Guia da Premier League 2016/17

Guia da Premier League 2016/17

Guia da Premier League 2016/17



E está começando a temporada 2016/17 da Premier League, a mais aguardada de todos os tempos. As chegadas de José Mourinho, Pep Guardiola e Antonio Conte trazem enormes expectativas, assim como outras histórias que cercam o campeonato. Como se sairá o Leicester na temporada em que defende o título? O Tottenham e o Arsenal irão conseguir sair do quase? Esta temporada será a da retomada de Liverpool e Everton? Como irá se sair o West Ham no Estádio olímpico? Questões que começarão a ser respondidas com o decorrer da temporada.



Esta é a primeira temporada da Premier League com o novo contrato de TV em validade. Com ele, o mercado ficou completamente inflacionado. As equipes se reforçaram, e diversos jogadores, como Pogba, Ibrahimovic e Gündogan chegaram à Liga, e outros como Kanté e Mané trocaram de clubes.

Vamos conferir agora o perfil das 20 equipes, que nós dividimos em três blocos. No primeiro, os clubes que brigam pelo título e as vagas na Champions League; no segundo, os clubes que não deverão correr risco de cair, mas que precisarão de sorte para beliscar uma vaga na Liga Europa; e por último, as equipes que tentarão não voltar para a Championship.


Para quem tem conhecimento do idioma inglês, eu também recomendo esta leitura aqui do site whoscored.com, que complemente bem o material que produzimos.


Brigão pela Taça e as vagas na Champions 


Arsenal




O Arsenal não é campeão da Premier League desde 2003/04, quando conquistou a competição de maneira invicta. Desde então, o clube sempre conseguiu terminar no Top-4 do torneio, mas de certa forma, não tem conseguido brigar diretamente pelo título.

Leicester



Muito se espera do Leicester de Claudio Ranieri nesta temporada. Os foxes defendem o título de campeão da Premier League, após terem espantado o mundo na última temporada, e agora a missão é se manter no topo. Na prática, o elenco perdeu apenas Kanté para o Chelsea, mas manteve Vardy e Mahrez, além de ter se reforçado muito bem.
O Leicester hoje conta com um elenco melhor do que o da temporada passada. Contratou o bom atacante Ahmed Musa, o volante Nampalys Mendy, de ótimo desempenho no Nice na temporada passada, a grande promessa Bartosz Kaputska, o bom goleiro Ron-Robert Zieler, e o zagueiro  Luis Hernández.
Exigir mais um título do Leicester seria crueldade, mas a equipe pode sim lutar pelo topo, e quem sabe até ficar com a taça. Não apontar o clube na briga pelo título, uma temporada depois de ser campeão e com um elenco reforçado, não teria lógica.

Manchester City


Nada gera mais expectativa nesta Premier League, do que o trabalho de Pep Guardiola no Manchester City. O treinador que revolucionou o futebol moderno chega à Premier League tentando adaptar o seu estilo ao da melhor Liga do mundo. Ainda não dá para saber exatamente qual será o resultado desta mistura, mas ela deverá ser espetacular.
Nesta janela, o Manchester já contratou o volante Gündogan, o zagueiro Stones, e os meia-atacantes Sané, Nolito, Zinchenko, Gabriel Jesus e Marlos Moreno (os últimos dois não se juntam ainda nesta janela de verão ao elenco). As jovens contratações se juntam a uma boa base, que conta com nomes como Zabaleta, Otamendi, Kompany, Fernandinho, De Bruyne, Silva e Aguero. 

Um grande elenco, que se não for afetado por lesões (algo que tem perseguido tanto o City, quanto Guardiola nas últimas temporadas), irá brigar pelos quatro títulos que disputa na temporada.

Manchester United



Depois de uma temporada 2015/16 decepcionante, o Manchester United foi ao mercado, e agora comandado por José Mourinho, se destacou na janela. Por conta da presença do Special One, o peso da camisa, e especialmente, o poderio financeiro, os Red Devils, mesmo sem disputar a Champions League e a Europa League,  conseguiram contratar vários reforços de ponta. A qualidade que Mourinho terá em mãos após as chegadas de Baily, Mikhitaryan, Ibrahimovic e Pogba é enorme. Grande também, será a expectativa em Carrington.

