Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Alemanha 0x2 Itália: 10 anos de um dos maiores jogos da história das Copas



Há 10 anos, a Copa do Mundo presenciava um dos maiores jogos de sua história. Itália e Alemanha fizeram um jogão na cidade alemã de Dortmund. Após chegarem ao Mundial sob muitas dúvidas, e longe do grupo de favoritas (Brasil, Argentina e Inglaterra), as duas seleções mostraram todo o peso de suas camisas para chegarem nas semifinais. Por mais que a Itália ainda tivesse  que derrotar alguns dias depois a França de Zidane na final para se sagrar campeã, aquele era quase uma final antecipada, e parou o planeta enquanto a bola rolou.


O Westfalenstadion estava lotado, com uma multidão nas arquibancadas cantando e torcendo para a Alemanha. Incentivados, os Germânicos partiam para o ataque, mas paravam ainda no excelente meio-campo Italiano, formado por Gattuso, Pirlo, Perrotta e Camoranesi. Na melhor chance dos donos da casa, Buffon defendeu um bom chute de Schneider. A Itália quase marcou com Perrotta, mas Lehmann fez milagre.O jogo terminou empatado em 0  x 0 no tempo normal. Parecia que o placar ia se repetir na prorrogação e a partida seria decidida nas penalidades. Engano.

Parecendo ter mais folego, a Itália cresceu na prorrogação, onde viveu o seu melhor momento naquela Copa do Mundo. Meio travada, a Alemanha até tentou, mas sentiu a difícil prorrogação nas quartas de final contra a Argentina.

Italian goalkeeper Gianluigi Buffon  and

Marcelo Lippi foi com tudo para cima da Alemanha, e promoveu as entradas de Iaquinta e Del Piero nos lugares de Perrota e Camoranesi. Com isto, a Azurra conseguia manter mais  a posse de bola, e causava pavor na torcida alemã, que via sua seleção sem força no contra-golpe. Pirlo quase marcou em uma bomba de fora da área, que obrigou grande defesa de Lehmann. Minutos depois, após uma cobrança de escanteio mal afastada pela defensiva alemã, Pirlo deu uma assistência genial para Fábio Grosso, lateral que curtia uma de atacante.Mas como um experiente centroavante matador, Grosso acertou um chute direto, de esquerda e colocou a Itália na frente.



Desesperada e sem forças, a Alemanha virou toda pressão. Insistiu em lançar bolas na área, mas contra uma zaga Italiana que tinha Fabio Cannavaro, era algo praticamente inútil. Assim, ainda deu espaços para o perigoso contra-ataque Italiano. Em uma bola perdida por Podolski, Totti puxou contragolpe e encontrou Gilardino, que por sua vez tocou para Del Piero, que Genialmente encobriu o goleiro alemão Lehamann, e colocou a Itália na Final da Copa, onde a Azurra derrotaria a França, nas penalidades, após empate em 1x1, para se sagrar campeã.




Ficha Técnica:


Alemanha 0x2 Itália - Copa do Mundo de 2006

Escalações:

Alemanha: Lehmann; Friedrich, Metzelder, Mertesacker e Lahm; Kehl, Borowski (Schweinsteiger), Schneider (Odonkor) e Ballack; Podolski e Klose (Neuville). Técnico: Juergen Klinsmann.

Itália: Buffon; Zambrotta, Cannavaro, Materazzi e Grosso; Gattuso, Perrotta (Del Piero), Pirlo, Camoranesi (Iaquinta) e Totti; Toni (Gilardino). Técnico: Marcelo Lippi.

Gols: Fábio Grosso aos 13 e Del Piero ao 15 minutos do segundo tempo da prorrogação.
Árbitro: Benito Archundia (México)
Local: Signal Iduna Park, Dortmund
Data: 4 de Julho de 2006

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top