Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Conheça Aleksander Čeferin, o novo presidente da UEFA


Chama a atenção, a ascensão de Aleksander Čeferin no cenário político do Futebol Europeu. Após se tornar presidente da federação eslovena de futebol em 2011, Čeferin foi eleito o novo presidente da UEFA nesta quarta-feira, em Congresso Extraordinário da entidade, realizado em Atenas.


O esloveno recebeu 42 votos, enquanto o holandês Michael van Praag, o outro candidato, recebeu apenas 13 votos. Advogado de 48 anos, Aleksander Čeferin vai presidir a entidade máxima do futebol europeu pelos próximos dois anos e meio, completando o mandato de Michel Platini, suspenso em Dezembro, após supostas irregularidades.


A principal missão do dirigente esloveno será recuperar a credibilidade da entidade máxima do futebol europeu, e agradar clubes grandes, médios e pequenos, que buscam de diferentes maneiras o seu espaço no cenário internacional. 


Čeferin é advogado, formado em Direito pela Universidade de Ljubljana. Começou a trabalhar em um escritório da família, e logo começou a tratar de casos de jogadores e clubes. Assim, entrou para o mundo da bola, e em 2005, começou a trabalhar no conselho executivo do KMN Svea Lesna Litija, clube de futsal do seu país. Ainda em 2011, ele foi eleito presidente da Federação Eslovena de Futebol, e posteriormente, trabalhou como 2º e 3º vice-presidente do Comitê Jurídico da UEFA.


A não eleição de Van Praag, dirigente de 68 anos bem mais famoso e experiente, indica que a UEFA  queria alguém jovem e com uma imagem positiva. A família Čeferin ficou conhecida por defender os direitos humanos em seu país, e nunca teve o seu nome envolvido em casos de corrupção. Apesar de a UEFA não estar envolvida diretamente no escândalo de corrupção da FIFA, o seu ex-presidente Michel Platini, foi afastado do futebol por corrupção, prejudicando bastante a imagem da entidade e gerando suspeitas sobre diversos casos.


Aleksander Čeferin se tornou o sétimo presidente da UEFA,fundada em 1954. Os outros seis mandatários máximos foram Ebbe Schwartz (Dinamarca), Gustav Wiederkehr (Suíça), Artemio Franchi (Itália), Jacques Georges (França), Lennart Johansson (Suécia) e Michel Platini (França).

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top