Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Bayern foi campeão da Copa da UEFA 1995/96, com um dos melhores times de sua história


Um dos maiores clubes do futebol alemão e europeu, o Bayern de Munique hoje entra em todas as edições da UEFA Champions League, como um favorito ao título. Nos anos de 1990, entretanto, a grande conquista do clube bávaro foi a Copa da UEFA 1995/96. Em uma época onde apenas os campeões nacionais participavam da Uefa Champions League, a competição, hoje com o nome de Liga Europa, tinha um nível técnico altíssimo, e diversas camisas pesadas. Com craques como Klinsmann, Matthäus e Oliver Khan, o Gigante da Baviera levantou a inesquecível taça, se tornando o primeiro, e até hoje único clube alemão a conquistar as três principais Copas da UEFA para clubes: Recopa, Copa dos Campeões e Copa da UEFA.


Resultado de imagem para Copa da UEFA 1995/96

A taça se tornou ainda mais importante, pelo momento. O Borussia Dortmund já contava com um elenco muito forte, e passou a dominar a Bundesliga. Relegado à Copa da UEFA, o Bayern do técnico Otto Rehhangel soube fazer do limão uma limonada, e entrou com tudo para conquistar a competição. Logo na estréia, um susto: derrota para o Lokomotiv Moscou na Rússia, por 1x0. A competição era de mata-mata, e o Bayern precisaria ganhar na Alemanha. E o fez, com um contundente 5x0. Na ettapa seguinte, vitórias por 2x0 e 2x1 sobre o Raith Rovers da Escócia, levaram o clube para as Oitavas de final, onde eliminou o Benfica com ainda mais facilidade, vencendo por 4x1 na Allianz Arena, e 3x1 no Estádio da Luz.


Nas quartas de final, o Bayern encarou o Nottinghan Forest, não tão forte quanto na época do bieuropeu, mas ainda um adversário de respeito. Na ida, em Munique, a vitória por 2x1 do Bayern até foi apertada, mas a goleada de 5x1 na Inglaterra sacramentou a classificação com calma, e um 7x2 no agregado.


O adversário das semifinais seria o Barcelona, de Johan Cruyff, que tinha no elenco nomes como Luís Figo, Gheorghe Hagi e Pep Guardiola. O empate de 2x2 em Munique foi um jogaço, e parecia encaminhar as coisas para o time Catalão. Mas só parecia.


Na volta, no Camp Nou, o Bayern venceu por 2x1, com gols de Babbel e Jean Pierre Papin. Nem mesmo o desconto do Barça, com De La Peña no finalzinho, impediu o Bayern de alcançar a sua primeira final de Copa da UEFA, que por si só, já era histórica.



Na decisão, disputada em dois jogos, o Bayern iria encarar o Bordeaux, que contava em seu elenco com Zinedine Zidane, Dugarry, Bixente Lizarazu e vários outros jogadores de respeito. Os franceses haviam eliminado os thecos do Slavia Praga na semifinal, e o Milan nas quartas.



O jogo da ida aconteceu em Munique. Dias antes, o Bayern havia demitido o técnico Otto Rehhagel, com o ídolo Franz Beckenbauer, então diretor esportivo da equipe, assumindo o cargo de comandante da equipe interinamente. Mesmo assim, a partida
teve vitória do Bayern por 2x0, com gols de  Helmer e Scholl.

A partida da volta aconteceu na França, no Estádio Chaban-Delmas. Em jogo muito pegado, Mehmet Scholl e Kostadinov, chegaram a abrir 2x0 para o Bayern no começo do segundo tempo. Dutuel chegou a descontar para o time da casa, mas Klinsmann fez o terceiro tento do Bayern no finalzinho, para sacramentar a vitória e garantir mais uma taça para o Gigante da Baviera.

Resultado de imagem para Copa da UEFA 1995/96


Bordeaux 1 x 3 Bayern de Munique (placar agregado: 5×1)


Escalações:

Bordeaux: Huard; Bancarel, Fris-Hansen, Dogon, Lizarazu (Anselin); Croci (Dutuel), Lucas (Grenet), Zidane, Witschge; Tholot, Dugarry. Técnico: Gernot Rohr

Bayern: Kahn; Strunz, Babbel, Matthäus, Helmer, Ziege; Frey (Zickler), Sforza, Scholl; Kostadinov (Witeczek), Klinsmann. Técnico: Franz Beckenbauer

Árbitro: Vadim Zhuk(Bielorússia)

Local: Stade Chaban-Delmas, Bordeaux- França


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top