Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História



A Undécima já está em casa. O Real já comemora na praça de Cibeles a sua 11° Champions, e é hora de entender os motivos que levaram o clube merengue a reinar na Europa mais uma vez.



1° Casemiro


Diego Simeone disse antes da partida que Casemiro seria o jogador-chave do Real para a decisão. Del foi o melhor em campo, mesmo que a UEFA tenha dado o prêmio de MVP da decisão para Sergio Ramos.


No total, Casemiro recuperou 15 bolas, só errando 9 desarmes. Acertou 90,8% dos passes que distribuiu, e correu mais de 13 km em campo. Um monstro, que viveu a temporada da sua afirmação.



2° Gareth Bale


Jogou demais, carregando um ataque merengue com dois companheiros cansados e sem as melhores condições físicas. Além disto, deu a assistência para o gol de Sergio Ramos.



3° A dupla Pepe e Sergio Ramos


A zaga do Real Madrid parou o ataque colchoneros, formado por Fernando Torres e Griezmann. Com um entrosamento bárbaro, formam uma das melhores duplas de centrais dos últimos anos.


4° Precisão nas penalidades


O Real Madrid não não errou nenhuma penalidade, cobrando todas no lado esquerdo de Jan Oblak.



5° Zinedine Zidane


Zidane deu a estabilidade que o Real não tinha com Benítez, e conduziu o clube ao cume da Europa. Ganhou a Champions como jogador e treinador, algo raro.

Além disto, se juntou a Cruyff, até então o único a ter marcado em uma final também.



6° O erro de Griezmann


O atacante do Atlético errou um pênalti decisivo nos 90 minutos, que fez muita falta no final ...



7°  O bom início de jogo e a bola parada


O Real Madrid começou a partida melhor do que o Atlético, e usou a bola parada para abrir o marcador. Deu ao rival a missão de propor o jogo, onde os Colchoneros costumam encontrar dificuldades.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top