Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

   

Shakhtar x Dínamo: o Dérbi ucraniano



A rivalidade entre Dínamo de Kiev e Shakhtar Donetsk é nova, mas não menos intensa do que outras. Mesmo que, durante muito tempo o grande rival do Dínamo tenha sido o Spartak Moscou e outras equipes da Capital russa, e o Shakhtar fizesse o Dérbi de Dombass, contra o Metalurh. Contudo, após o fim da União Soviética, e o surgimento da Liga ucraniana, as duas equipes começaram a dominar o futebol da região, e o confronto entre as mesmas ficou conhecido como o Dérbi Ucraniano. A rivalidade política entre Kiev, de forte sentimento nacionalista ucraniano, e Donetsk, símbolo da parte ucraniana mais ligada ao Sentimento russo, aumentou demais nos últimos anos, dando um ar mais tenso ainda ao enfrentamento.

O futebol ganhou força na Ucrânia antes mesmo de se instalar plenamente na Rússia. Mesmo que o esporte, muitas vezes visto como símbolo ocidental, não tenha sido visto com bons olhos pelo governo Soviético, ele se tornou símbolo da resistência do oprimido povo ucraniano. Aos poucos, contudo, o futebol passou a ser visto como aliado do governo, assim como outros esportes, passando a ser usado fortemente na característica política de pão e circo.  O primeiro confronto entre Dínamo de Kiev e Shakhtar Donetsk aconteceu em 1938, válido pela Soviet Top Liga, e terminou com goleada de 5x0 do time de Kiev.

Durante a maior parte dos anos, até o final da União Soviética, o Dínamo de Kiev se manteve como uma força maior do que o Shakhtar, e outras equipes ucranianas, como Dnipro e Chornomorets Odesa, obtinham maior destaque que o Shakhtar. Mesmo nos primeiros anos da Liga Ucraniana, o time de Donestk não alcançou muito destaque. Mesmo quando Dínamo de Kiev, o Dnipro e o Chornomorets fracassavam, aparecia alguma equipe, como o Tavriya Simferopol, para se destacar. O Tavriya foi o primeiro Campeão ucraniano por sinal.

Somente no final dos anos 90, é que o Shakhtar começou a ter destaque. Nesta mesma época, o Dínamo de Kiev de Shevchenko se tornou potência não só na Ucrânia como em toda a Europa, e só foi ganhar um rival à altura em 2004, quando o romeno Mircea Lucescu assumiu o cargo de treinador do Shakhtar Donetsk.

Mircea tranaformoo o Shkhtar em uma potência, apostando muito em jogadores brasileiros. Se o Dínamo de Kiev foi semifinalista da Champions nos anos 90, o Shakhtar passou perto disto, ao cair diante do Barcelona na Champions League 2010-2011, nas quartas de Final.

Antes disto, o Dérbi ucraniano viveu o se ápice em 2009, quando as duas equipes fizeram uma das semifinais da Copa da UEFA. O Shakhtar levou a melhor, e posteriormente derrotou o Werder Bremen na final, conquistando a maior taça da Sua história.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top