Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História




Quando se fala nos maiores dérbis do planeta bola, pouco se lembra do Clássico de Merseyside. Fato injusto, pois este é um dos dérbis mais legais que você pode conhecer. E é sobre o Dérbi de Liverpool, que nós iremos falar hoje.

A cidade de Liverpool fica localizada no Noroeste da Inglaterra, na região de Merseyside. É uma das mais importantes na ecônomia inglesa, e mundialmente conhecida por ter sido o palco do surgimento dos Beattles, um dos maiores fenômenos musicais da história.




O Godinson Park é a casa do Everton, o Anfield Road o Coliseu do Liverpool. O que pouca gente realmente sabe, é que o Everton já mandou os seus jogos em Anfield, na época alugado. Por falta de Pagamento, perdeu a sua moradia. O dono do Estádio fundou um novo clube, o Everton Athletic, que contudo não foi aceito com este nome, e teve de mudar de nomenclatura, passando a se chamar Liverpool Football Club. Estava criada, uma das maiores rivalidades do planeta Bola. O primeiro jogo entre as duas equipes aconteceu em 1893, num torneio chamado Sênior Liverpool Cup.




O dérbi de Merseyside, era conhecido como um Clássico amigável, com as torcidas rivais dividindo as arquibancadas, algo que começou a mudar na época dos Hooligans, sobretudo. Contudo, nunca houve meio termo: ou você é azul ou você é vermelho. Ou você é Liverpool, ou você é Everton.

O dérbi de Liverpool é o mais regular do futebol inglês, sendo disputado de maneira consecutiva desde 1962, ano da última passagem do Liverpool pela Segunda divisão.


Ian Rush, ex-jogador do Liverpool, é o maior artilheiro da história dos dérbis de Merseyside, con 25 gols.




Liverpool e Everton são dois dos Clubes mais bem sucedidos na história do futebol inglês. Se durante muito tempo os dois conseguiram se manter no topo simultaneamente, os anos 70 e a primeira metade dos anos 80, foram vermelhos. Os Reds conquistaram diversas vezes o Campeonato Inglês e a Copa da Inglaterra, além de levantarem quatro vezes a taça da Copa dos Campeões, em 1977, 1978, 1981 e 1984. Ainda alcançaram a decisão do torneio máximo de clubes do futebol europeu em 1985, mas acabaram derrotados pela Juventus em Heysel, em uma decisão que ficou marcada pela maior tragédia da história dos torneios da UEFA. Fora do gramado, um intenso confronto entre fanáticos da Juventus e hooligans do Liverpool deixou 39 pessoas mortas. Por conta da tragédia, a UEFA suspendeu as equipes inglesas de competições organizadas pela entidade por cinco anos.


Curiosamente, os cinco anos do período mais vencedor da história recente do Everton
. De 1984 a 1987, os Toffoes conquistaram dois títulos do Campeonato Inglês, uma Copa da Inglaterra e três Supercopas inglesas, além da Recopa Europeia de 1985, após derrotar o Rapid Viena na decisão. Dá para dizer, que o sucesso do Everton pode só nao ter sido maior por conta do Liverpool ...




Em 1989, outra tragédia marcaria para sempre o futebol inglês. Durante a semifinal da Copa da Inglaterra entre Liverpool e Nottingham Forest, 96 torcedores morreram pisoteados e 766 ficaram feridos em uma arquibancada superlotada. Tratados como um nada, os torcedores viviam em condições precárias nos Estádios, e apenas após este desastre, as autoridades tomaram uma atitude e acabaram com o descaso quanto aos amantes do esporte bretão. A necessidade fez o futebol na Inglaterra atingir um grau de organização muito grande, e resultou no surgimento da Premier League em 1992.


O Everton demonstrou grande solidariedade com o rival nesta segunda tragédia, mostrando que o sentimento e a compaixão, estão acima de tudo ...


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top