Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Lionel Messi: os 29 anos de um gênio


Lionel Messi: os 29 anos de um gênio

O garoto que poderia não crescer, mas virou o maior de todos. Lionel Andrés Messi completa hoje 29 anos. Para muitos o maior jogador de futebol de futebol de todos os tempos. Incontestavelmente, um dos maiores talentos que já pisaram em um campo de futebol. Uma lenda viva, que segue reescrevendo a história. E que história!


A carreira de Messi é diferente da de qualquer outro futebolista. O seu talento já é reconhecido desde que o mesmo era muito pequeno. O tipo de jogador de quem sempre se esperou muito, e no fim das contas, as expectativas foram mais do que cumpridas. Sua qualidade técnica, suas jogadas espetaculares sua velocidade, habilidade com as duas pernas, trabalho de equipe e a extraordinária capacidade de marcar gols são únicas, e o tornam  um jogador capaz de decidir um jogo a qualquer momento. Sim, pode até ter quem consiga competir com ele em gols ou assistências. Mas em termos de talento, Messi jamais será superado. Messi é o único jogador da História  a ganhar cinco bolas de ouro, quatro de maneira consecutiva, o que mostra que realmente, ele nunca mais será esquecido.

Messi (6)


Messi nasceu no dia 24 de Junho de 1987, filho de Jorge Horacio Messi e Celia María Cuccittini,. Ele começou a destroçar as colunas dos adversários ainda muito pequeno, incentivado por uma pessoa especial: sua avó. Celia Cuccittini sempre acreditou que Messi tinha talento, e que seria o melhor jogador do Mundo. Ela convenceu o treinador da categoria baby do Grandoli, a escalar aquele menino de 4 anos, muito pequeno para sua idade em uma partida onde faltava um jogador para completar a equipe. E deu muito certo. O que Messi não tinha em tamanho, ele compensava com talento. Passava por cima dos gigantes, com gols, assistências, dribles. 


Com 7 anos, Messi acabou ingressando na base do Newells Old Boys, seu clube de coração. Mas, com onze anos foi descoberto um problema hormonal em Messi, que retardava o seu crescimento. O tratamento para o problema custava cerca de 900 dólares por mês, e foi bancadao pela fundação onde o pai de Messi trabalhava por um tempo, até o subsídio ser cortado, na época da grande crise argentina, no começo do século XXI. Jorge Messi, então tentou levar o filho para o River Plate. O Newells tentou de tudo para segurar o menino, e ofereceu uma ajuda de custo para o tratamento, ainda insuficiente para pagá-lo de maneira integral.



Jorge Messi, a convite de uma prima que morava na Catalunha, resolveu ir morar por lá. Seu filho, acabou chamando a atenção de olheiros do Barcelona, que o que o convidaram a atuar no clube. Após uma longa caminhada na base, fez a sua estréia com o time principal do Barcelona em 2003, em um amistoso contra a Juventus. Pouco mais de um ano depois marcou seu primeiro gol como profissional contra o Espanyol, em jogo válido pelo Campeonato Espanhol, no 16 de Outubro de 2004, com apenas 17 anos de idade. 




Depois de ser artilheiro, craque e campeão do Campeonato Mundial de Futebol Sub-20 de 2005, Messi assumiu também a titularidade no ataque do Barcelona. Ainda em 2006, ele disputou a sua primeira Copa do Mundo com a seleção argentina. Mesmo reserva, marcou um gol, na goleada de 6x0 sobre a Sérvia na fase de grupos. Dois anos depois, em 2008, Messi conquistou a medalha de Ouro olímpica com a albiceleste, nos Jogos de Pequim.




Ainda em 2007, Messi marcou um golaço contra o Getafe, arrancando do meio campo, e driblando diversos marcadores. O tento antológico ampliou ainda mais as comparações com Diego Maradona, que fez algo semelhante na Copa do Mundo de 1986 contra a Inglaterra. Dando prosseguimento ao bom ano, Messi foi indicado pela primeira vez ao prêmio de melhor do mundo, e foi finalista, terminando na segunda colocação, atrás apenas do brasileiro Kaká. Acabou perdendo a final da Copa América para o Brasil com a seleção argentina, e não teve muitas glórias com o Barcelona. No começo de 2008, enfrentou pela primeira vez em um jogo Cristiano Ronaldo, quando este ainda estava no Manchester United, na semifinal da UEFA Champions League. Na Catalunha, tivemos um 0x0 em que os dois foram muito marcados. Lesionado, Messi perdeu a volta, em que os Red Devils venceram por 1x0 na volta, com um golaço de Scholes.


