Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História




Depois de 29 anos, Ryan Giggs anunciou a sua saída do Manchester United. O galês, assistente de Van Gaal nas últimas temporadas, deixa o Old Trafford após quase três décadas, e a construção de uma das mais lindas histórias de relação de um jogador com um clube.

Giggs chegou ao Manchester United em 1987, com apenas 14 anos de idade. Hoje, aos 42 anos, ainda tinha mais um ano de contrato como assistente técnico. Mas, após José Mourinho assumir o cargo de comandante dos Red Devils, Giggs teve de deixar o clube, para que Rui Faria, homem de confiança do Special One, assumisse a função.

Giggs é um entusiasta das idéias de Sir Alex Ferguson, e pouco afeito ao estilo de jogo de José Mourinho, que apela mais para o defensivismo e aproveita pouco as categorias de base. Mesmo assim, desejou sorte e um bom trabalho ao português. Ele já possui a licença da UEFA, e deverá assumir algum clube como treinador principal, até o final desta janela.

No total, Ryan Giggs passou 10.441 dias em Old Trafford. Ele vestiu a camisa do Manchester United em 963 jogos, sendo o recordista de partidas com a camisa do clube. Ainda marcou 168 gols e conquistou 34 títulos, sendo os mais marcantes os 13 campeonatos ingleses e as duas Champions League.

Confira alguns trechos do comunicado oficial da saída do ex-jogador:




”É uma grande decisão me afastar de um clube que faz parte da minha vida desde os 14 anos, não foi nada fácil. Tenho muitas lembranças especiais daqui, mas é hora de começar a escrever um novo capítulo. Será um novo desafio na minha vida, estou esperando um bom com o futuro.”

‘‘Tive sorte de ter grandes mentores para me tornar treinador. Primeiramente Alex Ferguson, com quem eu passei grande parte da minha vida trabalhando e aprendendo, e eu acredito que continuará sendo o maior treinador da história, e mais recentemente Louis Van Gaal. O conhecimento que adquiri com eles foi algo inestimável.”

”Quero parabenizar José Mourinho pela sua nomeação como treinador do clube. Há apenas alguns vencedores no mundo, e sem dúvidas, José é um deles. Eu sei que os torcedores vão recebê-lo bem.”

”Meu agradecimento final é para os fãs. Não posso dizer o quanto sentirei falta de andar pelo Old Trafford. É extremamente difícil dizer adeus depois de 29 anos. Amei cada minuto tanto como jogador tanto como treinador. O apoio que recebi sempre foi fenomenal. Obrigado.”




«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top