Senhora da Itália: Juventus mostrou contra o Napoli força de Campeã


Não se dá um time do porte da Juventus como morto, como alguns fizetno começo da temporada. O clube trocou várias peças do elenco entre a temporada passada e a atual, e uma oscilação era algo até bastante natural, para quem perdeu jogadores da qualidade de Pirlo, Teve e Vidal. Contudo, a reposição foi muito boa, como jogadores como Khedira e Dybala, fora outros nomes que engordaram um elenco que já era tetracampeão da Itália e vice da Europa, como Cuadrado, Rugani e Zaza, que hoje foi o grande herói da Velha Senhora contra o Napoli, em uma verdadeira final do Campeonato Italiano.

Na frente na tabela, o Napoli entrou em de uma maneira bem pragmática, fechando muito o meio. Conseguiu marcar bem a Juventus, mas também viu o seu melhor jogador, Higuain, ficar um pouco isolado às vezes, e ser facilmente parado pela marcação bianconera. Insigne era quem mais tentava alguma coisa no time partenoppei ofensivamente, mas geralmente sem muito sucesso. As principais peças ofensivas da Juventus também não conseguiam jogar. Dybala foi um pouco abaixo do seu potencial, e Morata quase não apareceu, deixando o campo na reta final para a entrada do supracitado herói Zaza, que ao pisar no campo, mudaria de vez a história do jogo, talvez do Campeonato.

O italiano, nos poucos minutos que passou em campo, viveu os momentos mais importantes da carreira. Aos 88 minutos, marcou um golaço, para decidir a "Final". Um chute forte, com desvio em Albiol, sem chances para Pep Reina defender, e que fez vir abaixo um lotado Juventus Stadium.

Com o importantíssimo triunfo, o time bianconero chega aos 58 pontos, um a mais que o Napoli, e se torna líder do Campeonato Italiano, assumindo a ponta na reta decisiva. Uma vitória dramática, suada, com herói improvável, mas fundamental, do tipo que ganha campeonato.


Esta foi a 15ª vitória consecutiva da Juventus, depois de um começo com quatro derrotas em cinco jogos.
Tecnologia do Blogger.