) – 14 gols

1963/64: Vladica Kovacevic (Partizan Belgrado), Sandro Mazzola (Internazionale) e Ferenc Puskás (Real Madrid) – 7 gols

1964/65: Eusébio/José Torres (Benfica) – 9 gols

1965/66: Eusébio (Benfica) e Flórián Albert (Ferencváos) – 7 gols

1966/67: Paul van Himst (Anderlecht) e Jürgen Piepenburg (Vorwärts Berlim) – 6 gols

1967/68: Eusébio (Benfica) – 6 gols

1968/69: Denis Law (Manchester United) – 9 gols

1969/70: Mick Jones (Leeds United) e Ove Kindvall (Feyenoord) – 8 gols

1970/71: Antonis Antoniadis (Panathinaikos) – 10 gols

1971/72: Johan Cruijff (Ajax), Antal Dunai (Újpest), Lou Macari (Celtic) e Silvester Takac (Standard Liège) – 5 gols

1972/73: Gerd Müller (Bayer de Munique) – 12 gols

1973/74: Gerd Müller (Bayer de Munique) – 8 gols

1974/75: Gerd Müller (Bayer de Munique) e Edoward Markarov (Ararat Erevan) – 5 gols

1975/76: Jupp Heynckes (Borussia Monchengladbach) – 6 gols

1976/77: Gerd Müller (Bayer de Munique) e Franco Cucionatta – 5 gols

1977/78: Allan Simonsen (Borussia Monchengladbach) – 5 gols

1978/79: Claudio Sulser (Grasshopper) – 11 gols

1979/80: Soren Lerby (Ajax) – 10 gols

1980/81: Karl-Heinz Rummenigge (Bayern de Munique), Terry McDermott (Liverpool) e Graeme Souness (Liverpool) – 6 gols

1981/82: Dieter Hoeneß (Bayern de Munique) – 7 gols

1982/83: Paolo Rossi (Juventus) – 6 gols

1983/84: Viktor Sokol (Dínamo Minsk) – 6 gols

1984/85: Michel Platini (Juventus) e Torbjörn Nilsson (Göteborg) – 7 gols

1985/86: Torbjörn Nilsson (Göteborg) – 6 gols

1986/87: Borislav Cvetkovic (Estrela Vermelha) – 7 gols

1987/88: Rui Águas (Benfica), Jean-Marc Ferreri (Bordeaux), Ally McCoist (Glasgow Rangers), Míchel (Real Madrid), Gheorghe Hagi (Steaua Bucareste) e Rabah Madjer (Porto) – 4 gols

1988/89: Marco van Basten (Milan) – 10 gols

1989/90: Jean Pierre Papin (Olympique de Marselha) e Romário (PSV) – 6 gols

1990/91:Jean Pierre Papin (Olympique de Marselha) e Peter Pacult (Tirol Innsbruck) – 6 gols

1991/92: Jean Pierre Papin (Olympique de Marselha) e Serhiy Yuran (Benfica) – 7 gols

1992/93: Romário (PSV) – 7 gols

1993/94: Ronald Koeman (Barcelona) e Wynton Ruffer (Werder Bremen) – 8 gols

1994/95: George Weah (PSG) – 8 gols

1995/96: Jari Litmanen (Ajax) – 9 gols

1996/97: Ally McCoist (Glasgow Rangers) – 6 gols

1997/98: Alessandro Del Piero (Juventus) – 10 gols

1998/99: Andriy Shevchenko (Dínamo Kiev) e Dwight Yorke (Manchester United) – 8 gols

1999/00: Rivaldo (Barcelona), Jardel (Porto), Raúl (Real Madrid) e Serhiv Rebrov) – 10 gols

2000/01: Jardel (Galatasaray) e Raúl (Real Madrid) – 7 gols

2001/02: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 10 gols

2002/03: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 12 gols

2003/04: Fernando Morientes (Mônaco) – 8 gols

2004/05: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 8 gols

2005/06: Andriy Shevchenko (Milan) – 9 gols

2006/07: Kaká (Milan) – 10 gols

2007/08: Cristiano Ronaldo (Manchester United) – 8 gols

2008/09: Lionel Messi (Barcelona) – 9 gols

2009/10: Lionel Messi (Barcelona) – 8 gols

2010/11: Lionel Messi (Barcelona) – 12 gols

2011/12: Lionel Messi (Barcelona) – 14 gols

2012/13: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 12 gols

2013/14: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 17 gols

2014/15: Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Lionel Messi (Barcelona) e Neymar (Barcelona) – 10 gols

2015/16: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 16 gols.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top