Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Miniguia das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo 2018


Estão começando as eliminatórias européias para a Copa do Mundo 2018. Um total de 54 seleções iniciam a luta por 13 vagas. Apenas a Rússia, país-sede, já está garantida no Mundial do esporte mais popular do planeta.


Os 54 países que brigam por vagas na Copa foram divididos em nove grupos. Os campeões de cada grupo garantem vaga automática para a Copa, enquanto os oito melhores segundos colocados disputam uma repescagem em mata-mata, para ver quem fica com as quatro vagas restantes.


Confira abaixo um miniguia destas Eliminatórias Europeias, para você ficar por dentro da disputa.


Grupo A

Integrantes: Holanda, França, Suécia, Bulgária, Bielorrússia, Luxemburgo

A favorita: França
Corre por fora: Holanda

O grupo A  pode ser considerado o grupo da morte destas eliminatórias europeias. Atual vice-campeã da Europa, a França é a grande favorita da chave, que ainda tem a Holanda correndo sério risco de ficar de fora do segundo grande torneio consecutivo. Suécia, Bulgária e Bielorrússia tem boas condições de disputar, especialmente a segunda colocação com os holandeses. Já Luxemburgo, deverá ser a lanterna da chave.



Grupo B

Integrantes: Portugal, Suíça, Hungria, Ilhas Faroé, Letônia, Andorra

A favorita: Portugal
Corre por fora: Suíça


Atual campeã da Europa, a seleção Portuguesa deve se classificar para mais uma Copa do Mundo, talvez até com mais tranquilidade do que nas edições recentes. Na teoria, Suíça e Hungria devem disputar a segunda colocação, e tentar incomodar os lusitanos. Se os suíços levam uma ligeira vantagem sobre os húngaros, Ilhas Faroé, Letônia e Andorra devem ser apenas coadjuvantes,



Grupo C

Integrantes: Alemanha, República Tcheca, Irlanda do Norte, Noruega, Azerbaijão, San Marino

A favorita: Alemanha
Corre por fora: República Tcheca


Atual campeã mundial, a Alemanha é a grande favorita desta chave C, tendo tudo para disputar a terceira Copa seguida sob as ordens de Joachim Löw. A base campeã em 2014, com nomes como Manuel Neuer, Sami Khedira, Mesut Özil, Mats Hummels e Thomas Müller segue forte na equipe, e novos talentos, como Draxler e Sané vão aos poucos sendo incluídos, fortalecendo ainda mais o time a ser batido em nível de seleções no momento.

Prestes a completar 12 anos sem disputar uma Copa do Mundo, a República Tcheca não contará mais com nomes importantes, como Petr Cech, Jaroslav Plasil, David Limbersky, Roman Hubník e David Lafata, mas ainda tem alguma condição de disputar com Irlanda do Norte e  Noruega a segunda colocação do grupo. O Azerbaijão buscará seguir se desenvolvendo, enquanto San Marino, uma das piores, se não a pior seleção da Europa, será um mero coadjuvante.


Grupo D

Integrantes: País de Gales, Áustria, Sérvia, Irlanda, Moldávia, Geórgia

A favorita: País de Gales
Corre por fora: Áustria


Semifinalista da última Eurocopa, o País de Gales tenta voltar a disputar uma copa do Mundo, algo que não acontece desde 1958. A geração de Bale, Ramsey e Allen tem uma chave onde parece a principal seleção, mas terá bons adversários: Áustria, Sérvia e Irlanda, três seleções irregulares, mas que geralmente trapalham bem em seus melhores momentos.

Moldávia e Geórgia não devem fazer muita coisa no grupo.



Grupo E

Integrantes: Romênia, Dinamarca, Polônia, Montenegro, Armênia, Cazaquistão

A favorita: Polônia
Corre por fora: Romênia

O grupo E é outro muito equilibrado. A Polônia de Lewandowski é a favorita, mas Dinamarca, Romênia, Montenegro, e até mesmo Armênia e Cazaquistão tem condições de chegar ao mundial.



Grupo F

Integrantes: Inglaterra, Eslováquia, Escócia, Eslovênia, Lituânia, Malta

A favorita: Inglaterra
Corre por fora: Eslováquia

A Inglaterra mais uma vez deverá se classificar sem problemas para uma Copa do Mundo. O time de Sam Allardyce não deve ter problemas para garantir a primeira colocação neste grupo, mesmo que tenha tudo para não ir muito longe na Rússia daqui há dois anos.


A Eslováquia de Hamsik aparece como principal candidata à segunda vaga, mas Escócia e Eslovênia não estão muito atrás.



Grupo G

Integrantes: Espanha, Itália, Albânia, Israel, Macedônia, Liechtenstein

A favorita: Espanha
Corre por fora: Itália


Mais uma vez Espanha e Itália tem seus caminhos cruzando a mesma direção. Ninguém imagina que


Albânia, Israel, Macedônia e Liechtenstein devem ser apenas coadjuvantes.




Grupo H

Integrantes: Bélgica, Bósnia, Grécia, Estônia, Chipre e Gibraltar


A favorita:  Bélgica
Corre por fora: Bósnia


A  Bélgica tem tudo para voltar a disputar a Copa do Mundo, como o fez em 2014. Bósnia e Grécia devem lutar pela segunda posição, com as demais seleções sendo apenas figurantes.



Grupo I

Integrantes: Croácia, Islândia, Ucrânia, Turquia, Finlândia e Kosovo

A favorita: Croácia
Corre por fora: Islândia

Mesmo sem Srna, a Croácia ainda conta com uma boa base liderada por Modric e Rakitic, e vê jogadores como Marko Rog, Ante Ćorić e Marko Pjaca evoluindo cada vez mais. Deve se classificar para a Copa, com a primeira colocação.

Sensação da última Euro, a Islândia é a favorita para o segundo lugar, mas Ucrânia, Turquia, e até mesmo Finlândia e Kosovo não podem ser absolutamente descartados, embora não devam ser protagonistas.


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top