Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Griezmann: um francês, que quase virou português


Talvez, Antoine Griezmann seja o principal jogador do futebol mundial em 2016. Mesmo sem a badalação de Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar e Bale, ele tem dado um show de eficiência, e não à toa é o artilheiro desta euro 2016, com 6 gols. Neste domingo, ele terá pela frente a Final da Euro 2016, onde a sua França irá encarar Portugal, país de origem da parte materna da família do craque.

Griezmann é neto de Amaro Lopes, jogador que brilhou no Paços de Ferreira na década de 1950. Depois de se aposentar da bola, Amaro foi morar na França, país com a maior concentração de imigrantes portugueses na Europa.

A ascendência fez Griezmann cogitar defender a seleção lusitana. Ele ficou suspenso da seleção francesa entre 2012 e 2013, depois de fugir da concentração em um jogo da seleção Sub-21. Quase foi convencido por familiares e amigos que o melhor era mudar de seleção, pois em Portugal, teria menor concorrência na luta por espaços.

Contudo, o tempo passou, e Griezmann cresceu. Depois de brilhar com a camisa da Real Sociedad, ele foi buscado por Diego Simeone para virar o craque do seu grande Atlético de Madrid. Com o tempo, deixou de ser o ponta ciscador para virar um atacante centralizado, com grande faro de gol e capacidade de arremate. Curiosamente, esta mudança de zona no campo lembra muito o que aconteceu com Messi e Cristiano Ronaldo.

Na última temporada, Griezmann já entrou na briga com os integrantes do trio BBC e MSN pela artilharia do Campeonato espanhol, e consequentemente, pela chueteira de ouro. Como um dos atacantes mais efetivos da Europa, parece só lhe faltar é títulos coletivos.

O cartel de conquistas de Griezamann se resume a um título da Segunda divisão espanhola e uma Supercopa da Espanha. Falta a taça de gente grande. Algo que ele teve em seus pés na Champions League com o Atlético de Madrid, quando acabou perdendo um pênalti, que poderia ter mudado o rumo da partida final contra o Real Madrid. Neste Domingo, ele receberá uma nova chance na final da Eurocopa. Conquistar uma taça, jogando em seu país, é o sonho de todo o jogador, e Griezmann está à 90 minutos de entrar para a história.


Conexão França-Portugal


Curiosamente, o goleiro Anthony Lopes, o lateral-esquerdo Raphaël Guerreiro e o meia Adrien Silva também são franceses com ascendência portuguesa, que optaram por defender a seleção de Cristiano Ronaldo, Pepe, e cia.

Os jogadores naturalizados, ou com ascendência de outras nações, por sinal, são fundamentais na história, tanto do futebol francês, quanto do português. Isto fica evidente, quando nos lembramos que o maior jogador da história da França foi Zidane (filho de argelinos), enquanto maior jogador da história da seleção de Portugal foi Eusébio, moçambicano de nascimento.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top