José Mourinho conhece a Premier League como pouco. Prova disto, é que foi preciso nas contratações, apesar de ter gasto muito. A chegada de Baily preenche uma lacuna importante, já que enfim Smalling terá um bom parceiro de zaga. Mkhitaryan dará a Rooney a condição de poder voltar a jogar mais pero do gol, e os dois, ao lado do cracaço Ibrahimovic e do jovem Martial, devem formar um quarteto de ataque fantástico. 


Mas atrás, Pogba terá a missão de ser o centro do time. Mourinho transformou o francês no jogador mais caro da história, porque sabia que precisava de alguém com as suas características no time. Lampard foi o grande destaque do primeiro Chelsea de Mourinho, e Fábregas do segundo. Ozil foi peça-chave no Real Madrid, e Sneijer na Internazionale. O armador central acaba sendo o coração de qualquer equipe, e nos times de Mourinho, ele ganha mais importância ainda. A pressão sobre Pogba, será tão grande quanto o dinheiro pago por ele, mas também é verdade, que o seu talento, e a capacidade de dominar o meio-campo, tem uma dimensão enorme.

O United não tem competições européias para disputar, e irá se dedicar quase que exclusivamente à Premier League. Terá a obrigação de fazer uma boa campanha, e não pode deixar de ser apontado como um grande candidato á taça.

Tottenham



Mauricio Pochettino terá a missão de manter os Spurs entre as potências do futebol inglês. A manutenção das peças-chave, como Erik Lamela, Harry Kane e Eriksen foi fundamental, já que a temporada será longa, agora com a disputa acumulada da Champions League. Pensando nisto, o clube trouxe o atacante Vincent Janssen, artilheiro da última Eredivisie com a camisa do AZ Alkmaar, e o volante Victor Wanyama, ex-Southampton.

Será difícil lutar pelo título, mas ver os Spurs sem lutar ao menos por uma vaga na Champions, será uma surpresa enorme. A curiosidade é saber como Pochettino irá lidar com o acúmulo de competições, mesmo contando com um elenco relativamente raso.

Chelsea

Depois do fracasso na temporada 2015/16, o Chelsea vem com mudanças, na tentativa de voltar ao topo da Premier League. A principal delas, está no banco de reservas, já que Antonio Conte é o novo comandante da equipe.
O Chelsea escolheu por onde começar o seu time para a próxima temporada com a contratação do volante N'golo Kanté, de 25 anos, que pertencia ao Leicester. O clube londrino pagou a multa do atleta, que foi um pedido do técnico Antonio Conte, e ele tem tudo para se tornar uma peça chave para o meio-campo dos Blues. Além dele, o centroavante Batshuayi, ex-Marseille, foi a outra grande contratação feita até aqui. Entretanto, o grande reforço deverá mesmo ser a retomada do futebol de Eden Hazard, potencialmente um dos melhores jogadores do mundo, mas que ficou com um rendimento muito abaixo do esperado na temporada passada.

O Chelsea tem tudo para fazer uma temporada melhor. Hazard deve voltar ao seu melhor, reforços de qualidade chegaram, e Conte é um treinador de qualidade inquestionável. A grande questão é saber se já será possível lutar pelo título nesta temporada, ou o retorno à Champions League pode ser o objetivo máximo alcançável. 


Liverpool



Depois de chegar no meio da temporada passada, Jurgen Klopp desta vez terá o tempo necessário para trabalhar um elenco, que também foi reforçado. Os veteranos zagueiros Skrtel e Kolo Touré deixaram o Anfield, enquanto as principais chegadas, foram as do defensor Matip, ex-Schalke 04, do atacante Mané, ex-Southampton, e do meia Wijnaldum, ex-Newcastle.

Os Reds não conquistam a Premier League desde 1990. Na temporada 2013/14, quando não tinham competições européias para disputar, brigaram pela taça. Nesta temporada, novamente não terão torneios da UEFA em disputa, o que pode ser um bom sinal. Não há um craque como Suárez, mas há um treinador melhor e mais vibrante no banco, o que pode ser um bom sinal.

Entretanto, para que os resultados, e especialmente o futebol da temporada 2013/14 sejam similares aos desta, o desempenho de Philippe Coutinho, um dos destaques naquela época será fundamental. O brasileiro pode ser a chave e o diferencial, para acabar com a seca do gigante da terra dos Beatles.

