Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História




País de Gales e Inglaterra fizeram hoje, pela segunda rodada da Eurocopa, o primeiro dérbi entre os dois times na competição. Se em alguns esportes as nações competem juntas, em outros como o rugby, tem uma rivalidade enorme. No futebol, as duas equipes se enfrentaram poucas vezes nos últimos 20 anos, devido ao fim do campeonato britânico de nações e o enfraquecimento de Gales, que só agora volta a ser grande reascendendo a rivalidade. Por todos estes elementos, a vitória inglesa teve um sabor ainda melhor, e aproximou os Three Lions das Oitavas de final.

A Inglaterra, assim como aconteceu contra a Rússia, teve total domínio do jogo desde o começo da partida, mas foi o País de Gales quem abriu o marcador, no final da primeira etapa. Garetrh Bale cobrou falta de longe, e contou com a colaboração de Joe Hart para abrir o marcador.

Na volta do intervalo, o técnico inglês Roy Hogdson mandou ao campo Vardy e Sturridge, nos lugares de Kane e Sterling. As alterações deixaram o English Team mais incisivo, e o resultado veio logo aos 10 minutos do segundo tempo, quando o iluminado Jamie Vardy Vardy pegou uma sobra de bola na cara do gol, após cobrança de escanteio, e não perdoou, como costuma fazer, deixando o marcador igualado.

A Inglaterra seguiu atacando, e Gales seguiu retraído. Bale e Kanu não conseguiam jogar isolados na frente, e o gol inglês parecia questão de tempo. Hogdson resolveu mandar a campo mais um iluminado: Rashford, que entrou no lugar de Lallana, o garoto de 18 anos se tornou o mais jovem jogador a entrar em campo num jogo de fase final de Eurocopa, e ajudou o time inglês a chegar ao segundo gol.

Já nos acréscimos, Sturridge aproveitou uma confusão na área e não perdoou, fazendo o gol da virada. Gareth Bale ainda chegou a acertar, de cabeça, uma bola na trave, mas já era tarde.
Inglaterra 2×1 Gales

Escalações:

Inglaterra: Hart, Walker, Cahill, Smalling e Rose; Alli, Dier e Rooney; Lallana (Rashford), Kane (Vardy) e Sterling (Sturridge). Técnico: Roy Hodgson
Gales: Hennessey, Gunter, Chester, A. Williams, Ben Davies e N. Taylor; Ramsey, Ledley (Edwards) e Allen; Robson-Kanu (J. Williams) e Bale. Técnico: Chris Coleman




«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top