Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História



Durante a temporada, temos alguns finais de semana cheios de grandes jogos, decisões e fatos importantes. E este foi um deles. Hora do resumo do que de mais importante aconteceu.

Manchester City é Campeão da Copa da Liga Inglesa.

Foi sofrido. Foi nos pênaltis. Mas o Manchester City é campeão da Copa da Liga Inglesa, a Capital One Cup 2015-2016. O empate em 1x1 no tempo normal, que persistiu na prorrogação gerou a disputa de pênaltis, onde o goleirão Willy Caballero, com 3 defesas deu o título aos Citizens, fazendo justiça ao que se viu nos 90 minutos.



O time de Pellegrini foi claramente superior, mas desperdiçou muitas chances criadas para marcar. A equipe até chegou a abrir o placar com Fernandinho, mas na primeira chance clara de gol, o Liverpool chegou ao empate, com Coutinho, já perto do final do jogo. Antes disto, Sterling teve uma chance clara para fazer o segundo do City, mas desperdiçou.

O dérbi de Madrid é do Atlético; Zidane perde a primeira como técnico do Real.

Com um gol de Griezmann, o Atlético venceu o Real Madrid hoje no Santiago Bernabéu por 1x0, em duelo direto pela ponta do Campeonato Espanhol. Mais um dérbi madrilenho praticamente perfeito do time colchonero sob o comando de Diego Simeone, que desde que chegou ao Vicente Calderón vem reescrevendo a história do Clássico.

No Real, vários problemas detectados. Atuando muito aberto, o time não consegue marcar pressão, e deixando a sua defesa muito aberta. Do para a frente, Kroos e James nem marcam, e nem conseguem criar. Também falta algum homem capaz de desequilibrar no 1x1. Quem mais chegava perto de fazer isto era Bale, no momento lesionado. Somando tudo isto, que falta faz Dí Maria ...

O Atlético de Madrid é o 1° time na história a vencer o Real no Bernabeú, 3 temporadas seguidas.

As declarações mal interpretadas de Cristiano Ronaldo.

Neste Sábado, Cristiano Ronaldo foi vítima do jornalismo caça-cliques. Quer uma vítima melhor do que o cara que se especializou em quebrar recordes? Pois foi divulgado na rede uma suposta declaração em que Cristiano Ronaldo falava "Se todos os outros jogadores do Real estivessem no meu nível, estaríamos no primeiro lugar da Liga". A frase, em que CR7 se dizia superior aos colegas do Real Madrid, teria sido dita na coletiva após a derrota por 1x0 para o Atlético de Madrid, no dérbi madrilenho disputado neste Sábado no Santiago Bernabeú.

Na realidade, Ronaldo havia dito o seguinte: "É impossível ganhar uma competição longa, sem os melhores jogadores do elenco no seu 100%, como Bale e Benzema. Se todos estivessem no meu nível (físico), estaríamos no primeiro lugar". Claramente, ele estava falando que se os jogadores estivessem no seu mesmo nível físico, ou seja, sem lesões, o Real estaria brigando pelo título com o Barcelona e o Atlético em maior igualdade.

Foi muito mais uma crítica a preparação Física, ao departamento médico e a montagem do elenco, do que um ato de soberba. Com o elenco 100%, o Real estaria em 1°? Não se sabe. Mas na prática, a declaração foi totalmente distorcida.

Ronaldo divulgou uma nota, explicando o fato: "As minhas declarações após o jogo foram mal interpretadas. Não quis dizer que sou melhor do que os meus companheiros. Referia-me à parte física e às lesões. Refiro-me ao nível físico, não ao nível técnico. Não sou melhor que nenhum dos meus companheiros", explicou.
Cristiano Ronaldo tem atuado há mais de uma década como um dos melhores jogadores de futebol do planeta. Seus números trazem uma cobrança muito forte sobre ele, e muitas vezes injusta, pois o futebol é um esporte coletivo. Não é o Ronaldo quem ganha, ou quem perde um jogo, e sim o time como um todo. E em uma temporada onde o Real passa longe de viver o melhor momento, os "haters" de Cristiano Ronaldo fazem a festa. Vamos aguardar o decorrer das semanas para ver como as coisas ficam, e acima de tudo como será a continuidade de CR7 no Bernabeú.

Barcelona tem trabalho com o Sevilla, mas vence e chega ao 34° jogo de invencibilidade.



O Sevilla deu muito trabalho ao Barcelona, mesmo jogando no Camp Nou. Com a bola, usava o tradicional 4-2-3-1 em velocidade. Sem a bola se fechava com duas linhas de quatro.  Chegou a abrir o placar com um gol de Vitolo, e exigiu boas defesas de Claudio Bravo. Contudo, não é a primeira vez na temporada que um time da muito trabalho ao Barcelona e sai de campo derrotado ...

Lionel Messi, cobrando falta com perfeição empatou para o Barça. Piqué, na segunda etapa, virou. A vitória por 2x1 fez o Barcelona manter a vantagem que já tinha para o Atlético, e ampliar para 12 pontos a diferença na tabela para o Real Madrid.