Brigam por vaga nas competições européias


West Ham



O West Ham conseguiu manter o meia Francês Dimitri Payet e o técnico Slaven Bilic, reforçou um elenco que já era bom com peças de apoio como André Ayew , Feghouli e Calleri, e agora ainda terá o Estádio Olímpico de Londres, para mandar os seus jogos. Ingredientes que colocam o time como maior desafiante aos favoritos, e fazem o torcedor dos Hammers sonhar, que ao menos uma vaga na próxima Champions League possa ser alcançada.

A questão é justamente saber se o time vai manter o desempenho que teve em casa na temporada passada, jogando agora no olímpico já que a mística, sempre é um ingrediente fundamental no ambiente de um estádio. Além disto, o time e o seu estilo já não são mais surpresa, e ainda haverá a Liga Europa em disputa.

Everton


Muito se esperava do Everton na janela. Com o novo investidor, o clube chegou a especular reforços como Graay, Witsel e Juan Mata, mas praticamente só repôs as perdas de Howard e Stones com Sketelenburg e Williams, além de ter trago o competente Gueye. No banco, o holandês Ronald Koeman substitui o demitido espanhol Roberto Martínez, no que deve representar uma pequena mudança na maneira de atuar da equipe.

Muito cobiçado, o centroavante belga Romelu Lukaku permaneceu no Godinson Park, assim como o zagueiro argentino Ramiro Funes Mori, que deve formar uma zaga cascuda com Williams.


Stoke


Sensação da temporada passada, o Stoke de Mark Hughes sonha com uma temporada ainda melhor. Recém-chegado, o meia de Gales Joe Allen terá a missão de comandar o meio-campo. A aposta é nele, na força do Britannia Stadium, e na manutenção da base, liderada por Imbula, Shaqiri, Arnautovic e Bojan.


Southampton

O Southampton vem de excelentes temporadas sob o comando de Pochettino e Koeman, e agora tenta se manter na primeira metade da tabela com o francês Claude Puel, que fez um grande trabalho no comando do Nice na Ligue 1 2015/16. Novamente o time perdeu destaques, como os atacantes Mané e Pellé e o volante Wanyama, mas se reforçou com o meia Höjberg, o atacante Redmond e o lateral-direito Pied, tudo sem muitos custos.

Os Saints tem tudo para novamente se manter na elite com tranquilidade, e quem sabe sonhar com uma vaga na Liga Europa.

West Bromwich


O West Bromwich trouxe apenas o atacante Matt Phillips, ex-QPR, nesta janela, e deve postar na manutenção da base e no trabalho do técnico Tony Pulis para se manter na elite. Os destaques da equipe são Fletcher, Lambert e Berahino e o goleiro Forster.

Watford


O Watford se movimentou bem na janela. O time do técnico italiano Walter Mazzarri contratou o atacante Success, ex-Granada, o lateral colombiano Zuniga e o atacante Sinclair. O destaque da equipe segue sendo o meia suíço Behrami. O grande objetivo é a manutenção na Premier League, algo que deve ser alcançado.

Swansea


O time de Gales foi bastante irregular na última temporada, e isto acabou gerando a demissão do técnico Gary Monk. Se substituto, Francesco Guidolin, conseguiu manter o time na elite, e desta vez, o objetivo é o mesmo. Até aqui, as únicas contratações que realmente agregaram qualidade foram as de Leroy Fer, ex-Queens Park Rangers, e Fernando Llorente, ex-Sevilla.

Lutam contra a queda



Burnley


Depois de investir muito e ser campeão da Championship 2015/16, o Burnley volta à Premier League, pensando em se manter. Para isto, apostou na permanência do atacante galês Vokes, e nas chegada do islandês Johann Berg Gudmundsson, ambos destaques da última Eurocopa.

Middlesbrough



Retornando à Premier League depois de cinco temporadas, o Middlesbrough tem tudo para se manter. O bom trabalho do técnico Karanka, aliado a manutenção da base a e achegada de excelentes reforços deve impedir a equipe de sofrer um novo descenso. Só nesta janela, o clube contratou Marten de Roon, ex-Atalanta, Viktor Fischer, ex-Ajax, Antonio Barragán, ex-Valencia, Victor Valdés, ex-Manchester United, Gastón Ramirez, ex-Southampton, Brad Guzan, ex-Aston Villa, e Álvaro Negredo, emprestado pelo Valencia.


