Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

UEFA divulga os três finalistas do prêmio de melhor jogador da Europa


UEFA divulga os três finalistas do prêmio de melhor jogador da Europa na temporada 2015-2016


A Uefa divulgou nesta sexta-feira, os três finalistas do prêmio de melhor jogador da Europa na temporada 2015-16. E deu óbvio. Referências dos finalistas da Champions League e das três seleções melhores colocadas na Euro 2016, Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Gareth Bale (Real Madrid) e Antoine Griezmann (Atlético de Madri) ocuparam o pódio, e irão disputar a honraria final. O vencedor será conhecido no dia 25 de agosto, na mesma cerimônia do sorteio da fase de grupos da Champions League 2016-2017.





Vale ressaltar, que mais do que um prêmio de melhor jogador da temporada européia, esta é uma decisão que envolve, e muito as competições da UEFA. A Europa League, e especialmente a UEFA Champions League e a Euro, nos anos em que acontece, tem um peso imenso. Pouco adianta aqui o que Messi, Neymar e Suárez fizeram nos Jogos do Campeonato espanhol, pois acabaram sucumbindo diante do Atlético de Madrid nas quartas de final da UCL. Mais do que isto, nenhum dos três integrava uma seleção da Euro, que está muito "fresca" na cabeça de quem vota. Se estes critérios são justos ou não, cabe a cada um analisar.

E não é novidade para ninguém, que Cristiano Ronaldo é o favorito. Campeão da Champions League com o Real Madrid e da Eurocopa com Portugal, ele também foi o artilheiro da UEFA Champions League com 16 gols, e o vice-artilheiro do Campeonato Espanhol. No total, marcou 54 gols e deu 17 assistências em 54 jogos durante toda a temporada 2015/2016. Não foi a sua época mais brilhante, mas provavelmente a de maior maturidade.


Antonie Griezmann poderia ser uma escolha quase certa, se não tivesse fracassado na final da Champions com o Atlético de Madrid, e na final da Euro com a França. Artilheiro da Euro com seis gols, ele foi também o melhor jogador da competição, eleito pela UEFA. Porém, o desempenho apagado nas decisões deverá pesar negativamente na escolha.


Por último, Bale parece hoje o azarão, embora tenha jogado demais. Possivelmente, ele foi o jogador mais decisivo para o Real Madrid na temporada passada. A equipe vinha em uma baixa enorme, e só se recuperou de fato após a chegada de Zidane ao comando técnico, e a volta de Bale após um período lesionado. Além de decisivo na Champions, Bale ainda conduziu o seu País de Gales a uma histórica semifinal de Euro, atuando bem em todos os jogos, e não se omitindo em momento algum. Porém, seu brilho no Real acaba sendo sempre ofuscado pela estrela de Cristiano Ronaldo, e a sua pátria galesa deu adeus à Euro justamente eliminado por Portugal, do mesmo CR7.


O prêmio de melhor jogador da Europa pouco vale na hora da escolha da Bola de Ouro. Em 2014 e 2015, Cristiano Ronaldo e Messi acabaram ganhando as duas premiações, algo que não aconteceu com Iniesta (2012) e Ribery (2013), quando foram eleitos MVPs do futebol do Velho Continente.




«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top