Na temporada 2008-2009, Messi, após a saída  de Ronaldinho Gaúcho, passou a ser de vez a grande estrela do Barcelona, sendo que desde a temporada anterior, já era a referência técnica. Agora sob o comando de Pep Guardiola, passou a ter mais liberdade em campo, já que o técnico catalão armava a equipe para que o seu camisa 10 pudesse render da melhor maneira. Juntos, eles levaram o Barça a uma inédita Tríplice Coroa, com as conquistas da Copa do Rei, do Campeonato espanhol e da Champions League, da qual foi o artilheiro, com nove gols marcados, um deles na grande final, vencida por 2x0 contra o Manchester United.


No total, Messi conquistou em 2009, com o Barcelona, a Copa do Rei, a La Liga, a UEFA Champions League, a Supercopa da Espanha, a UEFA Super Cup e o Mundial de Clubes da FIFA, além de ter sido eleito o melhor jogador do Mundo e ter ganho a Bola de Ouro. Em 2010, Messi se tornou o primeiro jogador a receber o prêmio unificado da Bola de Ouro da FIFA, superando os companheiros de Barcelona Xavi e Iniesta na final.



A temporada 2010-2011 de Messi foi a melhor de sua carreira. Ele marcou 53 gols em 55 jogos, sendo 31 pela Liga espanhola, 12 pela UEFA Champions League, 7 pela Copa do Rei e 3 pela supercopa da Espanha. Conquistou o Campeonato Espanhol e a UEFA Champions League com o Barcelona, batendo mais uma vez o Manchester United na decisão, agora por 3x1. Ainda na semifinal da Champions Messi teve uma atuação histórica contra o Real Madrid, marcando os gols da vitória blaugrana por 2x0 no Santiago Bernabéu.



No dia 9 de janeiro de 2012, Messi recebeu a Bola de Ouro da FIFA de 2011, que era a sua terceira honraria. Prenúncio de um 2012 histórico. Ele marcou 91 gols no ano e no começo de 2013 recebeu a sua quarta Bola de Ouro, relativa ao ano de 2012. 

Messi (3)


Depois da frustração da Copa do Mundo de 2010, Messi conduziu a Argentina ao vice-campeonato do Mundial realizado no Brasil em 2014. Foi eleito o craque da Copa, mas mesmo assim terminou o torneio triste, por ter perdido a final para a Alemanha.




A temporada 2014-2015 marcou a formação do trio MSN. Ao lado de Neymar e Suárez, Messi formou um impressionante e letal tridente ofensivo. Já sob às ordens de Luís Enrique, conquistou com o Barça mais um triplete, vencendo a Copa do Rei, a Liga Espanhola e a UEFA Champions League, após uma vitória de 3x1 sobre a Juventus. Na final da Copa do Rei, marcou um golaço contra o Athletic Bilbao, onde arrancou do meio-campo e driblou diversos adversários. Sua única frustração em 2015 foi ter perdido a final da Copa América com a seleção argentina para o Chile, nos pênaltis.

LM



Ainda em 2015, Messi conquistou a Supercopa da UEFA e o Mundial de Clubes com o Barcelona. Já em 2016, recebeu no mês de janeiro a sua 5º bola de Ouro, e conduziu o Barça a mais duas conquistas: a da Copa do Rei, onde a equipe bateu o Sevilla na final, e o a do Campeonato Espanhol. No momento, está com a seleção argentina nos EUA, disputando a Copa América Centenário. No domingo, poderá conquistar contra o Chile a sua 1º taça com a albiceleste absoluta, destravando o último feito que ainda lhe falta.




Conquistas: 
- Champions League: 🏆🏆 🏆🏆 - La Liga: 🏆 🏆🏆🏆🏆🏆🏆🏆 - Bola de Ouro: 🏆🏆🏆 🏆🏆
- Chuteira de Ouro: 🏆🏆🏆 🏆
- Supercopas da Espanha: 🏆🏆🏆🏆🏆🏆
- Supercopas da Europa: 🏆🏆🏆
- Mundiais de Clubes: 🏆🏆🏆
- 535 gols como profissional
- 2º maior artilheiro da História da UEFA Champions League
- Maior artilheiro da História da Seleção argentina
- Maior artilheiro da História da história do Barcelona
- Maior artilheiro da História do El Clásico
- Maior artilheiro da História do dérbi catalão
- Oito vezes finalista da Bola de Ouro
- Campeão Olímpico
- Melhor Jogador da Copa do Mundo 2014



«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top