Crystal Palace

Vice-campeão da última FA Cup, o Crystal Palace de Alan Pardew sofreu na luta contra o rebaixamento na temporada passada. Desta vez, a idéia é não correr tantos riscos. Para isto, o clube buscou o goleiro Steve Mandanda, o zagueiro James Tonkins e o mei-atacante Andros Townsend. Jogadores que acrescentam na equipe, mas que ainda deve se preocupar mais com a permanência do que com a primeira metade da tabela, mesmo que deva permanecer na elite.

Sunderland



O Sunderland conseguiu escapar novamente da Championship nas ultimas rodadas da última temporada, um filme que tem se repetido com frequência. O técnico Sam Allardyce deixou o clube para assumir a seleção inglesa, e em seu lugar assumiu o escocês David Moyes.

Bournemouth



O Bournemouth conseguiu se manter na elite na primeira temporada após o acesso com relativa tranquilidade, o que foi muito importante para a sua consolidação. O jovem treinador Eddie Howe deve manter o estilo da equipe, que tem no jovem Jordan Ibe a sua principal referência.

Hull City

O Hull é outro time que voltou a Premier League, e busca não cair logo de cara. A perda do técnico Steve Bruce é preocupante, já que o time começa a temporada com Mike Phelan como interino, e um elenco fraco. Ou se movimenta rápido, ou deve cair.

O atacante uruguaio Hernández foi o grande destaque da equipe na campanha do acesso na Championship, e qualquer chance de permanência deve passar por ele.