Além disto, o Barcelona chega ao 34° jogo sem perder igualando o maior recorde de um clube espanhol, que pertencia ao Real Madrid da temporada 1998-1999. Na quinta-feira, contra o Rayo Vallecano, o Barça poderá chegar ao 35° jogo invicto, quebrando o recorde de vez.


Com gol no Final, Leicester vence o Norwich e segue na ponta da Premier League; Tottenham vira e também triunfa; Arsenal perde para o Manchester United, e a Premier League pega fogo.


Com um gol de Ulloa no final do jogo, o Leicester venceu o Norwich por 1x0, e segue na liderança da Premier League.

O Tottenham, venceu de virada o Swansea por 2x1, e é o vice-líder de maneira isolada da Premier League. Paloschi, ais 19 minutos de jogo, abriu o placar para os cisnes, mas os Spurs, com gols de  Chadli aos 70' e Rose aos 77' tomaram a dianteira do marcador de maneira definitiva na reta final do jogo.
Apesar de contar com vários jogadores lesionados, o Manchester United, cheio de garotos, encarou com igualdade um Arsenal que briga pelo título da Premier League, vencendo por 3x2. Naquele que era para ser o momento de maior dificuldade da temporada, começa a obter as suas melhores exibições. Muito graças à estrela de um garoto.

O jovem Marcus Rashford voltou a justificar a confiança de Van Gaal. Depois da estréia iluminada contra o Midtjylland, o jogador marcou dois gols, aos 29 e 33 minutos, e ajudou os Red Devils a abrirem o 2x0 contra o Arsenal neste Domingo, encaminhando bem a boa vitória. Welbeck chegou a descontar aos 40', mas Ander Herrera, com assistência de Rashford, recolocou os Red Devils com dois gols de vantagem na frente do marcador aos 65 minutos de partida.

Özil voltou a descontar para os Gunners aos 70 minutos. Contudo, a reação da equipe londrina parou por aí. O alemão foi quem deu a assistência para o gol de Welbeck, chegando a 18 na temporada, e ficando perto de quebrar o recorde do lendário ex-jogador do Arsenal, Thierry Henry.

Agora, o Manchester United ocupa e ocupa a quinta colocação da Premier League, a três pontos do Manchester City, primeiro clube dentro da zona de classificação para a próxima Champions League. Já o Arsenal fica a cinco pontos do líder Leicester e a três pontos do vice-líder Tottenham. E a próxima rodada marca justamente um dérbi do Norte de Londres no White Hart Lane, em mais uma das várias grandes decisões da Premier League mais espetacular dos últimos anos.

Chelsea vence mais uma na Premier League.

Ainda falando de Premier League, o Chelsea venceu mais uma. Jogando em casa, os Blues bateram o Southampton por 2-1, de virada, com gols de Fàbregas e Ivanovic. Long havia aberto o marcador para os Saints, que tiveram quebrada uma série recente de resultados positivos.

Com seis rodadas de antecedência, Olympiacos é campeão grego.

Após vencer o Veria por 3x0, o Olympiacos se sagrou matematicamente campeão grego da temporada 2015-2016. É o 43º título nacional do time vermelho e branco, que até aqui soma 22 vitórias, 1 empate e apenas 1 derrota em toda a liga grega.

Roma e Milan seguem em ascensão; Internazionale perde para a Juventus.

Com dois gols de El Shaarawy, a Roma venceu o Empoli por 3x1, e se aproximou ainda mais da ponta. Um dos gols de El Sharawy foi um verdadeiro golaço.

Já o Milan venceu o Torino por 1x0. O gol do rossonero foi marcado por Luca Antonelli.

No Domingo, tivemos o Derby D'Italia. Vitória da Juventus por 2x0 sobre a Internazionale, com gols de Bonucci e Morata.


Já na Segunda-feira, com gol de Higuaín, o Napoli empatou em 1x1 com a Fiorentina, no Artemio Franchi. Mais um jogo sem vitória da equipe de Sarri, que viu a Juventus abrir três pontos de vantagem ...


O PSG perdeu a invencibilidade na League 1.




O Lyon acabou com a invencibilidade do PSG na Ligue 1, com uma vitória por 2x1 em casa, com gols de Cornet e Darder.


Ninguém para Bayern e Borussia na Bundesliga.


No dia do seu aniversário de 116 anos, o Bayern de Munique venceu o Wolfsburg, fora de casa, por 2x0. Gols de Coman e Lewandowski.

Já o Borussia Dortmund venceu o Hoffenheim de virada por 3x1, e segue na cola.


O dérbi Sérvio é do Partizan.


O Estrela Vermelha venceu o Partizan por 2x1 no dérbi sérvio, e disparou ainda mais na liderança.

Outro dérbi muito quente do final de semana aconteceu na Turquia. O Fenerbahçe derrotou o Besiktas, no Şükrü Saraçoğlu, por 2x0, com gols de Volkan Sen e Nani. Com a vitória, os canários assumiram a liderança da Superliga turca.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top