Galatasay foi suspenso das competições da UEFA



O Galatasaray está suspenso das competições européias organizadas pela UEFA nas duas  próximas. O clube teria descumprido o fair-play financeiro da entidade máxima do futebol europeu. A punição começará a valer na primeira temporada em que o clube garantir clássificação para a Champions League ou para a  Europa League, ao que já deverá acontecer este ano.


O Fair Play Financeiro é um regulamento da UEFA que visa conter os gastos e estabelecer um maior equilíbrio de forças no futebol euroçeu. Ele impede que um mesmo clube tenha um prejuízo de mais de € 30 milhões em três temporadas seguidas, algo que aconteceu com o Galatasaray entre 2011 e 2014. O clube teve um rombo financeiro de 55 milhões, € 38 milhões e € 74 milhões nas temporadas encerradas nestes respectivos anos.


Curiosamente, as três temporadas m que o Galatasaray extrapolou as finanças, foram as de melhor rendimento em campo. O Gala conquistou três vezes a Süperlig Turca, nas temporadas 2011-2012, 2012-2013 e 2014-2015. Neste meio tempo, foi bicampeão da Copa da Turquia nas temporadas 2013/14 e 2014/15, chegou nas quartas de final da Champions League 2012-2013, e nas Oitavas de final da edição seguinte.


Um plano de marketing foi elaborado, e diversos jogadores de algum, ou até muito renome internacional desembarcaram no clube. Sneijder, Burak Yilmaz, Muslera, Eboué, Altintop, Bruma, Alex Telles, Felipe Melo, e especialmente o marfinense Didier Drogba, foram os casos mais famosos.

Recentemente, Besiktas e Fenerbahçe também adotaram a mesma tática, e ocupam as duas primeiras colocações do Turcão. Enquanto no Besiktas, desembarcaram nos últimos anos jogadores como Quaresma, Demba Ba, Hugo Almeida e Rodolpho, os canários contrataram recentemente nomes como Kuyt, Souza, Kjaer, Nani e Van Persie.

A euforia pelos resultados de campo pode mascarar durante um tempo a irresponsabilidade financeira dos dirigentes. Mas uma hora, a conta sempre chega. E já chegou para o Galatasaray ...
Tecnologia do Blogger.