COMMENTS

Nome

Ajax Alemanha Anderlecht Antonie Griezmann Apoel Argentina Arsenal artilharia Champions League 2016/17 Astana Aston Villa Athletic Bilbao Atlético de Madrid Atlético de Madrid x Real Madrid - La Liga 2016-2016 - Prognóstico Áustria Barcelona Barcelona x Manchester City (19/10/2016) - Champions League 2016/17 - Prognóstico Horário e TV Barcelona x Manchester City (1º/11/2016) - Champions League 2016/17 - Prognóstico Horário e TV Basel BATE Borisov Bayer Leverkusen Bayern de Munique Bayern de Munique x PSV Bayern de Munique x PSV jogo ao vivo Bélgica Benfica Besiktas Bétis Boavista Boca Juniors Bola de Ouro Bola de Ouro 2016 Borussia Dortmund Borussia Mönchengladbach Bournemouth Braga Brasil Brasil x Argentina (10/11/2016) - Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018 - Prognóstico Bundesliga Burnley Campeonato Espanhol Campeonato Italiano Cartola FC Cartola FC 33 Rodada Cartola FC 33ª Rodada Cartola FC 36º rodada Cartola FC 37º rodada Cartola FC Dicas Cartola FC Dicas 33 Rodada Cartola FC dicas para a 34° rodada Cartola FC Dicas Pontuação Pontos Celta de Vigo Celtic Champions League Champions League 2016/17: artilheiros e líderes de assistências Chelsea Chile Chuteira de Ouro Club Brugge Copa da UEFA Copa das Confederações 2017 Copa do Mundo Copa do Mundo 2014 Copa do Mundo 2018 Copa do Mundo de Futebol Feminino Costa do Marfim Cristiano Ronaldo Croácia CSKA Moscou CSKA Sofia Deportivo La Coruña Destaques Dicas Cartola Rodada 31 Dicas Cartola Rodada 32 Dicas Cartola Rodada 33 Diego Costa Diego Simeone Dinamo de Kiev Dínamo de Kiev Dínamo Kiev Dinamo Moscou Dínamo Zagreb Eintracht Braunschweig Eintracht Frankfurt Eliminatórias da Copa do Mundo 2018 Eredivisie Eslováquia Espanha Espanyol Esquadrões Alternativos Estrela Vermelha Euro Euro 2004 Euro 2008 Euro 2012 Euro 2016 Euro 2020 Europa League Europeu Sub-19 Everton Fenerbahçe Ferencváros Feyenoord FIFA FIFA 17 Final da Champions League 2016 finalistas da Bola de Ouro 2016 Fiorentina França Francesco Totti Futebol Europeu Futebol feminino Futsal Galatasaray Gareth Bale Gent Getafe Golden Boy 2016 Goteborg Granada Grandes Times Grécia Grêmio x Inter Grenal 411 Guia da Champions League 2015-2016 Guia da Champions League 2016-2017 Guia da Copa do Mundo 2014 Guia da Euro 2016 Hamburgo Hibernians História Hoffenheim Holanda hora Horário e TV Hull City Hungria Inglaterra Internazionale Ipswich Town Irã Irlanda do Norte Islândia Itália Jogos Olímpicos Rio-2016 José Mourinho Juventus La Liga Las Palmas Lazio Legia Varsóvia Leicester Lendas Levski Sofia Libertadores Liga dos Campeões Liga dos Campeões da Europa Liga Europa Ligue 1 Lille Lincoln Red Imps Lionel Messi Liverpool Liverpool x Manchester United (17/10/2016) - Premier League - Prognóstico Horário Ludogorets Luis Suárez Lyon Maccabi Tel Aviv Madrid Málaga Malmö Manchester City Manchester City x Barcelona (1°/11/2016) - Prognóstico Horário e TV Manchester United Manuel Neuer Maribor Mesut Özil Middlesbrough Midtjylland Milan Mitar Cartola FC Rodada 33 MLS Monaco Mundial de Clubes Mundial Sub-17 Napoli Newcastle Neymar Nice Nigéria Norwich Notthingham Forest Novo nome melhor do Mundo da FIFA Novo nome melhor jogador do mundo FIFA Olimpiacos Olimpique de Marselha País de Gales Panathinaikos Paris Saint-Germain Parma Partizan Pep Guardiola Polônia Porto Portugal Premier League Premier League 2016/17: Resultados e classificação Prêmio Bola de Ouro muda de nome Prêmio Puskás 2016 PSV Rangers Rayo Vallecano RB Leipzig Real Madrid Real Sociedad Rivalidades River Plate Robert Lewandowski Roma Romênia Rostov Rubin Kazan Rússia Salzburg Sampdoria Schalke 04 Sergio Aguero Sergio Ramos Sevilla Shakhtar Donetsk Sion Southampton Sparta Praga Sporting Sporting Gijon Stade Reims Standard Liège Steua Bucarest Steven Gerrard Stoke City Suécia Suíça Sunderland Supercopa da UEFA Swansea Tabela da Champions League 2016-2017 The Best Football Awards Thierry Henry Time do ano da UEFA 2016: Confira quem são os indicados Todos os Campeões brasileiros Todos os Campeões da Libertadores Todos os Campeões do Campeonato Brasileiro Torino Tottenham Turquia TV e data Ucrânia Udinese Ujpést Últimas notícias Valencia Van Basten Venezuela Villarreal Werder Bremen Wereder Bremen West Ham Wolfsburg Women's Champions League Youth League Zenit Zinedine Zidane Zlatan Ibrahimovic
false
ltr
item
Futebol Europeu: Guia da Premier League 2016/17
Guia da Premier League 2016/17
Guia da Premier League 2016/17 - E está começando a temporada 2016/17 da Premier League, a mais aguardada de todos os tempos.
https://3.bp.blogspot.com/-Jc3y2Yj8hyE/V72An2SwWBI/AAAAAAAAWjc/uBoCoqgRIjQczqhNaeFIAamym-7MxXlLwCK4B/s640/PREMIER%2BLEAGUE%2B2016%2BWALLPAPER-1920x1080-721394.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-Jc3y2Yj8hyE/V72An2SwWBI/AAAAAAAAWjc/uBoCoqgRIjQczqhNaeFIAamym-7MxXlLwCK4B/s72-c/PREMIER%2BLEAGUE%2B2016%2BWALLPAPER-1920x1080-721394.jpg
Futebol Europeu
http://www.futeboleuropeu.com.br/2016/08/guia-da-premier-league-201617.html
http://www.futeboleuropeu.com.br/
http://www.futeboleuropeu.com.br/
http://www.futeboleuropeu.com.br/2016/08/guia-da-premier-league-201617.html
true
9050396110684777584
UTF-8
Não foram encontrados posts Veja tudo Leia mais Responda Cancelar resposta Delete Por Home Páginas Posts Veja tudo Recomendado para Você Assunto Arquivo SEARCH Todas as matérias Não foi possível encontrar resultados Back Home Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais que 5 semanas atrás Seguidores Siga ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para Acessar Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados Não foi ´possível copiar os códigos