Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

SWEDEN - BELGIUM FRIENDLY


Muito se ouviu falar sobre a "Geração Belga" nos últimos anos. O termo que virou Clichê, na verdade se refere a esta ótima seleção, que graças ao Bom trabalho feito pelos clubes locais nas categorias de Base, revelou inúmeros jogadores que brilham nas grandes Ligas da Europa. Contudo, esta não é nem de longe a primeira grande geração de atletas que surgiu naquele país. Prova disto, é que a Bélgica já foi vice-campeã da Eurocopa em 1980, batendo na trave na tentativa de conquistar a taça, que a equipe que em 2016 vai até a França espera conquistar.


Não é possível descartar a Bélgica como candidata ao título desta Euro 2016. Courtois, Vertonghen, Alderweireld, Witsel, Nainggolan, Dembélé, Fellaini, De Bruyne, Hazard e Lukaku são dos melhores do planeta em suas respectivas posições, assim como Kompany, que só não vai à Euro porque está lesionado. Este grupo, há 2 anos, veio ao Brasil, e conseguiu passar da fase de grupos da Copa do Mundo, eliminou os EUA nas Oitavas,  e só parou diante da Argentina nas quartas. Agora na Euro, em um grupo E, com Itália, Irlanda e Suécia, tem tudo para avançar de fase sem muitos problemas, mas só isto ainda parecerá pouco. Esta parece a hora da confirmação da geração belga, e um lugar, ao menos nas semifinais, seria o ideal para esta equipe escrever o seu nome na história.

Principal figura desta seleção belga, Eden Hazard demonstra desde os tempos de Lille que é um dos melhores jogadores do mundo. Após várias boas temporadas com o Chelsea, ele deslanchou mesmo foi em 2014-2015, quando conduziu os Blues à conquista da Premier Laegue, tendo atuações espetaculares. Contudo, a queda de rendimento na temporada 2015/16 foi notória. O jogador só melhorou na reta final, e é da melhor versão de Hazard que a Bélgica precisa para sonhar com a taça da Euro.

Se Hazard não está no seu melhor, o mesmo não pode se dizer de Kevin de Bruyne. O jogador do Manchester City terminou a temporada voando, e pode tomar de Hazard a condição de principal jogador do país com o decorrer da Euro. Os dois certamente serão os meia-atacantes Red Devils na Euro, assim como o excelente Thibaut Courtois defenderá a meta. A certezas também passam pela defesa, onde sem laterais, quatro zagueiros devem alinhar: Toby Alderweireld, Nicolas Lombaerts, Thomas Vermaelen e Jan Vertonghen. A principal novidade no setor foi a convocação de Meunier, um jogador para ficar de olho.  O meio-campo, estava sendo formado por Axel Witsel, Radja Nainggolan e Marouane Fellaini, mas o  jogador do Manchester United acabou perdendo na reta final a posição para Ferreira-Carrasco, hábil jogador do Atlético de Madrid.


Lukaku deverá começar a Euro na posição central do ataque. Benteke vinha sendo o titular, mas a temporada ruim no Liverpool contrasta com o sucesso de alguns de seus concorrentes. O próprio Romelu Lukaku, Batshuayi, e Origi vem em um melhor momento, e mesmo sem ser centroavante, Mertens também pede passagem, mostrando a abundância de opções neste excelente selecionado, que tem tudo para executar um ótimo papel nesta Eurocopa. 



Time-base: Thibaut Courtois, Toby Alderweireld, Nicolas Lombaerts, Thomas Vermaelen e Jan Vertonghen; Axel Witsel, Radja Nainggolan, Carrasco, Kevin de Bruyne, Eden Hazard e Romelu Lukaku


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top